Frislândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde Janeiro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Frislândia no mapa de N. Zeno (1558) aparece na parte inferior esquerda.

A Frislândia (ou Frisland, Frischland, Friesland, Freezeland ou Frixland) é uma das chamadas ilhas fantasma que figura na maioria dos mapas e cartas náuticas do Oceano Atlântico Norte desenhadas entre 1560 e 1660. Apesar do nome, esta suposta mas inexistente ilha não deve confundir-se com a região da Frísia, território europeu actualmente repartido entre os Países Baixos, Alemanha e Dinamarca.

Provavelmente "Frislândia" foi um nome dado inicialmente à Islândia; no entanto, em 1558 o mapa do italiano Nicolò Zeno representava-a como uma ilha distinta, erro que foi sistematicamente reproduzido em todos os mapas seguintes até 1660. Tal equívoco ainda se difundiu ocasionalmente até ao século XVIII.

Numa posição próxima também se supunha a existência da mítica ilha de São Brandão.