Friedrich Hebbel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Friedrich Hebbel
Nascimento Christian Friedrich Hebbel
18 de março de 1813
Wesselburen
Morte 13 de dezembro de 1863 (50 anos)
Viena
Sepultamento Cemitério Protestante de Matzleinsdorf
Cidadania Alemanha
Cônjuge Christine Hebbel
Alma mater
Ocupação poeta, escritor, dramaturgo, poeta jurista
Prêmios
Obras destacadas Maria Magdalena, Judith, The Nibelungs, Agnes Bernauer
Movimento estético realismo russo
Assinatura
Signature Friedrich Hebbel.PNG

Christian Friedrich Hebbel (Wesselburen, 18 de março de 1813Viena, 13 de dezembro de 1863) foi um poeta alemão.[1][2]

Obras[editar | editar código-fonte]

A primeira edição histórico-crítica de suas Obras Completas em 12 vols., de Richard Maria Werner , foi impressa em Berlim pela Behr entre 1901-1903.

Tragédias[editar | editar código-fonte]

  • Judith (1840)
  • Genoveva (1843)
  • María Magdalena (1843)
  • Herodes y Mariamna (1849)
  • Michelangelo (1850)
  • Julia (1851)
  • Inés Bernauer (1852)
  • Giges y su anillo (1856)
  • Los Nibelungos (1862), trilogia (Siegfried, Siegfrieds Tod y Kriemhilds Rache)
  • Demetrius (1864)

Comédias[editar | editar código-fonte]

  • Una tragedia en Sicilia (1845)
  • El diamante (1847)
  • El rubí (1850)

Lírica[editar | editar código-fonte]

  • Madre e hijo (1859)

Referências

  1. Manuel Gómez García, Diccionario Akal de Teatro, Madrid: Editorial Akal, 1997
  2. «Friedrich Hebbel: biografía y obra». AlohaCriticón (em espanhol). 11 de novembro de 2017. Consultado em 23 de março de 2022 


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Friedrich Hebbel
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.