GDDR6

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Translation arrow.svg
Este artigo resulta, no todo ou em parte, de uma tradução do artigo «GDDR6 SDRAM» na Wikipédia em inglês, na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. (Data da tradução: 07 de dezembro de 2018)Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

GDDR6, uma abreviação de graphics double data rate type six synchronous dynamic random-access memory, é um tipo moderno de memória de acesso aleatório gráfica síncrona (SGRAM) com uma interface de alta largura de banda ("double data rate") projetada para uso em placas gráficas, consoles de jogos e computação de alto desempenho.

Visão geral[editar | editar código-fonte]

A especificação finalizada foi publicada pela JEDEC em julho de 2017.[1] O GDDR6 oferece maior largura de banda por pino (até 16 Gbps[2]) e menores tensões operacionais (1,35 V[3]), aumentando o desempenho e diminuindo o consumo de energia em relação ao GDDR5X.[4][5]

Implementação comercial[editar | editar código-fonte]

Na Hot Chips 2016, a Samsung anunciou o GDDR6 como o sucessor do GDDR5X[4][5], com a produção começando a partir de janeiro de 2018.[6][7][8] A Samsung anunciou posteriormente que os primeiros produtos seriam chips de 16 Gbps, 1,35 V.[9][8]

Em fevereiro de 2017, a Micron anunciou que lançaria seus próprios produtos GDDR6 até o final de 2017 ou início de 2018.[10]

A SK Hynix anunciou que seus produtos GDDR6 seriam lançados no início de 2018.[11][12][2] A SK Hynix anunciou em abril de 2017 que seus chips GDDR6 seriam produzidos em um processo de 21 nm e teriam tensões 10% mais baixas que o GDDR5.[2] Espera-se que os chips da SK Hynix sejam de 8 Gb por chip com uma taxa de transferência de até 16 Gbps. No entanto, os primeiros produtos GDDR6 da SK Hynix estão limitados a 14 Gbps.[3] Espera-se que as primeiras placas gráficas a utilizarem a RAM GDDR6 da SK Hynix usem 12 GB de RAM com um barramento de memória de 384 bits, gerando uma largura de banda de 768 GB/s.[2]

A Nvidia anunciou oficialmente as primeiras placas gráficas para consumidores usando GDDR6 baseadas na arquitetura Turing, as GeForce RTX 2080 Ti, RTX 2080 e RTX 2070 em 20 de agosto de 2018.[13]

Referências

  1. GRAPHICS DOUBLE DATA RATE 6 (GDDR6) SGRAM STANDARD
  2. a b c d Shilov, Anton (30 de abril de 2017). «SK Hynix to Ship GDDR6 for Graphics Cards by Early 2018». Anandtech. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  3. a b Born, Eric (16 de maio de 2017). «SK Hynix's first GDDR6 RAM will initially top out at 14 Gbps». Tech Report. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  4. a b Walton, Mark (23 de agosto de 2016). «HBM3: Cheaper, up to 64GB on-package, and terabytes-per-second bandwidth». Ars Technica. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  5. a b Ferriera, Bruno (23 de agosto de 2016). «HBM3 and GDDR6 emerge fresh from the oven of Hot Chips». Tech Report. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  6. Leonardo Müller (18 de janeiro de 2018). «Samsung começa a produzir memórias GDDR6 para placas gráficas». TecMundo. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  7. Emerson Alecrim (18 de janeiro de 2018). «Samsung começa a produzir memórias GDDR6 para placas de vídeo». Tecnoblog. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  8. a b Killian, Zak (18 de janeiro de 2018). «Samsung fires up its foundries for mass production of GDDR6 memory». Tech Report. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  9. Shilov, Anton (14 de novembro de 2017). «Samsung Preannounces 16 Gbps GDDR6 Chips for Next-Gen Graphics Cards». Anandtech. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  10. Tallis, Billy (3 de fevereiro de 2017). «Micron 2017 Roadmap Detailed: 64-Layer 3D NAND, GDDR6 Getting Closer, & CEO Retiring». Anandtech. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  11. Mateus Mognon (10 de maio de 2017). «GTC 2017: SK Hynix mostra especificações das memórias GDDR6, que chegam em 2018». Adrenaline. Consultado em 7 de dezembro de 2018 
  12. «Archived copy». Consultado em 7 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 24 de abril de 2017 
  13. 10 anos de muito trabalho: NVIDIA leva traçado de raios em tempo real a gamers com a GeForce RTX


Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.