Sereno de Campo Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de GRES Sereno de Campo Grande)
Ir para: navegação, pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste(a) artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Justifique o uso dessa marca na página de discussão e tente torná-lo mais imparcial.
Sereno de Campo Grande
Bandeira do GRES Sereno de Campo Grande.png
Fundação 12 de fevereiro de 1996 (21 anos)
Escola-madrinha Portela
Cores

Azul

Branco
Símbolo Coruja
Bairro Campo Grande
Presidente Gilberto Leal
Carnavalesco Wagner Araújo e André Miranda
Intérprete oficial Pitty Di Menezes
Diretor de carnaval José Germano
Diretor de harmonia José Germano
Diretor de bateria Celsinho do Repique
Rainha da bateria Arielly Araújo[1]
Mestre-sala e porta-bandeira Thuan e Mayara
Coreógrafo David Lima
Desfile de 2018
Enredo " Vale a pena verde novo - Salvem a natureza "
Posição de desfile Quinta escola a desfilar no dia 12/02/2018
[8]

Grêmio Recreativo Escola de Samba Sereno de Campo Grande é uma escola de samba do Rio de Janeiro, sendo sediada no sub-bairro de Vila São João em Campo Grande, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

História[editar | editar código-fonte]

A Sereno de Campo Grande foi fundada em 1996, por um grupo de boêmios estavam reunidos no Bar e Restaurante do Pepe, situado na Avenida Cesário de Melo em Campo Grande. Era madrugada de quarta-feira de cinzas. Eram eles Paulo Geleia, Tuti, Patinete e o poeta Dalberto Gomes. A discussão era sobre o carnaval e a pergunta que se fazia era: por que Campo Grande com uma população de 300 mil habitantes não tinha um carnaval condizente aos outros bairros da Zona Oeste como Bangu, Santa Cruz e Padre Miguel, já que ambos possuíam suas Escolas de Samba?

Falou-se em carnaval de outrora e dos diversos blocos carnavalescos que animavam a foliões de Campo Grande, entre eles: Sinfonia dos Tamancos, Filhos da Pauta, Xavante do Tinguí, Copinho entre outros. Foi dito que o único remanescente era o Grêmio Recreativo Bloco Carnavalesco União da Ponte.

Foi lembrado por Paulo Geleia, Tuti e Patinete de um bloco carnavalesco, o qual eles foram componentes, que animava o carnaval com uma maneira muito peculiar e pitoresca. Foi marcada uma reunião com Carlinho da Burrinha, Osmar Capilé, Hugo Reis, Nélson Chaves, Nelsinho e outros antigos componentes. O local foi a Sociedade Musical 10 de Maio. Durante a reunião foi servido um almoço (tripa lombeira) com muito samba. Foi fundada então o Grêmio Recreativo Escola de Samba Sereno de Campo Grande.

O carnaval de 2007 foi especial para a escola. Pela primeira vez a Sereno de Campo Grande desfilou na Passarela do Samba, Marquês de Sapucaí, com o enredo: "É Carnaval! A Coruja Manda Avisar. Deu Águia… Viva a Portela!" dos Carnavalescos Amarildo de Mello, o mesmo que assinava o carnaval da Portela e Oziene Furttado. E conseguiu se manter no grupo com um belo desfile se colocando na décima posição entre catorze escolas. A comissão de frente representou o nascimento da coruja, símbolo maior da sabedoria. Os enredos e baluartes da Portela foram destaque em alas e alegorias.

No carnaval 2008, com o enredo O Gigante chamado Brasil, terminou na 8º colocação. O enredo abordou a miscigenação dos povos, o sincretismo religioso inerentes ao nosso país e as diferenças de hábitos e costumes no território nacional.

Para 2009, houve a volta de Amarildo de Mello, que desenvolveu o enredo junto com a comissão. A escola de Campo Grande trouxe o enredo Eu fiz tudo pra você não esquecer de mim. "Ta-hí" - Cem anos de Carmem Miranda. A agremiação ficou na 5º colocação geral com 239 pontos.

Em 2010, o Sereno contou a história do espetáculo circense, com a presença maciça de sua comunidade. Na comissão de frente, mágicos em torno de uma grande cartola faziam truques de ilusão e tiravam de dentro, um palhaço e um coelho[2]. Sua exaltação ao Circo lhe valeu o 4ºlugar.

Em 2011, a escola contou a história do perfume, passando pelo Egito, pelas antigas civilizações e terminando o desfile na Amazônia, fonte de extração de fragrâncias a aromas para a produção de perfumes nacionais e internacionais. A comissão de frente apresentou soldados egípcios que se apresentaram junto com Cleópatra, Marco Antonio e Julio César. O abre-alas trouxe a coruja, símbolo da escola, cercado de muito brilho e uma representação do Deus Ball e múmias. A segunda alegoria representou a cultura hindu, com grandes elefantes, marajás e uma referência às velas aromáticas. Os alquimistas da bateria fizeram paradinhas. O terceiro carro representou Paris, com dançarinas de cancan, vidros de perfume francês e cabarés. A Amazônia veio no último carro, com a fauna e flora brasileiras. As baianas representaram a lavagem do Bonfim[3]. Ficou em 5º Lugar.

Em 2013, a escola retorna Amarildo de Mello como carnavalesco[4]. Com um desfile mediano, sendo que com alegorias sem iluminação[5], a escola terminou a disputa em 17º lugar foi uma das rebaixadas que retornaram para o Grupo B[6], atualmente sob comando da AESCRJ.

Para 2014, a escola que tinha o experiente Jorge Caribé, como seu carnavalesco. decidiu apostar no desconhecido Wagner Araújo[7][8][9] , não confundindo com o diretor de carnaval da Imperatriz. mas sim o que foi anteriormente assistente de Mauro Quintaes[10]. sendo na sua final de samba-enredo com cinco parcerias[11]. O Desfile realizado pela escola garantiu destaques pela Ala das Baianas, que representaram a lavagem do Bonfim e a escola ganhou o Prêmio S@mba-Net 2014 como a Melhor Escola do Acesso B. Na tentativa de superar o rebaixamento ocorrido no ano de 2015 - quando a escola teve como carnavalescos a dupla Amauri Santos e Eduardo Pinho - a escola reconvocou Wagner Araújo, que, com simplicidade, havia conquistado o S@amba-Net 2014.

Para o ano de 2016, com o enredo "É fofoca, é fuxico: a coruja abre o bico!", Wagner revive a produtiva parceria com André Miranda na elaboração e desenvolvimento do enredo - ao lado dos demais integrantes da comissão de carnaval - na tentativa de reconduzir a escola ao grupo B. e com novo madatário Gilberto Leal que ocupa o lugar de Marcos Mello.

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Nelson Rodrigues Chaves 2003-2014 [12]
Marcos Mello 2014-2015 [13]
Gilberto Leal 01/11/2015-atual [14]

Diretores[editar | editar código-fonte]

Ano Diretor de Carnaval Diretor de harmonia Mestre de bateria Ref.
2014 Alemão Betinho N'Gandala Marquinhos
2015 Rui Só Nelsinho e Cobrinha Rodrigo Gom [13]
2016

Intérpretes[editar | editar código-fonte]

Período Intérprete oficial Referência
2003–2004 J.Bahia [15]
2005 Crispim [15]
2006–2013 Antônio Carlos [16]
2014 Célio Silva [15]
2015 Marcio Preza [15]
2016–presente Pitty Di Menezes [15]

Coreógrafo[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref
2011-2013 David Lima [17]
2014 Tom Barros [18]
2015 Thiago Fagundes [19]
2016- David Lima e Viviane Martins [14]

Mestre-sala e Porta-bandeira[editar | editar código-fonte]

Ano Nome Ref.
2014 Paulo Erick e Andressa Dornelles [20]
2015 Paulo Erick e Lohane Lemos [13]
2016- Ewerton e Cassia Maria [14]
2017 Thuan e Mayara

Corte de bateria[editar | editar código-fonte]

Período Rainha Ref.
2012-2014 Renata Capriglione [21]
2015-atual Paloma Tarueus [13]
2016-atual Arielly Araújo [1]

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Sereno de Campo Grande
Ano Colocação Divisão Enredo Carnavalesco Ref.
1998 Aprovada Desfile de Avaliação "Vi o samba passar no jardim de Burle Marx" Renato Carvalho [15]
1999 Vice-campeã Grupo E "Elza Soares, nega 1000 para o ano 2000" Renato Carvalho [15]
2000 5.º Lugar Grupo D "Adelino Moreira, um boêmio nos 500 anos do Brasil" Lucas Pinto [15]
2001 12.º Lugar
(Rebaixada)
Grupo D "O mundo mágico do circo" Nélson Pereira [15]
2002 Campeã Grupo E "Mitos, ritos e danças... Bahia, terra da esperança" Giovani Pinto [15][22]
2003 6.º Lugar Grupo D "Carrum Novalis, Carnevale, Carnaval - Das ruas aos salões, recordar é viver"
(Samba-enredo composto por Djalminha e Flávio Santos)
Comissão de Carnaval
(Giovani Pinto, Wagner Paulo, Maurício de Assis, Antônio e Carlos da Costa Rodrigues)
[15]
2004 7.º Lugar Grupo D "Da cana-caiana à purinha..."
(Samba-enredo composto por J.Giovame, Gilberto Fama, Marcio Preza, Edinho Mocidade, Galgo, Tião do Cavaco, Jorginho do Pandeiro, Ditão e Titi Metralha)
Wagner Silva [15]
2005 Vice-campeã Grupo D "Uma estrela imortal - Clara Nunes"
(Samba-enredo composto por Bola e André William)
Wagner Silva [23]
2006 Vice-campeã Grupo C "Do Oiapoque ao Chuí, o Sereno é o Brasil"
(Samba-enredo composto por Bola, Galego, Claudio Carioca, Rodney e Crispim)
Wagner Silva [15][24]
2007 10.º Lugar Grupo B "É carnaval! A coruja manda avisar... Deu águia. Viva a Portela!" Amarildo de Mello e Oziene Furttado [25][26]
2008 8.º Lugar Grupo B "O gigante chamado Brasil" Rodrigo Mello e Adilson Pinto [27][28]
2009 5.º Lugar Grupo RJ-1 "Eu fiz tudo pra você não esquecer de mim. "Ta-hí" - Cem anos de Carmem Miranda" Amarildo de Mello [29]
2010 4.º Lugar Grupo RJ-1 "Abracadabra - O circo Sereno chegou" Pedro Velloso e Luiz Fernando de Oliveira [30]
2011 5.º Lugar Grupo B "Sereno... a essência do carnaval"
(Samba-enredo composto por Sérgio Alan, Victor Alves, Júlia Alan, Leozinho Nunes e Antônio Lopes)
Rodrigo Mello, Adilson Pinto e Marco Antônio [31][32]
2012 4.º Lugar Grupo B "Mistérios e magia no Sereno da noite" Thiago Avhis [33][34]
2013 17.º Lugar
(Rebaixada)
Série A "Na busca da paz, equilíbrio e harmonia. Bem aventurados sejam os que ouvem a voz de Deus!"
(Samba-enredo composto por Dudu Sereno, Gláucio Oliveira, Fabinho Rodrigues, Laerte Neves e Igor Bazílio)
Amarildo de Mello [5][35][36][37][38]
2014 6.º Lugar Grupo B "Bahia - Negra alquimia do Brasil" Wagner Araújo [7][8][9][10]
2015 14.º Lugar
(Rebaixada)
Série B "De azul e branco a coruja pinta o 7 na avenida"
(Samba-enredo composto por Riva Cabeça Branca, Dudu Sereno, Gláucio Oliveira, Fabinho Rodrigues e Gomes)
Amauri Santos e Eduardo Pinho [39][13]
2016 6.º Lugar Série C "É fofoca, é fuxico: a Coruja abre o bico!"
(Samba-enredo composto por Thiago Brito, Dudu Sereno, Glaucio Oliveira, Galego e Fernando Moreira)
Wagner Araújo, André Miranda e Flávio [40][41]
2017 7.º Lugar Série C "Com muito calor humano, o Sereno é suburbano!"
(Samba-enredo composto por Zé Glória, Jaci Campo Grande, Galego, Sérgio Alan, Gláucio Oliveira, Fernando Moreira, Marcelinho do Cavaco, Rodney, Maurinho da Júlio, Reinaldo Chevette, Filhinho Jr, Dudu Sereno, Solano Santos, Denílson Rosário e Carlinhos Piloto)
Wagner Araújo e André Miranda
2018 Série C


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Premiações[editar | editar código-fonte]

Prêmios recebidos pelo GRES Sereno de Campo Grande.

Ano Prêmio Categoria / premiados Divisão Ref.
2005 Troféu Jorge Lafond Porta-bandeira (Roberta) Grupo D [42]
Ala mirim
Alegoria
2006 Troféu Jorge Lafond Enredo ("Do Oiapoque ao Chuí, o Sereno é o Brasil") Grupo C [43]
2008 S@mba-Net Comissão de frente (Coreógrafo responsável: David Lima) Grupo B [44]
2009 S@mba-Net Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Hugo Cesário e Andressa Dornelles) Grupo B [45]
2010 Troféu Jorge Lafond Samba-enredo ("Abracadabra... O circo Sereno chegou" - Compositores: Sérgio Alan, Victor Alves, Júlia Alan e Leozinho Nunes) Grupo RJ-1 [46]
S@mba-Net Velha guarda [47]
Ala de passistas
Plumas & Paetês Coreógrafo (David Lima) [48]
2011 Troféu Jorge Lafond Casal de Mestre-sala e Porta-bandeira (Marcílio e Cíntia) Grupo B [49]
S@mba-Net Ala mirim [50]
Alegoria (2.ª alegoria - "Oriente")
2012 Troféu Jorge Lafond Comissão de frente (Coreógrafo: David Lima) Grupo B [51]
2014 S@mba-Net Melhor escola Grupo B [52][53]

Referências

  1. a b Sambazayres (28 de novembro de 2015). «SERENO REALIZA FINAL DE SAMBA AMANHÃ DOMINGO COM SHOW DA MOCIDADE». Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  2. SRZD-Carnaval (17 de fevereiro de 2010). «Sereno de Campo Grande mostra o circo na avenida». 4:57  Parâmetro desconhecido |= ignorado (ajuda)
  3. «Grupo B: Sereno de Campo Grande quer sentir o cheiro da vitória». 4h47. 28 de fevereiro de 2011. Consultado em 25 de junho de 2012 
  4. Carnavalesco (12 de junho de 2012). «Amarildo de Mello volta ao Sereno de Campo Grande». 14:58. Consultado em 25 de junho de 2012 
  5. a b G1 (10 de fevereiro de 2013). «Sereno de Campo Grande fala de paz e religião, mas desfile tem problemas». 5h31. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  6. http://odia.ig.com.br/portal/o-dia-na-folia/s%C3%A9rie-a-imp%C3%A9rio-da-tijuca-deixa-gigantes-para-tr%C3%A1s-e-fatura-t%C3%ADtulo-1.548781
  7. a b SRZD-Carnaval (16 de setembro de 2013). «Sereno: leia aqui a carta de agradecimento do novo carnavalesco Wagner Araújo, na íntegra». 16h12. Consultado em 17 de setembro de 2013 
  8. a b Patrícia Raposo, para o SRZD-Carnaval (19 de setembro de 2013). «'O lugar da Coruja é na Sapucaí', diz novo carnavalesco do Sereno». 17:50. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  9. a b Carnavalesco (5 de fevereiro de 2014). «Grupo B: confira como será o desfile do Sereno de Campo Grande». 18:41. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  10. a b SRZD-Carnaval (16 de setembro de 2013). «Sereno de Campo Grande apresenta novo carnavalesco». 16h11. Consultado em 17 de setembro de 2013 
  11. SRZD-Carnaval (25 de outubro de 2013). «Sereno de Campo Grande escolhe samba neste domingo». 18h42. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  12. Academia do Samba. «Diretoria». Consultado em 24 de maio de 2014 
  13. a b c d e [1]
  14. a b c [2]
  15. a b c d e f g h i j k l m Acadêmia do Samba. «Sereno de Campo Grande». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  16. «Antonio Carlos». Sambario Carnaval. Consultado em 18 de março de 2017 
  17. [3]
  18. [4]
  19. [5]
  20. [6]
  21. [7]
  22. Empatou com a Independente da Praça da Bandeira
  23. Acadêmia do Samba. «Sereno 2005». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  24. Galeria do samba (2 de março de 2006). «Unidos de Padre Miguel e Sereno de Campo Grande vencem no Grupo C». 18:15. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  25. Apoteose.com. «Sereno 2007». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  26. Acadêmia do Samba. «Sereno 2007». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  27. Apoteose.com. «Sereno 2008». Consultado em 19 de setembro de 2013 
  28. Acadêmia do Samba. «Sereno 2008». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  29. Apoteose.com. «Sereno 2009». Consultado em 19 de setembro de 2013 
  30. Apoteose.com. «Sereno 2010». Consultado em 19 de setembro de 2013 
  31. Apoteose.com. «Sereno 2011». Consultado em 19 de setembro de 2013 
  32. SRZD-Carnaval (9 de outubro de 2010). «Sereno de Campo Grande define samba para 2011». 19h01. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  33. Apoteose.com. «Sereno 2012». Consultado em 19 de setembro de 2013 
  34. SRZD-Carnaval (21 de fevereiro de 2012). «Sereno de Campo Grande anima torcida no desfile oficial». 23h46. Consultado em 19 de setembro de 2013 
  35. SRZD-Carnaval (12 de junho de 2012). «Sereno de Campo Grande apresenta sinopse e novo carnavalesco». 12h14. Consultado em 26 de outubro de 2013 
  36. Santa Cruz Tudo de Bom (16 de fevereiro de 2013). «Sereno de Campo Grande não tem bom resultado e volta ao Grupo B». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  37. Samba News (12 de junho de 2012). «Sereno de Campo Grande divulga enredo e sinopse para 2013». Consultado em 26 de outubro de 2013 
  38. Terra (10 de fevereiro de 2013). «"Caçula" do Carnaval, Sereno usa iluminação de LED e anima público». Consultado em 4 de novembro de 2013 
  39. SRZD-Carnaval (11 de julho de 2014). «Veja o enredo do Sereno de Campo Grande para o Carnaval 2015». 18h26 
  40. SRZD-Carnaval (26 de novembro de 2015). «Pitty Di Menezes é o novo intérprete do Sereno de Campo Grande». Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  41. http://www.radioarquibancada.com.br/?platform=hootsuite
  42. «Troféu Jorge Lafond 2005». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de junho de 2016 
  43. «Troféu Jorge Lafond 2006». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 20 de junho de 2016 
  44. «Premiação S@mba-Net 2008». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de maio de 2016 
  45. «Premiação S@mba-Net 2009». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de maio de 2016 
  46. «Troféu Jorge Lafond 2010». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 27 de junho de 2016 
  47. «Premiação S@mba-Net 2010». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 17 de maio de 2016 
  48. «Plumas e Paetês 2010». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 10 de junho de 2016 
  49. «Troféu Jorge Lafond 2011». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 27 de junho de 2016 
  50. «Premiação S@mba-Net 2011». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 19 de maio de 2016 
  51. «Troféu Jorge Lafond 2012». www.academiadosamba.com.br. Consultado em 27 de junho de 2016 
  52. «Prêmio S@mba-Net será neste sábado». Extra Online. Consultado em 19 de maio de 2016 
  53. «16º Prêmio S@mba-Net será entregue no dia 17 de Maio». www.sambasul.com. Consultado em 19 de maio de 2016