Frozen Ark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Frozen Ark é um projeto de caridade do Frozen zoo[1][2] que visa preservar o DNA e as células vivas de espécies ameaçadas de extinção para reter o conhecimento genético para o futuro. O projeto foi criado em conjunto pela Sociedade Zoológica de Londres, o Museu de História Natural e Universidade de Nottingham.[3] A iniciativa foi inspirada em pesquisas conduzidas pelo Prof. Bryan Clarke, sua esposa, Dra. Ann Clarke, e colegas.[4] Até 2015, 48.000 amostras foram coletadas pertencentes a 5.000 espécies, incluindo o tigre siberiano e o leopardo Amur.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Originalmente destinado a se concentrar na biologia de evolução de um caracol terrestre, seu projeto transformou-se em um estudo de extinção como eles observaram que cerca de uma centena de espécies de caracóis morreram ao longo do espaço de 15 anos. Isso foi causado pela introdução de duas espécies exóticas de caracol em um plano governamental que acabou desastrosamente errado. Os caracóis Hedleyella falconeri[6][7] e Partula foram trazidos de volta a Inglaterra. Um programa de criação em cativeiro no Jardim Zoológico de Londres foi iniciado e as amostras de tecido foram congeladas para preservar o DNA, de modo que o estudo poderia continuar. O projeto foi criado como uma instituição de caridade registrada no Reino Unido na Universidade de Nottingham, que tem dado apoio com escritórios, laboratório, computadores e bioinformática apoio desde a sua concepção.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dan Collins (14 de outubro de 2002). «San Diego's Frozen Zoo». The Associated Press and CBS News. Consultado em 28 de abril de 2010 
  2. «Species Survival Center». Audubon Nature Institute. Consultado em 28 de abril de 2010 
  3. Could frozen zoos save animals from extinction? por Jenny Graves na "NOVA" (2017)
  4. {http://news.bbc.co.uk/2/hi/science/nature/3928411.stm 'Frozen Ark' to save animal DNA] por Julianna Kettlewell, publicado pela BBC (2004)
  5. Forget Noah! Scientists set up a 'Frozen Ark' to preserve the DNA of endangered animals ahead of the sixth mass extinction publicado no "Daily Mail" (2015)
  6. Hosking, Chris (29 de abril de 2011). «Giant panda snail». Nature, culture, discover. Australian Museum. Consultado em 11 de dezembro de 2012 
  7. Giant Panda Snail (remnant shell)] (2014)
  8. An Introduction to The Frozen Ark[ligação inativa] {2017)
Ícone de esboço Este artigo sobre Ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.