Fusão AFL-NFL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Fusão AFL-NFL de 1970 foi a junção de duas poderosas ligas profissionais de futebol americano dos Estados Unidos: a National Football League (NFL) e a American Football League (AFL).[1] A fusão deu um jeito de fundir as ligas, outrora rivais, mantendo o nome e o logo da "National Football League", se tornando uma das ligas mais populares e poderosas da América do Norte e do mundo.[2]

Vários motivos levaram a fusão. Ambas as ligas possuíam fortes audiências e os lucros cresciam. Contudo, a disputa por jogadores (especialmente os saídos do drafts) levou a crescimentos exacerbados de gastos com atletas, gerando forte inflação. Com o passar do tempo, a AFL e a NFL viram que uma fusão seria em benefício mútuo, principalmente na área financeira. Assim, em 1966, a fusão foi iniciada, sendo concretizada em 1970.[3]

Referências

  1. NFL Record and Fact Book (ISBN 1-932994-36-X)
  2. Total Football: The Official Encyclopedia of the National Football League (ISBN 0-06-270174-6)
  3. «The AFL-NFL Merger». Historylocker.com. Consultado em 14 de janeiro de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]