Friedrich Gottlob Hayne

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Friedrich Gottlob Hayne

Friedrich Gottlob Hayne (18 de março de 1763, Jüterbog - 28 de abril de 1832, Berlim) foi um botânico, farmacêutico e professor universitario alemão [1] . Foi laureado em botânica e micologia.

Biografia[editar | editar código-fonte]

De 1778 a 1796 foi farmacêutico em Berlim; para logo iniciar trabalhos em botânica com Carl Ludwig Willdenow.

Em 1797 foi trabalhar na Prússia.

De 1801 a 1808 trabalhou em Schönebeck como assistente na „Königlichen Preußischen Chemischen Fabrique“ (Hermania) e, em 1793, com o farmacêutico Carl Samuel Hermann instalam a primeira indústria química alemã. Nessa época em Schönebeck supervisiona as obras da fábrica e ainda tem tempo para coletar plantas.

Devido ao Tratado de paz de Tilsit de 1807 o Império Prussiano perde a metade do seu território. Como resultado, Hayne se muda para Berlim em 1808, e partir de 1811 assume o cargo de docente de botânica na Universidade de Berlim.

Em 1814 assume a cátedra de professor extraordinario. Em 1828 assume o cargo de de professor de Botânica Farmacêutica, continuando a realizar frequentes excursões botânicas.

Produziu 600 ilustrações de plantas de grande interesse farmacêutico.

Foi membro honorário da Gesellschaft Naturforschender Freunde zu Berlin ( Sociedade de Amigos da Ciência Natural de Berlim.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Termini botanici iconibus illustrati, oder botanische Kunstsprache durch Abbildungen erläutert. 2 vols., 1799–1812, Neuausgabe 1817
  • Botanisches Bilderbuch für die Jugend und Freunde der Pflanzenkunde. 5 vols., 1798–1819, junto com Friedrich Dreves
  • Getreue Darstellung und Beschreibung der in der Arzneykunde gebräuchlichen Gewächse wie auch solcher, welche mit ihnen verwechselt werden können. 11 vols., 1805–1846 ( continuado por Johann Friedrich Brandt, Julius Theodor Christian Ratzeburg e Johann Friedrich Klotzsch)
  • Getreue Darstellung und Beschreibung der in der Technologie gebräuchlichen Gewächse ("Representações e descrições das plantas usadas em tecnologia " . 1809
  • Abbildungen der deutschen Holzarten. 2 vols. com 216 ilustrações coloridas a mão, 1810–1920, junto com Friedrich Guimpel e Carl Ludwig Willdenow.
  • Abbildungen der fremden, in Deutschland ausdauernden Holzarten ( Imagens e ilustrações de diferentes madeiras nativas e exóticas. 24 textos de exercícios e 144 ilustrações coloridas, 1819–1830, junto com Friedrich Guimpel e Cristoph Friedrich Otto
  • Dendrologische Flora oder Beschreibung der in Deutschland im Freien ausdauernden Holzgewächse, ein Handbuch für Kameralisten, Forstmänner, Gartenbesitzer, Landwirthe . 1822.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Zander, R. Fritz Encke, Günther Buchheim, Siegmund Seybold. Handwörterbuch der Pflanzennamen. Auflage 13. Ulmer Verlag. Stuttgart. 1984. ISBN 3-8001-5042-5

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Botânicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.