Fundação Luso-Americana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD) é uma fundação portuguesa privada e financeiramente autónoma criada em 1985 pelo estado português.

O seu património inicial constituiu-se através de transferências monetárias feitas pelo Estado Português, e provenientes do Acordo de Cooperação e Defesa entre Portugal e os EUA (1983), o qual tem como pedra basilar a utilização da Base das Lajes, na ilha Terceira.[1]

O projeto de recuperação do antigo edifício foi elaborado pelos arquitetos do estúdio (Arqui lll) - Carlos Sousa Coelho, João Paiva Raposo de Almeida, Luis Filipe Gaspar e Pedro Emauz e Silva.

O objectivo da fundação é promover as relações entre Portugal e os Estados Unidos, visando, o desenvolvimento económico, social e cultural português, com especial enfoque nos Açores.

Em Janeiro de 2014 Vasco Rato assumiu a presidência da fundação[2], substituindo Maria de Lurdes Rodrigues.

O Conselho de Administração integra ainda os membros Jorge da Silva Gabriel, Michael Alvin Baum Jr., Jorge Figueiredo Dias e Mário Mesquita[3].

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página oficial