Fundação Florestal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Fundação Florestal

Logo da Fundação Florestal.png
Logo da Fundação Florestal
Organização
Natureza jurídica Fundação pública
Missão Executor das políticas de meio ambiente e de recursos hídricos no Estado de São Paulo
Chefia Gerd Sparovek, Presidente
Localização
Jurisdição territorial Estado de São Paulo
Histórico
Criação 1 de julho de 1986 (35 anos)[1]
Sítio na internet
www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/fundacaoflorestal

A Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo ou Fundação Florestal (FF) é uma fundação pública vinculada à Secretaria do Meio Ambiente do Governo de São Paulo criada com o objetivo de conservar, manejar e ampliar as florestas de produção e as Unidades de Conservação do estado de São Paulo, atuando em conjunto com o Instituto Florestal.[2]

A Fundação Florestal foi criada em 1 de julho de 1986 pela Lei Estadual nº 5 208, sendo seu estatuto aprovado pelo Decreto Estadual nº 25 952, de 29 de setembro de 1986.[1][3][4]

Dentre suas atribuições, administra 102 unidades de conservação de proteção integral e uso sustentável do estado de São Paulo, sendo elas:[2]

Unidades de Conservação de Proteção Integral (53 unidades):

Unidades de Conservação de Uso Sustentável (49 unidades):

Referências

  1. a b «Histórico». Fundação Florestal. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  2. a b «Missão da Fundação Florestal». Fundação Florestal. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  3. «Lei nº 5.208, de 01 de julho de 1986». www.al.sp.gov.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 
  4. «Decreto nº 25.952, de 29 de setembro de 1986». www.al.sp.gov.br. Consultado em 28 de fevereiro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]