Fundação Petrobras de Seguridade Social

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "PETROS" redireciona para este artigo. Para o atleta, veja Petros (futebolista).

Petros é um fundo de previdência fundada pela Petrobras em 1970, com sede no Rio de Janeiro, pioneiro no mercado de previdência complementar do país que provê aposentadoria complementar aos funcionários da estatal. O fundo também administra planos de previdências para outras empresas.[1]

Em março de 2016, na CPI dos Fundos de Pensão, o presidente da Petros, Henrique Jäger, admitiu um déficit de mais de R$ 16 bilhões.[2]

Em 24 de junho de 2016, a Polícia Federal do Brasil em conjunto com o Ministério Público Federal deflagrou uma operação, batizada Recomeço, que prendeu suspeitos de causar prejuízos de até R$100 milhões nos fundos Petros e Postalis.[3][4][5]

Referências

  1. «Quem Somos». Petros. Consultado em 28 de junho de 2016. 
  2. «Presidente da Petros admite déficit de mais de R$ 16 bilhões no fundo de pensão». Câmara dos Deputados. 9 de março de 2016. Consultado em 28 de junho de 2016. 
  3. «Operação Recomeço já teve três prisões, diz PF». Exame. Abril. 24 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2016. 
  4. «Operação Recomeço: ex-advogado de Eduardo Cunha se entrega à Polícia Federal». sputnik. 27 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2016. 
  5. «Prisão é recomeço para ex-diretor de fundo, diz filho de militar que o salvou». Folha de S.Paulo. 27 de junho de 2016. Consultado em 28 de junho de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.