Frumêncio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Frumêncio
São Frumêncio representada em uma ícone.
Bispo, Confessor e Apóstolo da Etiópia
Nascimento Tiro, Império Romano Oriental (atual Líbano
Século 4
Morte Axum, Reino de Axum 
383
Veneração por Igreja Católica
Igreja Ortodoxa Oriental
Comunhão Anglicana
Igreja Ortodoxa Etíope
Igreja Ortodoxa Copta
Principal templo Debre Damo
Festa litúrgica
Padroeiro Etiópia
Reino de Axum
Gloriole.svg Portal dos Santos

Frumêncio (gueês ፍሬምናጦስ frēmnāṭōs) foi um missionário cristão fenício e o primeiro bispo de Axum, foi quem trouxe o cristianismo para o Reino de Axum. Ele às vezes é conhecido por outros nomes, como Abuna ("Pai Nosso") e Aba Salama. [1]

Teodoreto, que se refere aos eventos como passando na Etiópia, relata a história de Frumêncio. Um homem de Tiro, interessado em comerciar com a Índia, partiu em viagem, levando seus dois sobrinhos; o barco, porém, foi atacado por bárbaros na costa da Etiópia, que afogaram alguns marinheiros e mataram este homem. Seus sobrinhos, Edésio e Frumêncio, foram levados como escravos ao rei de Axum, que, percebendo a inteligência deles, os promoveu a superintendentes do reino. Eles eram cristãos, e continuaram servindo ao reino após a morte do rei e a sucessão para seu filho. Após algum tempo, eles pediram para voltar para seu país, e voltaram a território romano. Edésio foi para Tiro, mas Frumêncio para Alexandria, onde informou que os etíopes estavam ansiosos para ganhar a luz espiritual. Atanásio, o bispo, disse que não havia ninguém melhor que o próprio Frumêncio para a missão, nomeou-o bispo, e enviou-o de volta. Frumêncio, com a graça de Deus, com trabalhos maravilhosos, ganhou várias almas.[2]

Referências

  1. «Saint Frumentius | Ethiopian bishop». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 11 de agosto de 2021 
  2. Teodoreto, História Eclesiástica, Capítulo XXII, A Conversão dos Etíopes, [em linha]