Fridolin von Senger und Etterlin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fridolin von Senger und Etterlin
Nascimento 4 de setembro de 1891
Waldshut-Tiengen, Império Alemão
Morte 4 de janeiro de 1963 (71 anos)
Friburgo em Brisgóvia, Alemanha Ocidental
Nacionalidade Alemão
Serviço militar
Lealdade  Império Alemão
 República de Weimar
 Alemanha Nazista
Serviço Exército Imperial Alemão
Reichswehr
Wehrmacht
Tempo de serviço 1914–45
Patente General der Panzertruppe
Comando XIV Corpo Panzer
Batalhas/Guerras Primeira Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Condecorações Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro

Fridolin von Senger und Etterlin nasceu em Waldshut em 4 de Setembro de 1891, faleceu em Freiburg em 4 de Janeiro de 1963.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entrou para o exército como voluntário em 1910. Em 1914, se tornou um Leutnant da Reserva sendo ativado em serviço em 1917. Promovido para Oberst em 1 de Março de 1939, foi o comandante do Kav.Rgt. 3 quando iniciou a Segunda Guerra Mundial.[1]

Após ele assumiu o comando do Reit.Rgt. 22 (22 de Novembro de 1939) e após o 2. Reit.Brig. (2 de Fevereiro de 1940) e uma brigada móvel (Maio de 1940). Ele foi promovido à Generalmajor em 1 de Setembro de 1940, Generalleutnant em 1 de Maio de 1943 e General der Panzertruppe em 1 de Janeiro de 1944.[1]

Foi apontado como comandante oficial da Delegação Alemã da Comissão de Armistício Franco- Italiana (Julho 1940) e assumiu o comando da 17ª Divisão Panzer (10 de Outubro de 1942) se tornando depois Commander-in-Chief na Sicilia (Junho de 1943) após na Sardinia e Corsica (Agosto de 1943). Ele comandou o XIV Corpo Panzer de 23 de Outubro de 1943 até o final da guerra.[1]

Ele foi feito prisioneiro pelos aliados e libertado em 1946. No início da Segunda Guerra Mundial Fridolin von Senger und Etterlin publicou um livro de memórias intitulado "Die Panzergrenadiere". Faleceu em Freiburg em 4 de Janeiro de 1963.[1]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Foi condecorado com a Cruz da Cavaleiro da Cruz de Ferro (8 de Fevereiro de 1943), com Folhas de Carvalho (5 de Abril de 1944, n° 439) e a Cruz Germânica em Ouro (11 de Outubro de 1943).[1]

Referências

  1. a b c d e f Lannoy 2001, p. 98

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Lannoy, François de; Josef Charita (2001). Panzertruppen: German armored troops 1935-1945 (em inglês e francês). Bayeux: Heimdal. 280 páginas. ISBN 978-2840481515 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.