Fusos horários no Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fusos horários no Brasil, desde 25 de abril de 2019.
Fusos horários no Brasil
     ACT Hora do Acre UTC−5 (BRT–2)
     AMT Hora do Amazonas UTC−4 (BRT−1)
     BRT Hora de Brasília UTC−3 (BRT)
     FNT Hora de Fernando de Noronha UTC−2 (BRT+1)

O Brasil usa quatro[1] fusos horários: a Hora de Fernando de Noronha (FNT: [2]Fernando de Noronha Time; UTC-2); a Hora do Brasil (BRT: [3]Brazil Time; UTC-3), a Hora da Amazônia (AMT: [4][5]Amazon Time; UTC-4) e a Hora do Acre (ACT: [6]Acre Time; UTC-5). As zonas horárias são regulamentadas à lei 12.876[7] de 30 de outubro de 2013. Em contínua observância entre 1985 e 2019 (cuja introdução ocorreu a 1931) a Hora de Verão no Brasil foi usada com anuais modificações referentes à adoção dos estados e ao tempo em vigor, em diferentes datas de início e término expressas em diferentes decretos.

Não há um padrão à identificação ou às siglas dos fusos horários observados em língua portuguesa, como ocorre nos EUA – cujas zonas horárias observadas são oficializadas como Hora Oriental; Central; das Montanhas; do Pacífico...[8] À exceção o termo Horário de Brasília, expressado aos estados que observam diferentes horários quando algum evento é planejado à execução conforme a hora da capital federal – como a aplicação das provas do ENEM, que ocorre simultaneamente no país.

A padronização da hora foi introduzida em 1.º de janeiro de 1914; após publicação do DPL[9]2.784, de 18 de junho de 1913 e do decreto [10]10.546, de 5 de novembro de 1913. Antes cada lugar sincronizava os relógios conforme o horário solar aparente – a exemplo, havia uma diferença horária de 14 minutos[11] do Rio de Janeiro (UTC-02:52:41) a São Paulo (UTC-03:06:25), a qual deixou de existir com o estabelecimento do atual Horário de Brasília (UTC-3) a ambos os municípios (e os estados).

Fusos horários brasileiros[editar | editar código-fonte]

Hora de Fernando de Noronha[editar | editar código-fonte]

A Hora de Fernando de Noronha (UTC-02:00; +1 de Brasília)

Hora do Brasil[editar | editar código-fonte]

A Hora do Brasil (UTC-03:00; Horário de Brasília)

Hora da Amazônia[editar | editar código-fonte]

A Hora da Amazônia (UTC-04:00; -1 de Brasília)

Hora do Acre[editar | editar código-fonte]

A Hora do Acre (UTC-05:00; -2 de Brasília)

  • Estado do Amazonas (13 municípios no sudoeste do estado)
  • Estado do Acre

Em 2010, surgiu uma proposta para mudar todo o país para uma única diferença com o UTC, tendo o Horário de Brasília como base.[20] Mas tal proposta foi desconsiderada.[21]

Estados com mais de um fuso horário[editar | editar código-fonte]

Desde 2013 cinco estados usam dois fusos horários dentre suas fronteiras: AM; ES; PE; RN e extraoficialmente MT; entre 1914 e 2008, o Pará usava UTC-3 a leste e UTC-4 a [22]oeste – cuja fronteira entre os fusos existiu entre os rios Jari, Amazonas e Xingu até à fronteira com o estado do Mato Grosso.

Horário de verão[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Horário de verão no Brasil

Entre 1985 e 2019 o Brasil adotou continuamente o horário de verão, no qual os relógios de parte dos estados eram adiantados em uma hora num determinado período do ano. Desde 2018, no período compreendido entre o primeiro domingo de novembro, ao terceiro domingo de fevereiro,[nota 1] era estabelecido o horário de verão nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.[32]

Em 2011, o estado nordestino da Bahia aderiu à medida,[33][34] mas em 2012 a abandonou.[35][36] No entanto, esse mesmo ano o estado nortista do Tocantins adotou o horário de verão,[37][35][36] mas em 2013 abandonou a prática, retornando ao uso do horário padrão durante todo o ano.

Em 2019, após estudos que apontaram a eficácia cada vez menor do horário na redução do consumo de energia elétrica, o governo federal decidiu por descontinuar a adoção.[38]

Notas

  1. Quando o terceiro domingo de fevereiro coincidia com o domingo de carnaval, o horário de verão se encerrava no domingo seguinte.

Referências

  1. «Time Zones in Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  2. «Current Local Time in Fernando de Noronha, Pernambuco, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  3. «Current Local Time in Brasilia, Distrito Federal, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  4. «Current Local Time in Manaus, Amazonas, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  5. «Current Local Time in Cuiabá, Mato Grosso, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  6. «Current Local Time in Rio Branco, Acre, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  7. «Página 1 do Diário Oficial da União - Seção 1, número 212, de 31/10/2013 - Imprensa Nacional». pesquisa.in.gov.br. Consultado em 13 de abril de 2019 
  8. «Time in the United States». Wikipedia (em inglês). 23 de março de 2019 
  9. «DECRETO No 2.784, DE 18 DE JUNHO DE 1913». www.planalto.gov.br. Consultado em 13 de abril de 2019 
  10. «DECRETO Nº 10.546, DE 5 DE NOVEMBRO DE 1913». www.planalto.gov.br. Consultado em 13 de abril de 2019 
  11. «Almanak Laemmert : Administrativo, Mercantil e Industrial (RJ) - 1891 a 1940 - DocReader Web». memoria.bn.br. Consultado em 13 de abril de 2019 
  12. «Current Local Time in Macapá, Amapá, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  13. «Current Local Time in Belém, Pará, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  14. «Current Local Time in Palmas, Tocantins, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  15. «Fusos Brasil sem HV». pcdsh01.on.br. Consultado em 14 de abril de 2019. Arquivado do original em 22 de julho de 2011 
  16. «Current Local Time in Goiânia, Goiás, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  17. «Current Local Time in Brasilia, Distrito Federal, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  18. «Current Local Time in Boa Vista, Roraima, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  19. «Current Local Time in Porto Velho, Rondônia, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2019 
  20. «Território brasileiro poderá ter fuso unificado». Consultado em 12 de março de 2010 
  21. Projeto de Lei do Senado n° 486, de 2008
  22. «Sunrise and sunset times in Santarém, April 2008». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  23. «Current Local Time in Manaus, Amazonas, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  24. www.planalto.gov.br http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2013/Lei/L12876.htm. Consultado em 13 de abril de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  25. «Current Local Time in Vitória, Espírito Santo, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  26. «Current Local Time in Recife, Pernambuco, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  27. «Current Local Time in Natal, Rio Grande do Norte, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  28. «Current Local Time in Fernando de Noronha, Pernambuco, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  29. «Current Local Time in Cuiabá, Mato Grosso, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  30. «Current Local Time in Barra do Garças, Mato Grosso, Brazil». www.timeanddate.com (em inglês). Consultado em 13 de abril de 2019 
  31. «No Brasil que dá certo, a hora nem sempre é a certa». VEJA.com. Consultado em 13 de abril de 2019 
  32. «Decreto nº 9.242, de 15 de Dezembro de 2017» 
  33. «DECRETO Nº 6.558, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Institui a hora de verão em parte do território nacional.». 8 de setembro de 2008. Consultado em 15 de outubro de 2011 
  34. «DECRETO Nº 7.584, DE 13 OUTUBRO DE 2011. Dá nova redação ao art. 2o do Decreto no 6.558, de 8 de setembro de 2008, que institui a hora de verão em parte do território nacional.». 13 de outubro de 2011. Consultado em 15 de outubro de 2011 
  35. a b Decreto presidencial confirma: Bahia não adotará o Horário de Verão
  36. a b Governo exclui a Bahia e inclui o Tocantins no horário de verão
  37. DECRETO Nº 7.826, DE 15 OUTUBRO DE 2012. Altera o Decreto nº 6.558, de 8 de setembro de 2008, que institui a hora de verão em parte do território nacional, para incluir o Estado de Tocantins e excluir o Estado da Bahia em sua abrangência.
  38. «Bolsonaro assina decreto que acaba com o horário de verão». 25 de abril de 2019. Consultado em 30 de abril de 2019