GMC

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
GMC
Divisão
Atividade Automobilística
Fundação 22 de julho de 1911 (110 anos)
Fundador(es) Willian C. Durant
Sede Detroit,Estados Unidos
Área(s) servida(s) América do Norte e Oriente Médio (exceto Irã e Síria)
Proprietário(s) General Motors
Produtos Caminhonete
SUV
Veículos comerciais
Caminhões
Ônibus
Antecessora(s) Rapid Motor Vehicle Company
Reliance Motor Car Company
Website oficial https://www.gmc.com/


A GMC (siglas de General Motors Company ou Corporation) é a divisão de caminhonetes e caminhões da General Motors. Embora muitos veículos GMC e Chevrolet sejam mecanicamente idênticos, a GMC se posiciona como uma oferta premium para a marca Chevrolet, com veículos de luxo como a série Denali e a série elétrica Hummer EV fora de estrada. Na América do Norte, os veículos GMC quase sempre são vendidos junto com os veículos Buick em concessionárias conjuntas, permitindo que a mesma concessionária comercialize carros e caminhonetes de luxo.

História[editar | editar código-fonte]

caminhão GMC em um anuncio de 1919
RTS Bus

Rapid Motor Vehicle Company[editar | editar código-fonte]

Em 1901, Max Grabowski estabeleceu uma companhia chamada de "Rapid Motor Vehicle Company", que desenvolveu alguns dos primeiros caminhões comerciais. Os caminhões utilizavam motores de um cilindro. Em 1909, a empresa foi comprada pelo General Motors para formar a base para a General Motors Truck Company, a partir do qual deu origem aos camiões GMC.

GMC Truck[editar | editar código-fonte]

Outra fabricante independente comprado pela GM nesse mesmo ano foi Reliance Motor Car Company. Rapid e Reliance foram fundidas em 1911, e em 1912 a marca é renomeada para "GMC Truck" apresentado na New York International Auto Show. Em torno de 22000 caminhões foram produzidos naquele ano, embora a contribuição da GMC para isso foi um mero total de 372 unidades.

Em 1916, um caminhão GMC atravessou o país a partir de Seattle para Nova York, em trinta dias, e em 1926, um caminhão de 2 toneladas GMC foi conduzido a partir de Nova York San Francisco em 5 dias e 30 minutos. Durante o Segunda Guerra Mundial, a GMC truck produziu 600000 veículos pesados para utilização pelo Exército dos Estados Unidos.

Em 1925, a GM comprou o controle da Yellow Coach Autocar, um fabricante de Chicago, Illinois, que foi fundada por John D. Hertz.

GMC Truck and Coach Division[editar | editar código-fonte]

Depois da aquisição da porção restante em 1943, a GMC truck é renomeado para GMC Truck and Coach Division, fabricando ônibus urbanos e interurbanos no Canadá e nos Estados Unidos até a década de 1980. GM enfrentando o aumento da concorrência nos finais dos anos 1970 e 1980 deixou de produzir ônibus. Em 1987, a GMC posteriormente vendeu os seus modelos de ônibus Transporte Manufacturing Corporation (também sob Motor Coach Industries no Canadá) e, mais tarde a NovaBus.

Em 2002, foi publicado o livro GMC: The First 100 Years, contando a historia completa da empresa.

Em 2009, a GMC encerrou a produção de caminhões comerciais de médio porte após mais de 100 anos, deixando esse segmento para a Chevrolet[1]

GMC vs Chevrolet[editar | editar código-fonte]

Embora os caminhões GMC e Chevrolet sejam praticamente idênticos, as suas diferenças têm variado ao longo dos anos. Tradicionalmente, a GM tem tido vários arremates a partir da Chevrolet (ou seja, grade, emblemas, etc), maior opções de motor, e geralmente um preço mais elevado.

Entre 1962 e 1972, a maior parte dos veículos GMC foram equipados com faróis quádruplos, enquanto os seus equivalentes Chevrolet foram equipados com faróis duplos.

Começando em 1973, a GM inicia a introdução da nova serie de caminhões "linha arredondada", e por isso os caminhões Chevrolet e GMC se tornam ainda mais semelhantes, pois termina com a produção dos GMC com faróis quádruplos e define o padrão Chevrolet para os GMC por mais de trinta anos. Durante este período, os modelos irmãos das duas empresas (Silverado/Sierra, Blazer/Jimmy, Tahoe/Yukon, etc) partilham tudo excepto guarnições e preço.

A GMC começou recentemente uma divergência entre o projeto em duas linhas com o modelo 2007 Silverados e Sierra, que têm ligeiras diferenças nas formas do seu corpo painéis e visão global.

Hoje na sua maior parte, GMC oferece os mesmos modelos disponíveis da marca Chevrolet. A Sprint, por exemplo, foi um Chevrolet El Camino que recebeu o emblema da GMC e a Sierra que é um Chevrolet Silverado com emblema da GMC nos Estados Unidos. GMC normalmente é vendido por concessionários ou em parceria com a Pontiac e Buick, tipicamente em volumes menores do que os equivalentes Chevrolet. os veículos GMC são posicionados como a gama professional dos veículos equivalentes das versões Chevrolet. caminhões, carrinhas e SUV oferecem mais opções e recursos padrão do que os Chevrolet, ao mesmo tempo que muitas vezes os Chevrolet é oferecido como um carro de nível de entrada.

No Canadá, é vendido pelas concessionárias GMC-Pontiac Buick, geralmente em volumes equivalentes ou superiores aos equivalentes da Chevrolet, em 2007 é lançado o GMC Acádia, um crossover SUV, que é o primeiro da empresa com chassis monobloco. O modelo equivalente da Saturno é o Outlook.

GMC Brasil[editar | editar código-fonte]

A GMC comercializou seus produtos no Brasil entre 1997 e 2001, chegando a possuir 6% do mercado de veículos brutos, mas descontinuou suas linhas devido as mudanças econômicas.[2]

Linha de veículos GMC atualmente[editar | editar código-fonte]

GMC atualmente fabrica SUVs, camionetes, vans, veículos comerciais leves, caminhões pequenos. abandonando a fabricação de caminhões de bombeiros, ambulâncias, caminhões grandes e médios, veículos militares, motorhomes e ônibus.[3]

Galeria de modelos[editar | editar código-fonte]

Modelos de passeio[editar | editar código-fonte]

Modelos comerciais[editar | editar código-fonte]

Ônibus[editar | editar código-fonte]

  • GMC PDA-3703 - Super Cruiser
  • GMC PD-3751
  • GMC PD-4101 (Chegou ao Brasil importados pela Viação Cometa em 1961)
  • GMC PD-4103 (Chegou ao Brasil importados pela Viação Cometa em 1961)
  • GMC PD-4104 (Chegou ao Brasil importados pela Viação Cometa em 1953)
  • GMC PD-4105 - Scenic Cruiser
  • GMC PD-4106 - Silver JET
  • GMC PD-4107 - Scenic JET 71"
  • GMC PD-4108 - Scenic JET 72"
  • GMC PD-4905 (P8M4905A) - Scenic JET 71" Largo

Referências

  1. «No Plans For GMC Version Of 2019 Silverado 4500HD, 5500HD Medium-Duty Trucks». GM Authority. Consultado em 23 de julho de 2021 
  2. Conheça dez montadoras que tiveram de pegar o caminho de volta para casa - GMC Caderno automóveis da Gazeta do Povo
  3. «GMC Lineup: Trucks, SUVs, Crossovers and Vans». GMC (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.