Fyodor Petrovich Litke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fyodor Litke)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fyodor Petrovich Litke
Nascimento 29 de setembro de 1797
São Petersburgo
Morte 28 de agosto de 1882 (84 anos)
São Petersburgo
Sepultamento Cemitério de Volkovo
Nacionalidade Russo
Cidadania Império Russo
Ocupação explorador, hidrógrafo, escritor, Navegador, militar
Prêmios Prêmio Demidov (1836)
Empregador Academia Russa de Ciências
Religião luteranismo

O conde Fyodor Petrovich Litke (em russo: Граф Фёдор Петро́вич Ли́тке ) (São Petersburgo, 29 de setembro de 1797 — São Petersburgo, 28 de agosto de 1882) foi um oficial naval, navegador, geógrafo e explorador ártico russo. Foi promovido a almirante em 1855 e elevado a conde em 1866.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Litke iniciou a sua carreira naval em 1813. Fez parte da expedição em volta do mundo empreendida a abordo do navio russo "Kamchatka" de 1817 a 1819 sob o comando de Vasily Golovnin.

Nos anos de 1821 a 1824 Litke comandou a expedição organizada pela Marinha Imperial Russa para explorar as costas da ilha de Novaya Zemlya, o Mar Branco e a parte oriental do Mar de Barents. De 1826 a 1829, comandou uma viagem de exploração em a bordo do navio "Senyavin", no decurso da qual descreveu a costa ocidental do Mar de Bering, as ilhas Pribilof, as ilhas Bonin e as ilhas Carolinas, mapeando nesta viagem 12 ilhas até ali desconhecidas dos europeus.

Deve-se a Litke a ideia de construir um marégrafo com o respectivo registador (1839), aparelhos que por sua indicação foram construídos e instalados ao longo das costas russas do Oceano Árctico e do Oceano Pacífico em 1841.

Litke foi um dos fundadores da Sociedade Russa de Geografia e o seu presidente nos períodos de 1845 a 1850 e de 1857 a 1872.

Foi nomeado presidente da Comissão Científica Naval da Rússia em 1846. Litke foi chefe do estado-maior e governador militar dos portos de Reval (hoje Tallinn) e de Kronstadt de 1850 a 1857. Em 1855, Litke foi feito membro do Conselho de Estado da Rússia (Государственный совет), um corpo legislativo complementar da Duma.

Rota do Senyavin 1826–1828

Em 1873 a Sociedade de Geografia da Rússia deu o nome de Litke à sua medalha de ouro e em sua honra foi atribuído o nome de "Litke" a um cabo, uma península, uma montanha e a uma baía em Novaya Zemlya. O seu nome foi também atribuído a um grupo de ilhas nas costas da Terra de Francisco José, na Baía de Baydaratskaya e no Arquipélago de Nordenskiöld. O Estreito de Litke sito entre a Península de Kamchatka e a ilha Karaginsky também o homenageia.

Litke era sócio correspondente (1829), sócio honorário (1855) e presidente (1864) da Academia Russa das Ciências de São Petersburgo. Era também sócio honorário de vários institutos e academias russos e estrangeiros e sócio correspondente da Academia Francesa das Ciências de Paris.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • A. I. Alekscev, Fedor Petrovich Litke, The University of Alaska, 1996 (ISBN 0-912006-86-2) (tradução para inglês de uma obra publicada em Moscovo em 1970).
Precedido por
Dmitri Bludov
Presidente da Academia Russa das Ciências
1864–1882
Sucedido por
Dmitri Tolstoi