Fronteira Coreia do Norte-Coreia do Sul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde abril de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fronteira Coreia do Norte-Coreia do Sul
Mapa da Zona Desmilitarizada da Coreia
Delimita: Coreia do Norte
 Coreia do Sul
Comprimento: 238 km
Posição: 240
Características: Linha de cessar-fogo, sem passagem entre os dois territórios
Criação: 1945 (divisão da Coreia e ocupação soviética e norte-americana)
Traçado atual: 1953 (cessar-fogo da Guerra da Coreia)
Tratados: não há, oficialmente continua-se em guerra

A fronteira entre Coreia do Norte e Coreia do Sul é a linha que limita os territórios de Coreia do Norte e Coreia do Sul. Ao longo desta linha estabeleceu-se a Zona Desmilitarizada da Coreia (ZDC), uma faixa de segurança que protege o limite territorial de tréguas entre as repúblicas coreanas, estabelecido em 1953 e que tem 4 km de largura por 238 km de comprimento.

É a fronteira mais militarizada do mundo. Em 1970 foram descobertos três túneis que se usavam para espionagem e vinte anos depois encontrou-se um outro, todos construídos por militares da Coreia do Norte. Toda a zona está permanentemente iluminada, excepto na área da ferrovia de Kaesong e Kosong (ambas na parte norte-coreana), Munson e Sokcho (no lado sul-coreano). No meio da Zona Desmilitarizada fica a localidade de Panmunjon, onde se estabeleceu o armistício da Guerra da Coreia.

Em 1972 a fronteira foi reforçada com arame farpado e com postos de grande postes de luz que permitem iluminar todo o caminho, o esquema é mantido até hoje.[carece de fontes?]

A parte sul-coreana da ZDC está administrada pela República da Coreia e pelos Estados Unidos. A ZDC é, devido à escassa actividade humana, uma faixa de grande riqueza e diversidade ecológica de flora e fauna.[1]

Referências

  1. Agência EFE (23 de março de 2010 às 10h 18min). «Seul quer criar corredor ecológico na divisa com a Coreia do Norte». Consultado em 25 de março de 2010  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fronteira Coreia do Norte-Coreia do Sul
Ícone de esboço Este artigo sobre fronteiras é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.