Gotinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Göttingen)
Ir para: navegação, pesquisa
Gotinga
Brasão Mapa
Brasão de Gotinga
Gotinga está localizado em: Alemanha
Gotinga
Mapa da Alemanha, posição de Gotinga acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Baixa Saxônia
Distrito Gotinga
Prefeito Rolf-Georg Köhler
Partido no poder SPD
Estatística
Coordenadas geográficas 51° 32' 02" N 09° 56' 08" E51° 32' 02" N 09° 56' 08" E
Área 116,89 km²
Altitude 138 - 427,5 (média 150) m
População 118.914 (31/12/2015[1])
Densidade populacional 1.017 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo
Código postal 37001–37085
Código telefônico 0551
Endereço da prefeitura Hiroshimaplatz 1-4
37070 Gotinga
Website sítio oficial
NUTS Baixa Saxónia - Brunsvique

Gotinga (em alemão: Göttingen; em baixo-alemão: Chöttingen) é uma cidade universitária da Alemanha, no estado de Baixa Saxônia (Niedersachsen), junto ao Rio Leine e situada a poucos quilómetros do Centro Geográfico da Alemanha. Devido à presença da Universidade de Gotinga (Georg-August-Universität), a maior e mais antiga Universidade da Baixa Saxónia, e de outros Institutos, a vida na cidade está fortemente ligada à Educação e Ciência, sendo que cerca de 20% dos seus habitabtes são estudantes e muitos outros estão directa ou indirectamente ligados à Universidade.

Quarenta e seis Prêmio Nobel ensinaram ou estudaram em Gotinga até ao ano de 2015. A cidade abriga igualmente a biblioteca da Baixa Saxônia, bem como vários Institutos de Max Planck (Max-Planck-Institut - MPI) e uma das sete Academias de Ciências (Akademie der Wissenschaften) da Alemanha .

História[editar | editar código-fonte]

Antigos Paços do Concelho (Altes Rathaus)

A primeira menção atestada da povoação, chamada «Gutingi» na época, data de 953 num acordo entre Oto I e o monastério de Magdeburgo. Em 1230 recebe Carta de Foral (Stadtrechte), que lhe concede o estatuto de cidade (no contexto alemão medieval). Nesta época, a cidade é uma próspera praça comercial, particularmente após 1351, data de sua entrada na Liga hanseática. Em 1387, os burgueses são tão poderosos que destroem o palácio ducal em revolta. Em 1547, no entanto, sua sorte muda com o fracasso da Liga de Esmalcalda, da qual Gotinga fazia parte desde 1531 — liga reunida em torno de Martinho Lutero pelos príncipes protestantes contra Carlos V. A Guerra dos Trinta Anos faz a cidade perder sua importância, que renasce em 1737, quando o Príncipe-eleitor de Hanôver, Jorge II da Grã-Bretanha, inaugura a universidade. Em 1739 segue-se a fundação do Jardim Botânico de Gotinga.

Em 1806 a cidade passa sob controle prussiano, e em 1807 é integrada ao Reino da Vestfália antes de retornar à zona de influência de Hanôver em 1813. Em 1866 Gotinga e todo o Reino de Hanôver são anexados à Prússia.

Praticamente poupada pelos bombardeios aliados durante a Segunda Guerra Mundial, o centro antigo da cidade é hoje um atrativo lugar para morar, com diversas lojas, cafés e bares. Por causa disso, muitos estudantes da universidade vivem no centro da cidade, dando a Gotinga uma alma jovem. Em 2003, 45% da população do centro da cidade tinha entre 18 e 30 anos de idade.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Gotinga