Friedrich Immanuel Niethammer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Friedrich Immanuel Niethammer
Nascimento 6 de março de 1766
Beilstein
Morte 1 de abril de 1848 (82 anos)
Munique
Cidadania Alemanha
Ocupação teólogo, filósofo, pedagogo, professor universitário
Empregador Universidade de Würzburgo, Universidade de Jena

Friedrich Philipp Immanuel Niethammer (Beilstein, 6 de março de 1766Munique, 1 de abril de 1848) foi um teólogo alemão, filósofo religioso e reformador da educação protestante.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi Niethammer quem cunhou a palavra "humanismo" (do alemão, Humanismus), sendo utilizada pela primeira vez em sua obra intitulada Der Streit des Philanthropinismus und des Humanismus (1808).[1][2] Para ele, humanismo era a tendência de se destacar a importância do estudo das línguas e dos autores "clássicos" (latim e grego)[2] para a formação da personalidade total, em oposição às escolas pedagógicas modernas.[3]

Notas e referências

  1. Do título completo, Der Streit des Philanthropinismus und des Humanismus in der Theorie des Erziehungs-Unterrichts unsrer Zeit
  2. a b Ferrater-Mora, 2001, p. 1395.
  3. Ávila, 1991, p. 222.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]