GE C44-EMi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde junho de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Locomotiva C38-EMi (#3920-1) da MRS carregando um trem de minério em Casa de Pedra

A GE C44-EMi é uma locomotiva diesel - elétrica produzida pela GE entre 2006 e 2008, que é utilizada pela MRS Logística S.A. e pela Estrada de Ferro Carajás. Seu projeto é muito similar aos das locomotivas Dash 9 (C44-9WM) compradas pela EFC e Ferronorte, e por todas as grandes operadoras ferroviárias americanas.

Comparando a C38-EMi, não há diferenças estéticas em relação as Dash 9 (C44-9WM). As diferenças são internas: controle de sistemas operado por um microprocessador eletrônico, motor diesel com injeção eletrônica de combustivel e 3800HP.

Inicialmente foram compradas 40 locomotivas C38-EMi (3800HP), que foram gradativamente convertidas em C44-EMi (4400HP), mediante alterações dos softwares de controle da injeção eletrônica.

No final de 2016, 23 unidades foram compradas pela EFC para o projeto S11D da Vale, elas chegaram em 2017, mantendo a ordem numérica original. São elas: 3932, 3938, 3939, 3948, 3949, 3952, 3953, 3957, 3958, 3959, 3960, 3961, 3967, 3969, 3973, 3976, 3977, 3978, 3979, 3982, 3983, 3984 e 3985.

Atualmente a MRS conta com 61 C44-EMi em operação, a unidade 3910, até então com quase 2 anos em operação, foi recém baixada em 2008 após o acidente no P2-04 em Furnas.

Tabela[editar | editar código-fonte]

Modelo Potência (HP) Bitola (m) Fabricante Origem Ano de Fabricação Quantidade Números Ferrovia
C38-EMi 3800 1,600 General Electric EUA 2006 - 2007 40 3901 a 3940 MRS e EFC
C44-EMi 4400 1,600 General Electric EUA 2007 - 2008 45 3941 a 3985 MRS e EFC

Modelos[editar | editar código-fonte]

C38-EMi[editar | editar código-fonte]

Locomotiva projetada e construída especialmente para a MRS devido ao gabarito liliputiano da “Linha do Centro”, da antiga Central do Brasil, seu projeto é basicamente o mesmo das C44-9W muito utilizado pelas ferrovias americanas.

C44-EMi[editar | editar código-fonte]

Externamente idêntica ao modelo C38-EMi, sendo necessária alteração do software de controle do sistema de injeção de combustível para aumento de potência de 3.800 para 4.400 HP.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • São classificadas como Dash 9, entretanto utilizam truques dos modelos Dash 8.
  • Possui a cabine chanfrada devido as restrições de gabarito existentes nas linhas operadas pela MRS.
  • Possui o corpo da Dash 8 (mais curto) porém com a área dos radiadores da Dash 9

Referências[editar | editar código-fonte]