Gabriel Busanello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gabriel Busanello
Informações pessoais
Nome completo Gabriel Dal Toé Busanello
Data de nasc. 29 de outubro de 1998 (22 anos)
Local de nasc. Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul, Brasil
Altura 1,79 m
Canhoto
Informações profissionais
Período em atividade 2015–presente (6 anos)
Clube atual Chapecoense
Número 6
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2013–2015
2016
2017–2018
União Frederiquense
Chapecoense (emp.)
Chapecoense
Clubes profissionais
Anos Clubes
2015–2016
2017–
2019
2019
2019–2020
União Frederiquense
Chapecoense
União Frederiquense (emp.)
Hercílio Luz (emp.)
Pelotas (emp.)

Gabriel Dal Toé Busanello, mais conhecido como Gabriel Busanello ou simplesmente Busanello (Frederico Westphalen, 29 de outubro de 1998), é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente joga pela Chapecoense.

Carreira[editar | editar código-fonte]

União Frederiquense[editar | editar código-fonte]

Nascido em Frederico Westphalen, Rio Grande do Sul, Gabriel Busanello foi revelado pela União Frederiquense em 2015, onde foi um dos grandes destaques do time campeão da Copa Valmir Louruz de 2015, comandado por Marcelo Caranhato.[1][2][3]

Busanello começou a ser monitorado por diversos olheiros de vários times durante os jogos da Divisão de Acesso de 2016, onde participou de 6 jogos como titular absoluto e marcou nenhum gol.[3][4]

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

O talento de Busanello demonstrado no União Frederiquense despertou o interesse de alguns clubes brasileiros, entre eles o Fluminense, o Figueirense, o Atlético Paranaense e o Palmeiras. Mas foi com a Chapecoense que o jovem acertou o seu destino em 2016, inicialmente relacionado ao time sub-20.[2][4] Foi promovido no início de 2017, durante a campanha do time no Campeonato Catarinense pelo técnico Vagner Mancini.[3][5]

Fez sua estreia pela Chapecoense em 9 de fevereiro, entrando como titular em uma derrota por 2 a 0 fora de casa para o Cruzeiro, pela Primeira Liga de 2017, sendo essa a sua única partida na sua primeira passagem pelo clube catarinense.[6][7]

Retorno ao União Frederiquense[editar | editar código-fonte]

Em 16 de janeiro de 2019, foi anunciado o retorno de Busanello ao União Frederiquense por empréstimo.[8] Seu retorno oficial aconteceu em 20 de fevereiro, quando sua equipe foi derrotada por 1 a 0 fora de casa para o Passo Fundo, pela Divisão de Acesso de 2019.[9] Em 14 de março, fez seu primeiro gol na sua carreira em uma vitória fora de casa sobre o Tupi-RS por 2 a 1.[10]

Na sua segunda passagem pelo União Frederiquense, Gabriel Busanello fez 12 partidas e marcou apenas um gol, além da sua equipe ser eliminada na primeira fase da Divisão de Acesso de 2019.

Hercílio Luz[editar | editar código-fonte]

Em 2 de maio de 2019, Gabriel Busanello foi emprestado ao Hercílio Luz para a disputa da Série D de 2019.[11]

Pelotas[editar | editar código-fonte]

Em 15 de julho de 2019, foi anunciado o empréstimo de Gabriel Busanello ao Pelotas.[12][13] Sua estreia pelo clube aconteceu em 17 de agosto, quando sua equipe venceu fora de casa o 12 Horas por 3 a 0, pela Copa FGF de 2019.[14] Seu primeiro gol pela equipe gaúcha aconteceu em 23 de outubro, marcando o último gol de uma vitória por 4 a 0 sobre o Cruz Alta.[15][16]

Pelo clube, participou de 16 partidas e marcou um gol. Deixou o Pelotas participando da equipe campeã da Copa FGF de 2019, onde foi titular na maioria do jogos, e da Recopa Gaúcha de 2020.[17]

Retorno à Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Em 8 de maio de 2020, Gabriel Busanello retornou à Chapecoense.[18] Em 6 de setembro, fez seu retorno entrando como substituto em uma vitória em casa por 1 a 0 sobre o Avaí, pela Série B de 2020.[19] Em 18 de setembro, marcou seu primeiro gol pela Chapecoense em um empate fora de casa por 1 a 1 contra o Náutico, marcando o único gol da equipe catarinense.[20]

Após o caso de COVID-19 de Alan Ruschel, ele foi titular em diversas ocasiões e ganhou a confiança da comissão técnica com sua evolução.[21] Além do sucesso dentro de campo, fez a Chapecoense antecipar as conversas para renovação, e um acordo foi selado em 11 de novembro de 2020, com o novo vínculo indo até dezembro de 2022. Além de ampliar o contrato, que antes ia até setembro de 2021, a Chapecoense estipulou uma multa rescisória no valor de R$ 40 milhões. A intenção é evitar perder o jogador sem uma recompensa financeira, sobretudo em um momento decisivo.[22]

Títulos[editar | editar código-fonte]

União Frederiquense
Chapecoense
Pelotas

Referências

  1. «Elenco apresentado». Folha do Noroeste. 1 de julho de 2015 
  2. a b «O garoto de Castelinho». Folha do Noroeste. 2 de setembro de 2016 
  3. a b c «Formado no União Frederiquense, Gabriel Busanello será aproveitado no time principal da Chapecoense». Blog do Macagnan. 16 de dezembro de 2016 
  4. a b «Gabriel Busanello, atleta formado na categoria de base do União Frederiquense, vai para a Chapecoense». União Frederiquense de Futebol. 7 de setembro de 2016 
  5. «Depois de cogitar reservas, Mancini relaciona equipe principal para viagem». Globo Esporte. 24 de fevereiro de 2017 
  6. «Ábila marca mais dois, e Cruzeiro bate a Chapecoense na Primeira Liga». Globo Esporte. 9 de fevereiro de 2017 
  7. «Com dois gols de Ábila, Cruzeiro vence Chapecoense e se classifica na Primeira Liga». Superesportes. 9 de fevereiro de 2017 
  8. «União Frederiquense anuncia dois reforços emprestados pela Chapecoense». Rádio Comunitária FM. 16 de janeiro de 2019 
  9. «Passo Fundo 1-0 União Frederiquense». oGol. 16 de janeiro de 2019 
  10. «Tupi perde para o União pela Divisão de Acesso». Rádio Alto Uruguai. 15 de março de 2019 
  11. «Série D: Hercílio Luz anuncia ex-lateral da Chapecoense e ex-atacante do Joseense». Futebol Interior. 2 de maio de 2019 
  12. «Pelotas anuncia mais cinco atletas para a Copa Seu Verardi». Rede Esportiva. 15 de julho de 2019 
  13. «BUSANELLO : Da Chapecoense para defender o Pelotas». Diário da Manhã. 2 de agosto de 2019 
  14. «12 Horas 0-3 Pelotas». oGol. 17 de agosto de 2019 
  15. «Pelotas 4-0 SER Cruz Alta». oGol. 23 de outubro de 2019 
  16. «Pelotas goleia o Cruz Alta e pega o São Borja nas quartas de final». Rede Esportiva. 23 de outubro de 2019 
  17. «"Agradeço a tudo que o Pelotas me proporcionou"». Rádio Universidade. 20 de abril de 2020 
  18. «Luiz Otávio e Busanello voltam de empréstimo e participam dos treinos individuais da Chape». DiChapecó. 8 de maio de 2020 
  19. «Chapecoense vence o Avaí, segue invicta na Arena Condá e vira vice-líder da Série B». Globo Esporte. 6 de setembro de 2020 
  20. «Com gol no final, Chapecoense arranca empate com Náutico e dorme no G-4». Globo Esporte. 18 de setembro de 2020 
  21. «Após empréstimos, Busanello comemora chances na Chape e pensa em evolução». Globo Esporte. 10 de outubro de 2020 
  22. «Chapecoense acerta renovação com Busanello e estipula multa de R$ 40 milhões». Globo Esporte. 11 de novembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço relacionado ao projeto desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.