Gabriel Haddad

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gabriel Haddad
Carnavalesco Gabriel Hadad no desfile de 2019 da Cubango.jpg
Gabriel no desfile de 2019 da Cubango.
Nome completo Gabriel Haddad Gomes Porto
Nascimento 29 de maio de 1988 (34 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Alma mater Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Ocupação Carnavalesco
Principais trabalhos Acadêmicos do Grande Rio

Gabriel Haddad Gomes Porto (Rio de Janeiro, 29 de maio de 1988) é um pesquisador e carnavalesco brasileiro. Desde 2020, assina, ao lado de Leonardo Bora, os carnavais do Acadêmicos do Grande Rio, escola de Duque de Caxias.[1] Em 2022, sagrou-se campeão do carnaval carioca.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bacharel em Relações Internacionais pelo Centro Universitário La Salle - Niterói (2010), mestre em Artes pelo Programa de Pós-graduação em Artes (PPGArtes) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e doutorando em História da Arte pela UERJ.

Trabalhou como assistente para diversos carnavalescos em escolas do Rio de Janeiro e São Paulo, como Mocidade Independente de Padre Miguel, Portela, Estação Primeira de Mangueira, Gaviões da Fiel, Unidos de Vila Maria, Vai-Vai, entre outras. Como carnavalesco, atuou nas escolas Mocidade Unida do Santa Marta, Acadêmicos do Sossego e Acadêmicos do Cubango, sagrando-se três vezes campeão dos carnavais da Intendente Magalhães (Santa Marta 2013 e 2014; Sossego 2016), duas vezes ganhador do Estandarte de Ouro de Melhor Escola da Série A (Cubango 2018 e 2019) e duas vez ganhador do Estandarte de Ouro de Melhor Escola do Grupo Especial (Grande Rio 2020 e 2022).

Em 2013, compôs a comissão de carnaval da Mocidade Unida do Santa Marta, que desfilava na quinta divisão do carnaval carioca. Foram campeões.[2][3] Em 2014, alcançaram novamente o título.[4] Já em 2015, ao lado de Leonardo Bora, assinou o carnaval da Sossego. Em 2016, conquistaram o título na Intendente, levando a Sossego de volta à Sapucaí.

A estreia de Haddad na Sapucaí se deu em 2018, assinando o carnaval da Acadêmicos do Cubango.[5] Em 2018 e 2019, com a assinatura de Leonardo e Gabriel, a Cubango ganhou o Estandarte de Ouro de Melhor Escola, chegando ao melhor resultado da agremiação em 2019, com o vice-campeonato do grupo de acesso do Carnaval do Rio.[6]

Em 2020, Bora-Haddad, como ficaram conhecidos, estrearam no Grupo Especial do carnaval carioca, assinando o desfile vice-campeão da Grande Rio, homenageando Joãozinho da Gomeia. A Grande Rio faturou seis Estandartes de Ouro: melhor escola, melhor samba-enredo, melhor enredo, melhor puxador, melhor Ala das Baianas, e o recém criado prêmio Fernando Pamplona para o Abre-alas da escola.[1]

No carnaval seguinte, em 2022, ao lado de Leonardo Bora, conquistou o primeiro título da história da Grande Rio, assinando o enredo enredo "Fala Majeté! Sete chaves de Exu", que retratou o orixá Exu.[7] Com a dupla, a escola, além de conquistar título inédito, faturou quatro Estandarte de Ouro: Escola, Bateria, Enredo e Fernando Pamplona, prêmio de melhor inovação pelo último carro da escola.[8]

Carnavais assinados por Gabriel Haddad[editar | editar código-fonte]

Ano Escola de Samba Colocação Divisão Enredo Ref.
2013 Santa Marta Campeã Série D Dona Marta mexe o caldeirão da Mocidade
2014 Santa Marta Campeã Série C Na hora em que o sol se esconde
2015 Sossego 9.º lugar Série B Banananás - O encontro da Rainha Mariola Banana Pacova do Congo e d’Angola com o Rei Amazônico Ananás Ibá-Cachi, da Corte dos Abacaxis de Serpa
2016 Sossego Campeã Série B O Circo do Menino Passarinho
2018 Cubango 5.º lugar Série A O rei que bordou o mundo
2019 Cubango Vice-campeã Série A Igbá Cubango – a alma das coisas e a arte dos milagres
2020 Grande Rio Vice-campeã Especial Tata Londirá: O Canto do Caboclo no Quilombo de Caxias
2022 Grande Rio Campeã Especial Fala, Majeté! Sete chaves de Exu

Referências

  1. a b Leticia H. Pabis - Folha de Irati (6 de março de 2020). «Carnavalesco iratiense estreia no grupo especial do RJ». Consultado em 31 de outubro de 2021 
  2. SRZD-Carnaval (5 de setembro de 2012). «Mocidade Unida do Santa Marta: leia a sinopse na íntegra». 18h22. Consultado em 27 de maio de 2013 
  3. [1]
  4. Rodrigo Burgos - SRZD (6 de março de 2014). «Mocidade Unida do Santa Marta conquista título no Grupo C». 17h42. Consultado em 8 de março de 2014 
  5. «Cubango anuncia carnavalescos Leonardo Bora e Gabriel Haddad - Carnavalesco». Carnavalesco. 30 de março de 2017 
  6. Galeria do Samba (7 de fevereiro de 2019). «Acadêmicos do Cubango 2019» 
  7. «Resultados do Carnaval do Rio de Janeiro em 2022». Wikipédia, a enciclopédia livre. 26 de abril de 2022. Consultado em 26 de abril de 2022 
  8. «Grande Rio leva Estandarte de Ouro de melhor escola». O Globo. Consultado em 24 de abril de 2022