Frei Arnaldo (templário)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Frei Arnaldo, ou Arnoldo, ou aínda segundo André J. Paraschi D. Pedro Arnaldo da Rocha.[1] (? - ?) Templário. Seria um dos nove fundadores da Ordem dos Templários em 1118.

André Paraschi diz a esse respeito: “Dos fundadores da Ordem na Palestina, dois podiam ser filhos de famílias do Condado (Portucalense). São eles Fr. Gondomare ou Gondemar (Gondomar) e Fr. Arnoldo, ou Arnaldo, que (…) poderá ser identificado com o Procurador do Templo em Portugal, Petrus (Pedro) Arnaldo da Rocha”.

Esta teoria é reforçada pelo facto de deixar de haver notícias deste cavaleiro na Palestina e de, em 1 de Abril de 1185, ser lavrada uma escritura de venda de um casal situado em Braga, sendo vendedora D. Sancha Viegas e comprador Petrus Arnaldo, “frei do Templo”.

Segundo Bernardo da Costa, D. Pedro Arnaldo foi o Terceiro Mestre do Templo em Portugal. Segui a D. Hugo Martins e foi seguido por D. Gualdim Paes.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

Eduardo Sucena / A epopeia templária e Portugal. Documenta histórica, Vega. Lisboa, 2008

http://www.lusitaniaetemplum.pt/templarios_PT.asp#2

Notas

  1. André J. Paraschi : História dos templários em Portugal, sol Invictus, Lisboa, 1990, P.10
  2. da Costa, Bernardo (1701). História da Militar Ordem de Nosso Senhor Jesus Christo : dedicada a el-Rey D. Joseph I., Nosso Senhor. [S.l.: s.n.]  p. 19