G.N. Ramachandran

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
G.N. Ramachandran
Nascimento 8 de outubro de 1922
Ernakulam
Morte 7 de abril de 2001 (78 anos)
Chennai
Residência Índia
Cidadania Índia, Índia britânica, Domínio da Índia
Alma mater Universidade de Cambridge, Universidade de Madras
Ocupação físico, cristalógrafo, biofisico, bioquímico
Prêmios membro da Royal Society, Prêmio Shanti Swarup Bhatnagar de Ciência e Tecnologia, Medalha Srinivasa Ramanujan

Gopalasamudram Narayana Iyer Ramachandran (Ernakulam, 8 de outubro de 1922Chennai, 7 de abril de 2001) foi um físico hindiano, que mostrou que os aminoácidos estão limitados a um número finito de conformações. Usou modelos computacionais de polipeptídeos pequenos para variar sistematicamente os ângulos phi e psi com o objetivo de encontrar as conformações associadas aos mínimos de energia. Sobre a base destes resultados criou o gráfico que leva seu nome (Gráfico de Ramachandran).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]