Futebolistas do Esporte Clube Vitória

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde junho de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Esporte Clube Vitória possui um grande número de jogadores que se tornaram grandes ídolos

Nas categorias de base, há um vasto número de atletas revelados no Vitória, dentre eles Dida, Fábio Costa, Vampeta, Bebeto, David Luiz, Alecsandro, Marcelo Moreno, Nádson, Allan Dellon, Hulk, etc.[1][2]

Jogadores[editar | editar código-fonte]

Ramon Menezes foi apelidado pela torcida de Reizinho da Toca. Ídolo do clube, teve duas passagens pelo Vitória: entre 1994 e 1995 – quando foi campeão e artilheiro do Campeonato Baiano de 95, com a expressiva marca de 25 gols – e entre 2008 e 2010, quando conquistou o tricampeonato baiano.

Entre os maiores jogadores da história do clube, pode-se citar Mário Sérgio, que permaneceu no Vitória por quatro anos (entre 1971 e 1975), e nesse período venceu o Campeonato Baiano de 1972 e foi eleito por duas vezes o melhor meio-campo do Brasileirão.

Ao lado de Mário Sérgio, André Catimba formou um dos melhores ataques do futebol baiano. O atacante defendeu a equipe de 1971 a 1975.

O goleiro Julián Viáfara recebeu o apelido de El Paredón pela torcida.

Outra grande figura da história do Vitória foi o meio-campista Roberto Cavalo. Conhecido por seu forte chute e pela perfeição nas cobranças de falta, ele foi peça importante no vice-campeonato brasileiro em 1993, no único ano em que defendeu o time.

Bebeto foi um caso emblemático na história do clube. O jogador iniciou sua carreira nas categorias de base do rubro-negro em 1981 e suas boas atuações despertaram o interesse de grandes times do futebol brasileiro. Vencedor da Copa do Mundo de 1994 com a seleção brasileira, o atacante acabou negociado com o Flamengo em 1983. O jogador ganhou projeção internacional e rodou por vários clubes do país e do mundo, até retornar ao Leão em 1997. O atacante foi recebido com tapete vermelho no Aeroporto Internacional de Salvador e saiu em carreata no Corpo de Bombeiros, numa multidão de rubro-negros nas ruas.[3]

Nessa sua segunda passagem pela equipe, o centroavante ajudou o time a conquistar o Campeonato Baiano e a Copa do Nordeste deste ano, antes de deixar mais uma vez a cidade de Salvador. Em 2000, Bebeto teve mais uma rápida estadia no clube baiano, mas acabou se transferindo para o Vasco da Gama.

Outro que também marcou a história foi do goleiro Dida. Campeão mundial com o Brasil na Copa do Mundo de 2002. Pelo rubro-negro jogou dois anos – de 1992 a 93 – e, apesar de não ganhar nenhum título, estava presente no vice-campeonato brasileiro de 1993 e neste mesmo ano foi eleito o melhor arqueiro do Brasileirão.

Assim como Vampeta. O jogador defendeu o Vitória de 1992 a 95. Neste período venceu dois campeonatos baianos – 1992 e 95. Após o bom desempenho no Leão, o meia ganhou projeção e foi negociado com o futebol europeu, mais precisamente com o PSV Eindhoven da Holanda. Esteve no elenco campeão da Copa do Mundo de 2002.

O sérvio Dejan Petkovic virou um dos ídolos do rubro-negro. Com passagens por Real Madrid e Sevilla antes de atuar pelo futebol brasileiro, o atleta chegou ao Vitória em 1997, sendo campeão baiano pela equipe em 1997 (na campanha do tricampeonato[3]) e 99, além de conquistar a Copa do Nordeste também em 1999. Pet, como era carinhosamente chamado pela torcida, deixou o Vitória em 1999 e retornou ao futebol europeu, desta vez para o Venezia da Itália.

O "capetinha" Edílson que apesar de não ser revelado no Vitória, também teve uma passagem destacada no clube. A primeira passagem ocorreu em 2004, tendo conquistado o Campeonato Baiano e a Taça Estado da Bahia, sendo um dos artilheiros no ano ao lado de Obina. Na segunda e última passagem em 2007, esteve no elenco que subiu para a Série A do Brasileiro, onde contribuiu com gols e assistências.