Friday the 13th: The Game

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «Friday the 13th: The Game» na Wikipédia em inglês (desde julho de 2017). Ajude e colabore com a tradução.
Friday the 13th: The Game
Desenvolvedora(s) IllFonic
Publicadora(s) Gun Media
Produtor(es) Sean S. Cunningham
Randy Greenback
Projetista(s) Tom Savini
Wes Keltner
Ronnie Hobbs
Programador(es) Daniel Garcia
Artista(s) Shane Stoneman
Motor Unreal Engine 4
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 4
Xbox One
Série Sexta-Feira 13
Data(s) de lançamento 26 de maio de 2017
Gênero(s) Survival horror
Modos de jogo Um jogador
Multijogador

Friday the 13th: The Game é um jogo eletrônico de gênero survival horror desenvolvido pela IllFonic, e publicado pela Gun Media. É baseado na franquia de filmes de mesmo nome de propriedade da Paramount Pictures. Foi lançado em 26 de maio de 2017[1] para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One.

O jogo possui um modo multijogador assimétrico, colocando até sete jogadores para controlar conselheiros do Acampamento Crystal Lake contra um jogador que controla Jason Voorhees. Ele possui um mapa semi-aberto, no qual os jogadores são capazes de explorá-lo ainda mais.[2]

Originalmente, o jogo estava sendo desenvolvido sob o título Slasher Vol. 1: Summer Camp pela IllFonic em meados de 2015. A Gun Media estava em negociações com o diretor da franquia Sexta-Feira, Sean S. Cunningham, para obter uma licença e iniciar o desenvolvimento do jogo. Depois de uma série de reuniões, a empresa conseguiu obter os direitos para o projeto. Então, o jogo evoluiu para Friday the 13th: The Game e os financiamentos do Kickstarter e BackerKit aumentaram em aproximados US$1.095.143,40, tornando-se o 124º projeto mais bem-sucedido de todos os tempos.[1][3] É também o primeiro jogo IllFonic a utilizar o Unreal Engine 4 após desistirem da CryEngine que seguiu com o Projeto Advena.[4]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Harry Manfredini, o responsável pela trilha sonora do filme original, compôs a trilha sonora do jogo. A mídia física apresenta artes conceituais originais do jogo e encartes na embalagem.[5]

Durante o desenvolvimento, a Gun Media lançou duas faixas da trilha sonora, a primeira era intitulada "Harry Manfredini Full Track - 01" e foi lançada em 9 de novembro de 2015, e a "Harry Manfredini Full Track - 02" em 14 de maio de 2016.

Um trailer do jogo lançado na PAX West 2016 apresentou o tema do jogo, "Killer", gravado por Crazy Lixx.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento, Friday the 13th: The Game recebeu uma pontuação de 61 de 100 indicando críticas "mistas ou médias" no agregador Metacritic, com base em seis críticas.[6] Daemon Hatfield, escrevendo para a IGN, elogiou os elementos ao jogar como Jason, mas criticou a jogabilidade dos adolescentes, juntamente com as falhas que quase eliminam o humor de "diversão idiota".[7] O Polygon declarou que "Friday the 13th: The Game imita o nível da superfície da série clássica dos filmes, mas perde o espírito".[8] O GameSpot censurou as encarnações do console por serem "intermitentemente ilegíveis", dizendo que "os jogos particulares com amigos às vezes são possíveis, mas se você deseja se juntar a uma banda de estranhos online no conforto do seu sofá, você estará totalmente sem sorte ou mesmo preso esperando mais de dez minutos para uma partida - após dias sem poder jogar em absoluto." O Gamespot também citou a falta de mapas, taxas de quadros inconsistentes, animações precárias e detecção de colisões deficiente como razões para descobrir que o jogo ainda encontrava-se inacabado, mesmo no seu lançamento. Em contraste, o site também listou a premissa assimétrica e a jogabilidade de Jason Voorhees como qualidades de redenção.[9]

Referências

  1. a b «Friday the 13th: The Game on BackerKit». BackerKit (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  2. Makuch, Eddie (13 de outubro de 2015). «Friday the 13th Game Revealed, Dev Promises Blood, Guts, Gore, Brutal Kills». GameSpot (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  3. «Friday the 13th: The Game». Kickstarter (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  4. «Contract / Paid Off-Site Project Advena Level Designer». forums.unrealengine.com (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  5. «Friday the 13th: The Game on BackerKit». BackerKit (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  6. «Friday the 13th: The Game». Metacritic. Consultado em 5 de julho de 2017 
  7. Hatfield, Daemon (1 de junho de 2017). «Friday the 13th: The Game Review». IGN (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 
  8. Goslin, Austen (5 de junho de 2017). «Friday the 13th: The Game review». Polygon. Consultado em 5 de julho de 2017 
  9. Brown, Peter (2 de junho de 2017). «Friday The 13th: The Game Review». GameSpot (em inglês). Consultado em 5 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]