Fruticultura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A fruticultura é o ramo da agricultura que visa produzir economicamente e racionalmente frutos em geral com o intuito de comercializar os mesmos.

A fruticultura é uma atividade econ grande importância para a humanidade, tanto considerando os aspectos econômicos e sociais, como por representar uma importante fonte de nutrientes.

Produção Mundial de Frutas[editar | editar código-fonte]

Segundo dados da FAO, em 2017 a produção comercial mundial de frutas em geral foi de cerca de 865 milhões de toneladas em área aproximada de 65 milhões de hectares. A China destaca-se com cerca de 30% de toda a produção mundial de frutas e 24% da área cultivada comercialmente no mundo[1]. A tabela a seguir mostra os 20 maiores produtores mundiais de frutas destinadas ao comércio no ano de 2017:

Nota: Esta tabela lista os 20 países com maior volume de Produção (milhões de toneladas), sendo que os quesitos Área Colhida e Rendimento devem ser utilizados apenas para comparação entre os 20 países.






1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
20 maiores países em Volume Produzido de frutas no mundo
Somatório de todos os cultivos frutícolas
Fonte: FAOSTAT (FAO)[2]
País Produção
(milhões de
toneladas)
Área Colhida
(milhões de
hectares)
Rendimento
médio
(ton/ha)
 China 262,04 15,97 16,41
 Índia 92,30 7,11 12,99
 Brasil 39,88 2,18 18,28
 Estados Unidos 26,51 1,16 22,80
 Turquia 23,15 1,38 16,73
 México 21,86 1,43 15,30
Indonésia 19,52 0,78 25,01
Flag of Spain.svg Espanha 18,39 1,57 11,69
 Irão 17,39 1,24 14,02
Filipinas 16,58 1,58 10,48
 Itália 16,34 1,13 14,41
 Egito 15,48 0,68 22,61
 Colômbia 12,31 0,88 13,97
Nigéria 11,91 1,94 6,13
 Tailândia 11,45 1,26 9,06
 Vietnã 9,00 0,66 13,63
 França 8,87 0,88 10,13
Equador 7,99 0,37 21,48
 Argentina 7,76 0,48 16,34
África do Sul 6,87 0,30 23,09

Mercado no Brasil[editar | editar código-fonte]

O mercado de frutas do Brasil movimenta aproximadamente US$ 100 milhões.

O Brasil hoje é o maior exportador de laranja, mas também se destaca como um dos maiores exportadores de banana e mamão.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • LORENZI, H.; LACERDA, M. T. C.; BACHER, L. B. (2015). Frutas no Brasil: nativas e exóticas (de consumo in natura). 2a. ed. Instituto Plantarum de Estudos da Flora, São Paulo. 704 p. [1a. ed., 2006.]
Ícone de esboço Este artigo sobre Agricultura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «FAOSTAT». www.fao.org. Consultado em 5 de junho de 2019 
  2. «FAOSTAT». www.fao.org. Consultado em 5 de junho de 2019