GNOME Disks

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
GNOME Disks
Captura de tela
Autor Red Hat
Desenvolvedor David Zeuthen
Plataforma GNOME
Idioma(s) Multilíngua
Linguagem C
Sistema operacional Linux
Gênero(s) Utilitário de disco
Licença LGPL v2+
Estado do desenvolvimento Ativo
Tamanho 1.4 MB
Página oficial git.gnome.org/browse/gnome-disk-utility/

Disks (também conhecido como gnome-disk-utility, GNOME Disks ou palimpsest) é um front-end gráfico do udisks incluido no pacote gnome-disk-utility.[1] Ele pode ser usado para gerenciamento de partições, monitoramento S.M.A.R.T., benchmarking e software RAID (até a v. 3.12).[2] Uma introdução está inclusa no GNOME Documentation Project.

O Disks era previamente conhecido como GNOME Disks Utility ou palimpsest. Udisks foi nomeado para DeviceKit-disks em versões mais antigas. DeviceKit-disks é parte do DeviceKit que foi planejado para substituir certos aspectos do HAL. HAL e DeviceKit foram ambos depreciados.

Um recurso único do gerenciador de partição é que as tarefas são executadas em plano de fundo, mesmo após a aplicação ter sido fechada pelo usuário.

O Disks foi incluído em várias distribuições Linux incluindo Debian, Ubuntu, Linux Mint, Trisquel, Fedora, Red Hat Enterprise Linux 6[3] e CentOS.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Richard Petersen (1º de dezembro de 2010), Fedora 14: Administration and Security, ISBN 978-1-936280-23-0, Surfing Turtle Press, pp. 147– 
  2. «Disk Utility management for GNOME» 
  3. «Storage». Red Hat Enterprise Linux 6 Documentation. Redhat. Consultado em 21 de dezembro de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre software livre é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.