Frederico III, Conde da Turíngia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frederico III
Conde da Turíngia
Sucessor(a) William II, Marquês de Meissen
Descendência
Casa Wettin
Pai Frederico II de Meissen
Mãe Matilde da Baviera

Frederico III de Wettin (14 de dezembro de 1332-21 de maio de 1381) chamado o Forte ou o Valente, era filho de Frederico II de Meissen e membro da dinastia Wettin, conde de Turíngia e marquês da Mísnia (Meissen), conde de Turíngia e co-marquês da Mísnia em 1379.

Casamento e posteridade[editar | editar código-fonte]

Casou-se em 1344 com Catarina de Heneberga (?-1397) filha de Henrique XII de Heneberga, herdeira de numerosos senhorios que trouxe ao marido como dote: Coburgo, Neustadt, Sonneberg, Neuhaus, Rodach e outros. Tiveram quatro filhos.

  1. Frederico (?-1350).
  2. Frederico I, Eleitor da Saxônia (1370-1428 Altemburgo) o belicoso ou der Streitbare que sucedeu ao pai.
  1. Guilherme II (1371-1425), conde de Turíngia e co-marquês da Mísnia em 1381. Casado em 1413 com Amélia da Mazóvia.
  2. Jorge (1380-1401), conde de Turíngia e co-marquês da Mísnia em 1381.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre história da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.