Future Husband

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
"Future Husband"
14.º episódio da 4.ª temporada de 30 Rock
Jack Donaghy (Alec Baldwin; esquerda) a ser informado por Jack Welch sobre a morte de Don Geiss.
Informação geral
Direção Don Scardino
Escritor(es)
Produção
Direção de
fotografia
Matthew Clark
Edição Elizabeth Merrick
Código(s) de produção 414
Transmissão original 11 de Março de 2011
Convidados
Episódios da 4.ª temporada
30 Rock (4.ª temporada)
Lista de episódios

"Future Husband" é o 14.° episódio da quarta temporada da série de televisão de comédia de situação norte-americana 30 Rock, e o 72.° da série em geral. Teve o seu enredo co-escrito pelo argumentista assistente Jon Haller e Tracey Wigfield, e foi realizado pelo produtor Don Scardino. A sua transmissão nos Estados Unidos ocorreu na noite de 11 de Março de 2011 através da National Broadcasting Company (NBC). Os actores convidados para o episódio foram James Rebhorn, Elizabeth Banks e Michael Sheen. O empresário Jack Welch e o jornalista Brian Williams também participaram do episódio desempenhando versões fictícias de si mesmos.

No episódio, a argumentista-chefe Liz Lemon (interpretada por Tina Fey) encontra um contacto misterioso no seu telemóvel, gravado sob o nome de Futuro Marido. Entretanto, o executivo Jack Donaghy (Alec Baldwin) é informado sobre uma empresa de televisão a cabo que está a espalhar boatos acerca de uma possível aquisição da NBC, uma referência à aquisição real da NBC Universal pela empresa de televisão a cabo Comcast que decorria naquele momento. Em outros lugares, Tracy Jordan (Tracy Morgan) encena um one-man show na tentativa de vencer um prémio Tony, como parte da sua busca pelo EGOT.

Em geral, "Future Husband" foi recebido com opiniões mistas pelos críticos especialistas em televisão do horário nobre, que elogiaram bastante o desempenho de Elizabeth Banks e Brian Williams, mas criticaram a trama relacionada com a aquisição da NBC foi criticado por carecer de humor. De acordo com as estatísticas publicadas pelo serviço de registo de audiências Nielsen Ratings, o episódio foi assistido em 5,89 milhões de domicílios norte-americanos durante a sua transmissão original, e foi-lhe atribuída a classificação de 2,9 e oito de share por entre os telespectadores do perfil demográfico dos adultos entre os dezoito aos 49 anos de idade.

Produção[editar | editar código-fonte]

"Future Husband" é o 14.° episódio da quarta temporada de 30 Rock. O seu guião foi co-escrito por Jon Haller, argumentista assistente da temporada, e Tracey Wigfield, ex-supervisora executiva de enredo da série, marcando assim a única vez que Haller recebeu um crédito no argumento de um episódio de 30 Rock e a segunda vez para Wigfield, assim como a primeira nesta temporada. Para Don Scardino, produtor da temporada que realizou este episódio, foi o seu 27.° crédito como diretor, sendo "Verna" o mais recente.[1] A maior parte de "Future Husband" foi filmada a 17 de Dezembro de 2009 nos Estúdios Silvercup na Cidade de Nova Iorque.[2] Embora os seus nomes tenham sido listados durante a sequência de créditos finais, os actores Scott Adsit, Judah Friedlander, Katrina Bowden e Keith Powell — respectivos intérpretes das personagens Pete Hornberger, Frank Rossitano, Cerie Xerox, James "Toofer" Spurlock — não participaram deste episódio.[1]

"Future Husband" marcou a estreia de Michael Sheen em 30 Rock.

A participação de Elizabeth Banks em 30 Rock foi primeiramente anunciada em Dezembro de 2009, tendo ela feito a sua estreia como Avery Jessup, apresentadora de um programa do CNBC e interesse amoroso de Jack Donaghy, no episódio anterior a este, "Anna Howard Shaw Day".[3] Em entrevista à revista electrónica Entertainment Weekly, Banks revelou ser tão fã de 30 Rock que abordou a equipa sobre fazer uma participação, expressando: "Eu com certeza deixei bem claro que, tipo, 'Eu adoraria estar no seu seriado!' E eles fizeram isso. Eles fizeram isso acontecer! Eu sou uma grande fã, então isto é um sonho tornado realidade."[4] A actriz revelou ainda que inicialmente não tinha intenção de se tornar numa personagem regular, afirmando que tem sido "muito divertido" fazer filmes e se comprometer com um programa de televisão em tempo integral.[4] Outra participação especial em "Future Husband" foi a estreia do actor galego Michael Sheen, cujo papel de Wesley Snipes, interesse amoroso de Liz Lemon, foi anunciado em Janeiro de 2010.[5] A trama amorosa de Liz e Wesley viria ter contibuidade em mais três episódios da temporada.[6]

Em "Future Husband," Jack é informado por Jack Welch, presidente da General Electric (GE) entre 1981 e 2001, acerca da morte de Don Geiss, diretor executivo fictício da GE interpretado por Rip Torn. Torn não participou da quarta temporada de 30 Rock, sendo "Larry King" a sua participação final na série. Segundo o crítico de televisão Bob Sassone, um dos possíveis motivos da saída abrupta de Torn foi um incidente legal relacionado com álcool ocorrido em Janeiro de 2010 no qual ele estava envolvido.[7] "Future Husband" viu ainda a estreia de James Rebhorn como o Dr. Kaplan, dentista de Liz e Wesley. Rebhorn já havia trabalhado com Fey, criadora e produtora executiva de 30 Rock, no filme Baby Mama (2008).[8] Para o apresentador de televisão Brian Williams, esta foi a sua terceira participação no seriado.[1]

A trama deste episódio que envolve a empresa fictícia Kabletown foi inspirada na aquisição real da NBC Universal pela Comcast em Novembro de 2009.[9] Quando questionada em Janeiro de 2010 pelo portal Reuters se este evento seria ou não mencionado no seriado, Fey afirmou que "a venda da NBC para outra empresa é parte integrante do nosso programa e será difícil para Jack."[10] Em Abril seguinte, depois da transmissão deste episódio, a NBC criou um site para a Kabletown.[11] Segundo Robert Carlock, argumentista e produtor executivo de 30 Rock, a Kabletown é escrita com um "K" pois já existia uma empresa real homófona mas com a inicial "C," então, os argumentistas do seriado procuraram o departamento jurídico da NBC, que quis "enfatizar a diferença e, depois de um tempo, todo mundo gostou do novo som."[12] "Future Husband" marcou ainda a segunda vez que Tracy Jordan fez menção ao seu desejo de alcançar o EGOT, uma trama iniciada mais cedo nesta temporada em "Dealbreakers Talk Show #0001."[13]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Liz Lemon (Tina Fey) encontra um contacto desconhecido gravado como Futuro Marido no seu celular, e realiza que deve ser um homem que conheceu após uma consulta odontológica com o Dr. Kaplan (James Rebhorn). Ela liga para o número fingindo ser a recepcionista jamaicana do Dr. Kaplan e pede-lhe para regressar ao consultório. Na hora marcada, ela vai ao local mas não reconhece ninguém, então liga para o número novamente. Quando o homem atende, ela o vê e desliga. O número de Liz também já estava gravado no celular dele como Futura Esposa. Ele retorna a chamada e eles marcam um encontro, porém, este não corre muito bem pois os dois irritam-se um ao outro. Mais tarde, nos estúdios da NBC, Liz descobre que Wesley (Michael Sheen), seu nome, foi a pessoa que recuperou a carteira de Kenneth Parcell (Jack McBrayer), depois deste a ter atirado de uma janela. Devido a esta coincidência, o casal decide marcar outro encontro num restaurante que Liz odeia mas Wesley adora.[14]

Entretanto, o sonho de Jack Donaghy (Alec Baldwin) de se tornar no diretor executivo da GE chega ao fim quando Avery Jessup (Elizabeth Banks) informa-o que a Kabletown, uma empresa de televisão a cabo sediada em Filadélfia, deseja comprar a NBC. Jack, vice-presidente da televisão da Costa Leste e da Produção de Fornos Microondas da GE, diz-lhe que nenhuma venda está pendente, pois acredita que Don Geiss, atual diretor executivo da GE, não concorda com tal compra. Porém, os rumores persistem e levam Jack ao pânico, com as coisas piorando quando recebe a notícia da morte de Geiss por Jack Welch, ex-presidente da GE, e que a empresa negociou uma aquisição com a Kabletown. Embora as negociações tenham continuado, Welch manteve esta morte um segredo. No dia seguinte, Jack assiste ao programa The Hot Box, apresentado por de Avery, e confirma que a aquisição foi de facto efectuada.[14]

Em outros lugares, Tracy Jordan (Tracy Morgan) encena um one-man show de modo a vencer um Prémio Tony como parte da sua busca pelo EGOT. A sua peça teatral recebe críticas positivas e, consequentemente, ele fica convencido de que vai vencer um Tony, mas Jenna Maroney (Jane Krakowski) avisa-o que para se qualificar ao prémio, ele deve encenar a sua peça por oito vezes, o que não se assenta bem com Tracy, que é incapaz de fazer qualquer coisa por mais de uma vez. Ele pede a ajuda de Jenna, que embora a princípio se recuse, tenta ensiná-lo os princípios da actuação. Porém, isso não leva a nada, fazendo com que os dois discutam e levando-a a dizer que ir-se-ia importar muito pouco se ele lesse a lista telefónica como parte da sua peça, o que ele acaba fazendo no fim do episódio, deixando Jenna muito orgulhosa.[14]

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

No início do episódio, Liz questiona sobre o paradeiro de Frank pois quer que ele escreva segmentos humorísticos sobre os Jogos Olímpicos de Inverno, fazendo com que ela quebre a quarta parede para falar algo incompreensível: "Lindsey Vonn!" que ganhou a "medalha de ouro por esquiar!"[15] Mais tarde, após ser convencida por Kenneth a falar com o Futuro Marido, Liz, em sotaque jamaicano, liga para ele e termina a chamada dizendo "Cool Runnings, man! Bobsled!, uma referência ao filme de comédia Cool Runnings (1993), no qual a equipa nacional bobsled da Jamaica faz a sua estreia nas Olimpíadas de Inverno de 1988.[16] Depois de incentivar Liz a se encontrar com o seu futuro marido e, assumindo esta situação como romântica, Kenneth diz: "tal como aquele filme ao qual só vi os primeiros dez minutos, Atracão Fatal!", fazendo assim referência ao filme de terror homónimo de 1987 no qual Jane Krakowski estrelou.[17] Desejando saber por que não viu nenhum de seus colegas da GE naquele dia, Jonathan (Maulik Pancholy) sugere que talvez ele e Jack sejam as últimas pessoas na Terra e faz referência a I Am Legend (2007), dizendo que Jack é Will Smith e ele é o cão. A fim de descobrir o que se passa, Jonathan investiga o horário de Don Geiss e baixa-o enquanto auto-narra a música-tema de Missão Impossível (1996).[8][14] Em outra cena, o tom de toque de Liz é a canção "Fuck The Pain Away", da músico canadense Peaches.[15]

Lançamento e repercussão[editar | editar código-fonte]

Transmissão e audiência[editar | editar código-fonte]

Nos Estados Unidos, "Future Husband" foi transmitido pela primeira vez na noite de 11 de Março de 2010 pela NBC como o 72.° episódio de 30 Rock.[8] Naquela noite, foi assistido por 5,89 milhões de agregados familiares e foi-lhe atribuída a classificação de 2,9 e oito de share entre os telespectadores do perfil demográfico dos adultos entre os dezoito aos 49 anos de idade, segundo os dados publicados pelo sistema de registo de audiências Nielsen Ratings. Isto significa que foi visto por 2,9 por cento de todas as pessoas de dezoito a 49 anos de idade e oito por cento de todas as pessoas de dezoito a 49 anos de idade dentre as que estavam a assistir à televisão no momento da emissão. Comparativamente aos outros programas transmitidos naquele horário nas outras grandes emissoras do país, 30 Rock foi o quarto mais assistido, para CSI: Crime Scene Investigation do CBS, Anatomia de Grey da ABC, e Kitchen Nightmares da FOX, respectivamente.[18]

Análises da crítica[editar | editar código-fonte]

As participações especiais de Elizabeth Banks (esquerda) e Brian Williams foram recebidas com apreço pela crítica especialista em televisão.
Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Alan Sepinwall (positiva)[19]
AOL (mista)[15]
A.V. Club C-[20]
Entertainment Weekly (mista)[17]
IGN 8,0/10[21]
Los Angeles Times (positiva)[22]
Paste (mista)[23]
Time (positiva)[24]

Embora tenha visto este como o episódio mais "preguiçoso" da temporada na sua análise para o jornal de entretenimento A.V. Club, o repórter Leonard Pierce elogiou a trama de Tracy que, apesar de pequena, foi a melhor de todas e "até conseguiu fazer troça daquela anedota velha de 'Eu o assistiria ler a lista telefónica'."[20]

Para Sean Gandert, da revista Paste, a trama principal deste episódio parcialmente decepcionante não foi "muito terrível, apenas relativamente fastidiosa." Porém, foi mais positivo para com a interpretação da trama envolvendo a NBC e Kabletown, a qual afirmou ser uma "pequena brincadeira" agradável sobre a fusão real entre a NBC e a Comcast, e apreciou o desempenho da actriz convidada Elizabeth Banks, expressando desejo de voltar a vê-la em episódios futuros,[23] assim como Robert Canning, analista de televisão do portal britânico IGN que declarou que o momento de destaque de Banks foi quando Avery e Jack discutiram sobre a direcção da NBC e "o breve momento de Banks roubou o espetáculo de Baldwin." Acerca da referência da NBC/Comcast, Canning sentiu que "não foi exatamente um poço de risos, mas Donaghy manteve a história divertida o suficiente para querer acompanhá-la."[21]

Na sua análise para a revista eletrónica Entertainment Weekly, a contribuinte Margaret Lyons escreveu: "Não é que 'Future Husband' foi radicalmente terrível nem nada, mas uau, esse episódio somente não se encaixou no lugar,"[17] enquanto o crítico Bob Sassone, da coluna televisiva TV Squad do portal AOL, não apreciou o envolvimento de Jenna na história de Tracy e nem achou "muito engraçadas" as artimanhas dos dois. No entanto, Sassone elogiou a participação de Brian Williams.[15] Para James Poniewozik, da revista de notícias Time, a "trama principal pareceu mais como uma subtrama, mesmo que tenha dado o título ao episódio." Comentando sobre o episódio como um todo, achou que houve alguns momentos muito bons e que as histórias de Liz e Jack "têm o potencial para mostrar algum avanço interessante."[24] Meredith Blake, contribuinte do jornal Los Angeles Times, sentiu que Michael Sheen foi "subutilizado" no seu papel e observou que o relacionamento de Avery e Jack pareceu "extraordinariamente convincente."[22] Segundo Alan Sepinwall, colunista de televisão do jornal The Star-Ledger, a narrativa do episódio foi "melhor do que nas semanas recentes," porém sentiu que a união de Wesley e Liz fracassou.[19]

Notas de rodapé

  1. a b c «30 Rock — Future Husband — Cast and Crew» (em inglês). Yahoo! TV (Yahoo!, Inc.). Consultado em 19 de Julho de 2010. Arquivado do original em 19 de Julho de 2012 
  2. «30 Rock —"Future Husband" Episode 414 -- Pictured: (l-r) Elizabeth Banks as Avery Jessup, Brian Williams -- Photo by: Ali Goldstein/NBC». Set Photos (em inglês). Save Picture as → Right click file → Properties → Summary → Advanced → Date Picture Taken. NBC Universal Media Village. 17 de Dezembro de 2009. Consultado em 22 de Julho de 2010. Arquivado do original (JPG) em 11 de Março de 2012 
  3. «The Bullseye: December 18, 2009». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. 18 de Dezembro de 2010. Consultado em 12 de Dezembro de 2010 
  4. a b AUSIELLO, Michael (4 de Janeiro de 2010). «'30 Rock' scoop: Elizabeth Banks channels Sean Hannity, romances Alec Baldwin». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 12 de Julho de 2010 
  5. HOUSE, M.L. (18 de Janeiro de 2010). «30 Rock Casting News: Michael Sheen and Jon Hamm». TV Fanatic (em inglês). Boca Raton: Mediavine, Inc. Consultado em 15 de Julho de 2010 
  6. PONIEWOZIK, James (19 de Março de 2010). «Thursday Comedies Watch: Flirting with Lizzaster». Time (em inglês). Nova Iorque: Time USA, LLC. Consultado em 23 de Julho de 2010 
  7. SASSONE, Bob (19 de Março de 2010). «'30 Rock' - 'Don Geiss, America and Hope' Recap». TV Squad (em inglês). AOL. Consultado em 19 de Julho de 2010. Arquivado do original em 5 de Janeiro de 2013 
  8. a b c Lady Lola. «30 Rock — Future Husband» (em inglês). Yahoo! TV (Yahoo!, Inc.). Consultado em 18 de Julho de 2010. Arquivado do original em 10 de Fevereiro de 2013 
  9. ARANGO, Tim (4 de Dezembro de 2009). «G.E. Makes It Official: NBC Will Go to Comcast». The New York Times (em inglês). Nova Iorque: The New York Times Company. Consultado em 14 de Julho de 2010 
  10. DOBUZINSKIS, Alex (24 de Janeiro de 2010). «Tina Fey hearts NBC» (em inglês). Thomson Reuters. Consultado em 25 de Outubro de 2010. Arquivado do original em 10 de Julho de 2012 
  11. ABRAMS, Natalie (7 de Abril de 2010). «NBC Creates Sendup Website Kabletown». TV Guide (em inglês). Fort Mill: Red Ventures Company. Consultado em 18 de Julho de 2010 
  12. FERNANDEZ, Bob (25 de Abril de 2010). «Comedic License?». The Philadelphia Inquirer (em inglês). Filadélfia: The Philadelphia Inquirer, LLC. Consultado em 10 de Agosto de 2010. Arquivado do original em 10 de Agosto de 2010 
  13. BEREZNAK, Alyssa; SURREY, Miles (21 de Fevereiro de 2019). «"Who's an EGOT?" How '30 Rock' Made a Fake Award Into a Real-Life Goal». The Ringer (em inglês). Los Angeles: Bill Simmons Media Group. Consultado em 12 de Maio de 2022 
  14. a b c d HALLER, Jon (argumentista); WIGFIELD, Tracey (argumentista); SCARDINO, Don (realizador) (11 de Março de 2010). «Future Husband». 30 Rock. Temporada 4. Episódio 14. NBC Universal. National Broadcasting Company 
  15. a b c d SASSONE, Bob (12 de Março de 2010). «'30 Rock' - 'Future Husband' Recap». TV Squad (em inglês). AOL. Consultado em 7 de Junho de 2010. Arquivado do original em 5 de Janeiro de 2013 
  16. HYMAN, Erica (17 de Março de 2010). «"30 Rock": "Future Husband"». Campus Times (em inglês). Rochester: University of Rochester. Consultado em 19 de Julho de 2010. Arquivado do original em 2 de Maio de 2013 
  17. a b c LYONS, Margaret (12 de Março de 2010). «'30 Rock' 10 best lines: No one say 'Comcast'». Entertainment Weekly (em inglês). Meredith Corporation. Consultado em 18 de Julho de 2010 
  18. GORMAN, Bill (12 de Fevereiro de 2010). «TV Ratings: American Idol Leads Fox Win; Marriage Ref Loses Yardage». TV by the Numbers. Zap2it (em inglês). Tribune Media Entertainment. Consultado em 10 de Agosto de 2010 
  19. a b SEPINWALL, Alan (12 de Março de 2010). «30 Rock, 'Future Husband': NBC for Sale». The Star-Ledger (em inglês). Nova Jérsia: Advance Local Media, LLC. Consultado em 4 de Maio de 2010 
  20. a b PIERCE, Leonard (11 de Março de 2010). «30 Rock: "Future Husband"». A.V. Club (em inglês). G/O Media, Inc. Consultado em 20 de Novembro de 2010 
  21. a b CANNING, Robert (12 de Março de 2010). «30 Rock: "Future Husband" Review» (em inglês). IGN. Ziff Davis, LLC. Consultado em 18 de Julho de 2010 
  22. a b BLAKE, Meredith (12 de Março de 2010). «'30 Rock': Liz meets her future husband (we hope)». Los Angeles Times (em inglês). Los Angeles: Los Angeles Times Communications, LLC. Consultado em 18 de Julho de 2010 
  23. a b GANDERT, Sean (12 de Março de 2010). «30 Rock Review: "Future Husband" (1.14)». Paste (em inglês). Paste Media Group. Consultado em 18 de Julho de 2010 
  24. a b PONIEWOZIK, James (11 de Março de 2010). «Thursday Comedies Watch: (Surrogate) Family Affair». Time (em inglês). Nova Iorque: Time USA, LLC. Consultado em 19 de Julho de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]