Full House

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a série de TV sul-coreana, veja Full House (série de televisão de 2004).
Full House
Casa Cheia! (PT)
Três é Demais (BR)
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Comédia
Duração 21-25 minutos
Criador(es) Jeff Franklin
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Diretor(es) Joel Zwick
Produtor(es) Don Van Atta (1987–95)
James O'Keefe (1993–95)
Bonnie Bogard Maier (1994–95)
Produtor(es) executivo(s) Jeff Franklin (1987–95)
Thomas L. Miller
Robert L. Boyett (1987–95)
Dennis Rinsler (1988–95)
Marc Warren (1988–95)
Distribuída por Lorimar Television (1988–93)
Warner Bros. Television Distribution (1993–presente)
Elenco John Stamos
Bob Saget
Dave Coulier
Candace Cameron
Jodie Sweetin
Mary-Kate Olsen
Ashley Olsen
Lori Loughlin
Andrea Barber
Scott Weinger
Blake Tuomy-Wilhoit
Dylan Tuomy-Wilhoit
Tema de abertura "Everywhere You Look" por Jesse Frederick
Tema de encerramento "Everywhere You Look" (instrumental)
Compositor da música tema Jesse Frederick
Bennett Salvay
Empresa(s) de produção Jeff Franklin Productions
Miller-Boyett Productions
Lorimar-Telepictures (1987–88)
Lorimar Television (1988–93)
Warner Bros. Television (1993–95)
Exibição
Emissora de televisão original ABC
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 22 de setembro de 1987 - 23 de maio de 1995
N.º de temporadas 8
N.º de episódios 192 (lista de episódios)
Cronologia
Fuller House

Full House (Três é Demais BRA ou Casa Cheia! POR) foi uma série de televisão norte-americana do gênero comédia e sitcom, criado por Jeff Franklin para o canal ABC. A série narra os acontecimentos do pai viúvo Danny Tanner, que convoca seu cunhado Jesse Katsopolis e seu melhor amigo Joey Gladstone para ajudar a criar suas três filhas, DJ, Stephanie e Michelle.

Estreou em 22 de setembro de 1987, e teve seu último episódio exibido em 23 de maio de 1995, foram 192 episódios, divididos em oito temporadas. A série permaneceu no top 30 das maiores audiências da televisão americana durante sua toda sua exibição original, e ganhou ainda mais popularidade em reprises e também internacionalmente. Uma continuação da série, Fuller House, estreou na Netflix em 26 de fevereiro de 2016.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Depois que a esposa do repórter Daniel Ernest Tanner, mais conhecido como Danny, Pamela, é morta em um acidente de carro por um motorista bêbado, ele recruta seu cunhado roqueiro Jesse Katsopolis, o irmão mais novo de Pamela e o melhor amigo desde a infância, Joey Gladstone (que trabalha como comediante stand-up) para ajudar a cuidar de suas três filhas pequenas: DJ, Stephanie e a recém-chegada Michelle, em sua casa em São Francisco.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

 Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

A série estreou na emissora ABC em 22 de setembro de 1987 até 23 de maio de 1995. Num total de 192 episódios, distribuídos em 8 temporadas. A série foi exibida nas noites de sextas-feiras de setembro de 1987 a agosto de 1991, e se tornou o principal programa do bloco "TGIF" recém-lançado pela ABC em setembro de 1989. A partir da quinta temporada, em 1991, a série foi transferida para as terças-feiras e permaneceu nesse dia até seu fim, em 1995.

 Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil, já foi exibida pela Rede Globo nas tardes de sábado no final dos anos 1980, nas manhãs de domingo no início dos anos 1990, e através do programa infantil TV Colosso, sendo exibida apenas a 1ª e 2ª temporadas. Pelo SBT foi exibida de 2000 até 2006, sendo episódios da 3ª até a 6ª temporada,[1] voltou a ser apresentada de 12 de fevereiro de 2013 até 17 de maio de 2014. Também foi exibida várias vezes no canal pago Warner Channel, em versão legendada, e em 7 de setembro de 2015, voltou a ser exibida em comemoração aos 20 anos do canal.

Desde o dia 26 de julho de 2016,[2] todos os 192 episódios estão disponíveis na Netflix, dublados e legendados.[3]

Portugal Portugal[editar | editar código-fonte]

Em Portugal, foi exibida na RTP nos anos 90, na versão original e legendas.[4]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A ideia original de Full House era totalmente diferente. O produtor e criador da série, Jeff Franklin, havia pensado numa casa na qual morariam comediantes de stand-up. O título provisório era "House of Comics". A produtora Enfraqueceu A ideia , afirmando que o canal ABC preferia séries voltadas para a família. Assim, muitas alterações foram feitas, chegando ao formato que conhecemos: três homens solteiros tentando criar três meninas (uma pré-adolescente, uma criança e um bebê). Apesar das inúmeras mudanças, o elenco contou com dois comediantes de stand-up: Bob Saget e Dave Coulier.
  • O "primeiro" episódio piloto gravado, trazia o ator John Posey como Danny no lugar de Bob Saget. Algumas imagens desse episódio foram reaproveitadas em episódios seguintes, a mais clara delas é a tomada em que John Posey leva Michelle de bicicleta, descendo a rua Lombard (a famosa ladeira de São Francisco em zigue-zague). Bob Saget regravou a cena, mas a versão com Posey foi reutilizada (sem aparecer o rosto do ator) com aquelas imagens da cidade que são inseridas durante o episódio.
  • As imagens que mostram São Francisco e a fachada da casa, foram gravadas no mesmo dia, em 1987, durante as filmagens externas para o piloto. Essas mesmas imagens foram utilizadas durante os 8 anos da série.
  • Para o papel de Michelle, foram escolhidas gêmeas, pois era um papel importante e seriam necessárias mais horas de gravação que o estado da Califórnia permitia para crianças daquela idade. Como os produtores não queriam que os telespectadores soubessem que o papel era feito por gêmeas, as irmãs foram, inicialmente, creditadas como "Mary Kate Ashley Olsen". Só mais tarde foram creditadas separadamente. Durante os primeiros episódios apenas Mary-Kate gravava, pois Ashley chorava sempre que entrava em cena.
  • A mãe das gêmeas Olsen quis tirar as meninas da série no final da primeira temporada, alegando que estava preocupada que suas filhas não tivessem uma infância normal, então o estúdio concedeu um aumento de salário as duas, e claro, a mãe delas mudou de ideia.
  • O nome do personagem de John Stamos inicialmente seria "Adam Cochran", mas o ator mudou o nome de seu personagem para Jesse antes da estréia da série e o sobrenome Cochran, foi mantido. Na 2ª Temporada, ele mudou também o sobrenome do personagem para Katsopolis, para evidenciar sua herança grega, da qual ele tem muito orgulho.
  • No 6º episódio da 5ª temporada, é revelado o verdadeiro nome de Jesse, ele se chama Hermes assim como o seu bisavô, mas ele pediu para mudar para Jesse porque as crianças zombavam do seu nome.
  • O título do episódio "Oh Where, Oh Where Has My Little Girl Gone" da quinta temporada, foi inspirado na música "Last Kiss", de Wayne Cochran que é mais conhecida pela versão do Pearl Jam, que tem no refrão o verso "Oh where, oh were could my baby be".
  • A escola em que as meninas estudavam, "Van Atta Junior High", era uma homenagem a um dos produtores da série, Don Van Atta.
  • Quando Mary-Kate e Ashley Olsen completaram 6 anos elas começaram a ficar diferentes uma da outra, e já era possível para o público identificá-las, então os produtores decidiram que apenas Mary-Kate ficaria com o papel de Michelle, mas os fãs protestaram contra essa decisão e o ator John Stamos também não queria que uma das gêmeas saísse, então os produtores decidiram continuar com as duas no papel.
  • Apenas um episódio da série foi realmente gravado em São Francisco, o episódio “Comet’s Excellet Adventure” da oitava temporada. As cenas externas foram filmadas pela cidade em apenas um dia, e o resto foi gravado nos estúdios da Warner em Los Angeles.
  • O último episódio da série teve duração de uma hora, e foi assistido por 24,3 milhões de telespectadores.
  • Em 22 de agosto de 2015, um telefilme chamado "The Unauthorized Full House Story" (No Brasil "A História Não Autorizada de Três é Demais") foi lançado pelo canal Lifetime. Ele conta a história dos bastidores da série desde o inicio.[5]
  • A "casa dos Tanner's" fica na 1709 Broderick St., Lower Pacific Heights em San Francisco. A fachada da casa praticamente virou um ponto turístico da cidade e sempre foi bastante visitada pelos fãs da série. O problema é que os verdadeiros donos não gostavam nem um pouco disso e resolveram vende-lá, então em 2016 o criador da série, Jeff Franklin, comprou a propriedade por 4 milhões, para que os fãs pudessem curti-la á vontade.

Fuller House[editar | editar código-fonte]

Em 26 de fevereiro de 2016 foi lançado na Netflix um revival da série, mostrando como a família Tanner vive nos dias de hoje, após 29 anos.[6] A série conta com praticamente todo o elenco original, com exceção das irmãs gêmeas Mary-Kate Olsen e Ashley Olsen (Michelle Tanner), que por motivos pessoais acabaram resolvendo não participar do projeto.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

John Stamos interpretou Jesse Katsopolis.
Mary-Kate & Ashley Olsen interpretaram Michelle.
Candace Cameron Bure interpretou D.J.
Jodie Sweetin interpretou Stephanie.
Ator/Atriz Personagem Temporada
1 2 3 4 5 6 7 8
Bob Saget Daniel "Danny" Ernest Tanner Principal
John Stamos Jesse Katsopolis Principal
Dave Coulier Joseph "Joey" Gladstone Principal
Candace Cameron Bure Donna Jo "D.J" Margareth Tanner Principal
Jodie Sweetin Stephanie "Steph" Judith Tanner Principal
Mary-Kate & Ashley Olsen Michelle Elizabeth Tanner Principal
Andrea Barber Kimberly "Kimmy" Louise Gibbler Regular Principal
Lori Loughlin Rebecca "Becky" Donaldson (Katsopolis) Regular Principal
Blake & Dylan Tuomy-Wilhoit Nicholas "Nicky" e Alexander "Alex" Katsopolis Principal
Scott Weinger Steve Hale Regular Principal Participação
Gail Edwards Vicky Larson Regular
Tahj Mowry Teddy Regular
Jurnee Smollett Denise Frazer Regular
Blake McIver Ewing Derek S. Boyd Regular
Marla Sokoloff Gia Mahan Regular
Jason Marsden Nelson Burkhardt Regular
Anne Marie McEvoy Kathy Santoni Regular
Whitby Hertford Walter F. Berman Regular
Jordan Christopher Michael Rusty Regular

Prêmios e Indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Categoria Indicados Resultado
Kids' Choice Awards
1995 Favorite Television Actress Candace Cameron Venceu
1996 Favorite Animal Star "Comet" Indicado
TV Land Awards
2004 Quintessential Non-Traditional Family Indicado
2007 Favorite Elvis Impersonation John Stamos Venceu
Young Artist Awards
1989 Best Young Actress Under Ten Years of Age in Television or Motion Pictures Jodie Sweetin Indicado
The Most Promising New Fall Television Series Indicado
1990 Best Young Actor/Actress Under Five Years of Age Mary-Kate Olsen & Ashley Olsen Venceu
Best Family Television Series Indicado
Best Young Actress Starring in a Television Comedy Series Candace Cameron Indicado
Outstanding Young Comedienne in a Television Series Jodie Sweetin Indicado
1991 Best Young Actress Starring in a Television Series Indicado
Best Young Actress Supporting Role in a Television Series Andrea Barber Venceu
Outstanding Performance by an Actress Under Nine Years of Age Mary-Kate Olsen & Ashley Olsen Venceu
Best Young Actress Starring in a Television Series Candace Cameron Indicado
1992 Best Young Actress Supporting or Recurring Role for a TV Series Andrea Barber Venceu
Best Young Actress Starring in a Television Series Candace Cameron Indicado
Outstanding Young Comedienne in a Television Series Jodie Sweetin Indicado
1993 Exceptional Performance by a Young Actress Under Ten Mary-Kate Olsen & Ashley Olsen Venceu
Best Young Actress Co-starring in a Television Series Andrea Barber Indicado
Exceptional Performance by a Young Actor Under Ten Tahj Mowry Indicado
Outstanding Young Ensemble Cast in a Television Series Indicado
1994 Best Young Actress Starring in a Television Series Candace Cameron Indicado
Outstanding Young Comedienne in a Television Series Jodie Sweetin Indicado
Best Young Actress Co-starring in a Television Series Andrea Barber Indicado
Best Young Actor Guest-starring in a Television Series R. J. Williams Indicado
1995 Best Youth Actor Guest-starring in a Television Show J. D. Daniels Indicado
1996 Best Youth Comedienne in a TV Show Andrea Barber Indicado

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal: