Mocidade Independente de Aparecida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mocidade Independente de Aparecida
Fundação 15 de março de 1980 (36 anos)
Cores

Verde

Branco
Símbolo Papagaio
Bairro Aparecida
Presidente Saulo Borges
Presidente de honra Omar Aziz
Comissão de carnaval Keite Ventura, André Felix, Sheila Ventura, Roberto Araujo, Luciene Pinto e Rosângela
Intérprete oficial Wilsinho de Cima
Desfile de 2017
Enredo Gratia Plena, Aparecida. 300 anos no coração do Brasil!

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Mocidade Independente de Aparecida é uma escola de samba de Manaus, no Amazonas.

É a escola que detém o maior número de títulos no Carnaval de Manaus, com 22 conquistas (1981-85, 1987-88, 1992-94, 1998-2001, 2003-05, 2006, 2008, 2013-16). Sua quadra localiza-se à rua Ramos Ferreira, bem próximo à ponte que liga o bairro à Zona Oeste de Manaus.

História[editar | editar código-fonte]

A Mocidade Independente de Aparecida, carinhosamente apelidada de "Pareca", foi fundada no dia 15 de março de 1980, no bairro de Aparecida (antigo bairro das Cornetas e bairro dos Tócos e "Das Cajazeiras"), na Zona Sul de Manaus, a partir de uma dissidência da Em Cima da Hora, pois começou a partir de uma ala desta chamada "Alô, Alô Aparecida"[1]

Teve como seu primeiro presidente o Sr. César Bandeira e já no seu desfile de estréia em 1981 ganhou o título de campeã do carnaval de Manaus em conjunto com sua madrinha azul e branco – a Em Cima da Hora (em 1981 houve duas campeãs). A Mocidade Independente de Aparecida foi a escola de samba que, em 1983, de certa forma, engendrou no Carnaval de Manaus uma nova forma de se fazer carnaval com carros alegóricos bem acabados e de muito brilho, quando do enredo que versava "sobre os planetas - O Carnaval das galáxias". A escola possui as cores verde e branco, inspiradas nas cores da Mocidade Independente de Padre Miguel do Rio de Janeiro.

Com a tradição de fazer "Carnaval para ser campeã", a Pareca é maior detentora de títulos da Capital Amazonense, com 22 conquistas, sendo um penta campeonato e dois tetras.

Em 2016 fez uma homenagem á escola de samba Portela, do Rio de Janeiro. O motivo foi que em 2015 a Aparecida conquistou seu 21º título, mesma quantidade da escola carioca. O desfile bem colorido e elegante, como a escola sempre fez. Na apuração, manteve-se na ponta, colada com a Reino Unido da Liberdade, no final as duas foram declaradas campeãs do Carnaval.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidente[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Luiz Pacheco 2011/2016 [2]

Presidentes de honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Omar Aziz ? - atualidade [3]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2015 Hamilton Bandeira Duda Pacheco Mestre Lucas, Mestre Zé Carlos e Mestre Paulinho
2016 Hamilton Bandeira Duda Pacheco Mestre Lucas e Mestre Paulinho [2]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014-2015 Felipe Monteiro (comissão de frente)

Karla Kelcy(alas coreografadas)

[4]
2016 Felipe Monteiro (comissão de frente)

Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014-2015 Carol Sá e Marcelo Adriel [5]
2016 Carol Sá e Marcelo Adriel

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Ano Rainha Madrinha Musa Princesa Ref.
2015 Mayla Jéssica Priscila Carla Julianna Barreto Adrielle Furtado e Luanna Vasconcelos [6]
2016 Mayla Jéssica

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Mocidade de Aparecida
Ano Colocação Grupo Enredo Carnavalesco Intérprete Ref.
1981 Campeã Especial Santos Dumont, O pai da aviação
1982 Campeã Especial Crenças e festas Brasileiras
1983 Campeã Especial Um carnaval nas galáxias. Nas asas da imaginação, Segundo Monteiro Lobato
1984 Campeã Especial De Cornetas à Aparecida, Porque não dos tocos?
1985 Campeã Especial Aparecida tem Caprichosamente Tem Seu Carnaval Garantido
1986 3º lugar Especial Das raízes aos matizes, é hora de brilhar
1987 Campeã Especial Verso a verso, Canto meu universo
1988 Campeã Especial Os Maués: Origem divina, Destino humano
1989 Hors concours (Não concorreu) A História antes da história
1990 Vice-campeã Especial Ô Abram Alas e Afastem o Véu, Prá Ribeiro Júnior Tiramos o Chapéu.
Não ocorreu desfile em 1991.
1992 Campeã Especial Recriando a criação
1993 Campeã Especial Nakokendê, Namabelê, Nazulipamda, Nzambê
1994 Campeã Especial Parque de Anjos: Faz de conta que assim será
1995 6º lugar Especial Com a cara e a coragem, Viajando numa gaiola
1996 Vice-campeã Especial E Aí, a Nave da Arte e da Cultura Pousa no Fluxo do Espírito Santo
1997 3º lugar Especial Skindá, Skindô. É Gol!
1998 Campeã Especial Missão Leopoldina
1999 Campeã Especial Sob o Signo do Cometa "Mário Ypiranga Monteiro"
2000 Campeã Especial Lua, Luar... Olha o Boto Sinhá!
2001 Campeã Especial Da Banana ao Negro Ouro, Coari é Meu Tesouro
2002 4º lugar Especial Cabral, O Filho das Águas
2003 Campeã Especial Porto: Roadway de Manaus, 100 Anos de História, 333 Anos de Vida
2004 Campeã Especial Manáos – Manaus, Meu Amor, Meu Carnaval
2005 Vice-campeã Especial Aparecida – O Coração do Carnaval Bate Assim. 25 Anos de Glória... E Esta História Não Tem Fim
2006 Campeã Especial Zona Franca, Nossa Esperança: o Show Tem que Continuar
2007 4º lugar Especial Um Prato Cheio de Amor, que Alimenta a Alma, o Coração e a Mente
2008 Campeã Especial Luz, Câmera, Ação! O Cine Aparecida Apresenta: uma História de Paixão [7]
2009 3º lugar Especial Por Mares Dantes Navegados [8]
2010 5º lugar Especial Verde [9]
2011 Vice-campeã Especial Um Facho de Luz...Um Renascer na Floresta Saulo Borges [10]
2012 Vice-campeã Especial MMXII Saulo Borges [11]
2013 Campeã Especial Nhamundá, Uma Viagem pelo Rio das Ykamiabas Saulo Borges [12]
2014 Campeã Especial Centro de Amor, Centro de Vida: História e Alma de Um Povo.
2015 Campeã Especial Aquiri - Orgulho do Brasil Saulo Borges e Fabiano Fayal
2016 Campeã Especial A Soberana encontra a Majestade, e nesta passarela "Eu nunca vi coisa mais bela" Saulo Borges e Fabiano Fayal [4]
2017 Especial Gratia Plena, Aparecida. 300 anos no coração do Brasil!

Referências

  1. «Escolas de Samba de Manaus». Portal Amazônia. Arquivado desde o original em 15 de novembro de 2012. Consultado em 18 de julho de 2012. 
  2. a b [1]
  3. [2]
  4. a b [3]
  5. [4]
  6. Marcos Santos. «Conheça os enredos das escolas de samba de Manaus - desfiles de quinta, sexta e sábado e rainhas de bateria do Grupo Especial - fotos». 
  7. «Aparecida é a campeã do carnaval em Manaus». G1. 6 de fevereiro de 2008. Consultado em 8 de janeiro de 2014. 
  8. «Carnaval de Manaus leva 120 mil pessoas ao sambódromo». Jornal do Brasil. 22 de fevereiro de 2009. Consultado em 8 de janeiro de 2014. 
  9. «Presidente do UniNorte é homenageado em desfile da Aparecida». Uninorte. 12 de fevereiro de 2010. Consultado em 8 de janeiro de 2014. 
  10. «Carro alegórico pega fogo no Carnaval de Manaus». A Crítica. 6 de março de 2011. Consultado em 8 de janeiro de 2014. 
  11. Tiago Melo (19 de janeiro de 2012). «Mocidade Independente de Aparecida aborda a profecia Maia, no AM». G1. Consultado em 8 de janeiro de 2014. 
  12. «Mocidade Independente de Aparecida vence o Carnaval de Manaus 2013». G1. 11 de fevereiro de 2013. Consultado em 8 de janeiro de 2014.