Saltar para o conteúdo

Gabriel Martinelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gabriel Martinelli
Gabriel Martinelli
Gabriel Martinelli em 2020.
Informações pessoais
Nome completo Gabriel Teodoro Martinelli Silva
Data de nascimento 18 de junho de 2001 (23 anos)
Local de nascimento Guarulhos, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
italiano
Altura 1,80 m
Ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Arsenal
Número 11
Posição ponta-esquerda
Clubes de juventude
2010–2014
2015–2019
Corinthians
Ituano
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2018–2019
2019–
Ituano
Arsenal
0034 000(10)
0174 000(41)
Seleção nacional3
2019–
2022–
Brasil Sub-23
Brasil
0008 0000(1)
0010 0000(2)


2 Partidas e gols totais pelos
clubes, atualizadas até 10 de junho de 2024.
3 Partidas e gols pela seleção nacional estão atualizadas
até 10 de junho de 2024.

Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Tóquio 2020 Futebol

Gabriel Teodoro Martinelli Silva (Guarulhos, 18 de junho de 2001) é um futebolista brasileiro que atua como ponta-esquerda. Atualmente joga pelo Arsenal.[1]

Martinelli começou sua carreira profissional no Ituano em 2018, após passagem nas divisões de base do Corinthians. Um ano depois, em 2019, assinou com o clube inglês Arsenal por 6 milhões de euros e logo se tornou um dos jogadores de maior destaque. Lá, conquistou o título da FA Cup de 2019–20.

A nível internacional, estreou pela Seleção Brasileira em 2022 e fez parte da equipe que competiu a Copa do Mundo FIFA daquele ano. Antes, já havia sido convocado nas categorias de base, tendo conquistado a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020 em Tóquio.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Nascido em Guarulhos, São Paulo, Martinelli iniciou sua carreira em 2010, aos 9 anos, jogando pelas divisões de base do Corinthians, onde atuou na maioria do tempo na equipe de futsal, até 2014.[2] Os primeiros toques de Gabriel na bola aconteceram nas quadras, em 2010, quando não tinha completado sequer uma década de vida, na categoria sub-9 do Corinthians. Foram 66 gols só na Divisão Especial do Campeonato Metropolitano e outros 56 na Série Ouro do Estadual – 122 no total.[3]

Já no ano seguinte, se dividiu entre o futsal e o futebol, atuando nos times sub-11: marcou 20 vezes nas quadras e outras 11 nos gramados. A partir de 2012, os campos passaram a ser sua prioridade e, até 2014, no sub-11, sub-13 e alguns jogos já no sub-15 do Corinthians. Gabriel somou mais 48 gols - totalizando 202.[4]

Ituano[editar | editar código-fonte]

Depois de fazer a descoberta nos campos de futebol, e visando um projeto que poderia levá-lo à Inglaterra, o atacante seguiu rumo ao sub-15 do Ituano. Ele se mudou para o clube em 2015, depois de testes no Manchester United e Barcelona. Em sua primeira temporada, anotou apenas quatro gols e, na seguinte, ganhou espaço e acabou com 15 tentos em 19 partidas.[5]

Em 4 de novembro de 2017, Martinelli assinou seu primeiro contrato profissional com o clube, até 20 de outubro de 2022.[6] Ele estreou profissionalmente no dia 17 de março de 2018, substituindo tardiamente o goleador Claudinho em uma vitória fora por 2–1; aos 16 anos e 9 meses, Martinelli se tornou o jogador mais jovem a estrear pelo Ituano.[7]

Martinelli marcou seu primeiro gol como profissional em 8 de setembro de 2018, na vitória fora de casa por 4–1 contra o Taboão da Serra, pela Copa Paulista de Futebol de 2018. Definitivamente promovido para o primeiro time do Ituano no Campeonato Paulista de 2019, ele marcou seis gols durante a competição, sendo o artilheiro do clube, ao chegar às quartas de final. Foi eleito a Revelação e entrou para a Seleção do Campeonato Paulista de 2019. Com números expressivos de gols, chamou a atenção de clubes ingleses.[8]

Arsenal[editar | editar código-fonte]

2019–20[editar | editar código-fonte]

No dia 2 de julho de 2019, assinou um contrato de cinco temporadas com o Arsenal.[9][10][11] Estreou oficialmente no dia 11 de agosto, contra o Newcastle, pela primeira rodada da Premier League 2019–20. Ele saiu do banco de reservas e entrou no segundo tempo do jogo em que o Arsenal venceu por 1–0. Fez seu primeiro gol em jogos oficiais pelos Gunners no dia 24 de setembro de 2019, contra o Nottingham Forest, em jogo válido pela Copa da Liga Inglesa.[12]

Já no dia 3 de outubro, pela Liga Europa, marcou duas vezes e ainda deu uma assistência para Dani Ceballos na goleada de 4–0 contra o Standard Liège.[13] Martinelli manteve sua forma de marcar gols, marcando em uma vitória em casa por 3–2 sobre o Vitória de Guimarães. Na quarta rodada da Copa da Liga Inglesa, Martinelli marcou dois gols no empate em 5–5 contra o Liverpool. Martinelli também marcou sua penalidade na disputa de pênaltis, que o Arsenal acabou perdendo.

Com o resultado, Martinelli se tornou o adolescente com maior pontuação em um dos cinco maiores clubes da liga europeia, marcando sete gols em sete jogos em todas as competições. Ele também se tornou o primeiro jogador a marcar quatro vezes nas quatro primeiras partidas desde Ian Wright. O desempenho de Martinelli recebeu elogios do gerente do Liverpool, Jürgen Klopp, que o chamou de "[o] talento do século".[14]

As performances de Martinelli fizeram com que ele fosse agraciado com o prêmio de "Jogador do Mês" do Arsenal em outubro, recebendo 75% do total de votos, derrotando Mattéo Guendouzi e Nicolas Pépé.[15] Após a nomeação do técnico interino Freddie Ljungberg, Martinelli começou seu primeiro jogo na Premier League, no dia 9 de dezembro de 2019, e marcou em uma eventual vitória por 3–1 sobre o West Ham United.[3]

Ele marcou seu segundo gol na Premier League e o primeiro com o técnico Mikel Arteta, no empate em 1–1 contra o Sheffield United, em 11 de janeiro de 2020.[3]

No jogo seguinte, Martinelli marcou em um empate fora de casa por 2–2 contra o rival londrino Chelsea; seu objetivo envolvia um sprint direto de 67 jardas pelo campo para marcar o primeiro empate do Arsenal. O objetivo fez de Martinelli o primeiro jovem abaixo de 20 anos a marcar 10 gols em uma única temporada para o Arsenal desde Nicolas Anelka.[16]

2020–21[editar | editar código-fonte]

Nessa temporada, o brasileiro perdeu muitos jogos por ter sido acometido por uma forte lesão em seu joelho.[17] Nesse tempo, o atacante perdeu a chance de comemorar o título do Arsenal na Supercopa da Inglaterra diante o Liverpool,[18] bem como perdeu quase o primeiro turno inteiro da Premier League.[19]

No fim de dezembro, após quase 10 meses parado, Gabriel retornou jogando 20 minutos na derrota diante o Everton por 2 a 1.[19] O brasileiro, no entanto, só marcou dois gols na Liga Inglesa nessa temporada, e todos foram após a rodada 30. Seu primeiro tento foi diante o Sheffield United, na 31ª jornada;[20] seis jogos depois repetiu o feito contra o Crystal Palace.[21]

Esses foram os únicos gols de Martinelli na época. Nas demais competições, o Arsenal não conseguiu chegar em nenhuma final, apesar de ter estado muito perto da decisão da Liga Europa da UEFA de 2020–21, mas os Gunners foram eliminados para o futuro campeão[22] Villarreal em um placar agregado de 2 a 1 naquela semifinal.[23]

2021–22[editar | editar código-fonte]

Gabriel (camisa 35) em jogo contra o Manchester United em 2021.

Em sua nova temporada, Gabriel teve números melhores. O brasileiro marcou seis gols, todos na Premier League de 2021–22,[24] sendo dois deles marcados na mesma partida diante o Leeds United na 18ª rodada.[25]

O time novamente não chegou a nenhuma final, mas esteve muito perto de atingir esse feito na Copa da Liga Inglesa de 2021–22. O Arsenal passou de todas as fases até chegar à semifinal, mas Diogo Jota fizera todos os gols do duelo e classificou o Liverpool para decisão após um 2 a 0 no placar.[26]

Antes do fim da temporada, Gabriel foi nomeado o novo camisa 11 do time. O antigo dono, Lucas Torreira, deixou a equipe para assinar com o Galatasaray e os Gunners optaram por dar ao atacante essa numeração.[27]

2022–23[editar | editar código-fonte]

Em 5 de agosto de 2022, Martinelli marcou para o Arsenal na vitória por 2 a 0 fora de casa contra o Crystal Palace F.C., tornando-se o primeiro brasileiro a marcar um gol de abertura da temporada de uma campanha na Premier League.[28]

Em 3 de fevereiro de 2023, Martinelli renovou seu contrato, ligando-o ao clube até 2027.[29]

No dia 18 de fevereiro de 2023, Gabriel Martinelli entrou, participou do gol da virada e ainda fez o dele no jogo contra o Aston Villa, no Villa Park. Martinelli deu a assistência para Jorginho, já aos 53, num contra-ataque do Arsenal, que partiu com tudo para fechar o placar.[30]

Martinelli foi o nome da vitória do Arsenal por 4-0 frente ao Everton, em jogo atrasado da sétima rodada da Premier League no Emirates Stadium, ele marcou um doblete e o resto do placar foi completo por Saka e Odegaard.[31]

No dia 21 de abril de 2023, empatou com Roberto Firmino após marcar no empate do Arsenal em 3-3 contra o Southampton no Emirates Stadium, tornando-se o brasileiro com mais gols em uma única edição de Premier League (15 gols).

A temporada 2022-23 foi a melhor de Martinelli, ele encerrou com 46 jogos, 15 gols, seis assistências, e 0.45 participações em golos por jogo.[32]

2023–24[editar | editar código-fonte]

Gabriel Martinelli em 2023.

Gabriel começou a temporada vencendo um título que outrora não pode comemorar por conta de lesão. No jogo único da Supercopa da Inglaterra de 2023, vislumbrou Leandro Trossard empatar a partida nos acréscimos diante o Manchester City. Nas penalidades, o brasileiro não chegou a bater, pois havia sido substituído, mas contemplou todos os batedores do time vermelho acertarem sua cobranças, além de uma defesa de Aaron Ramsdale no chute final de Rodri, e comemorou o tradicional troféu inglês.[33]

Gabriel Martinelli e Gabriel Jesus (camisa 9) pelo Arsenal diante o Newcastle. Bruno Guimarães (camisa 39) ao fundo.

Esse foi o único troféu de Gabriel na época. O jogador esteve, novamente, muito perto de conseguir o título da Premier League, contudo a equipe de Mikel Arteta não conseguiu manter uma sequência de vitórias[34][35][36] e coube aos Citizens levantarem o troféu da competição pela quarta vez seguida; um feito histórico na competição.[37] O jogador terminou sua temporada com seis gols marcados na Liga e um vice-campeonato consecutivo.[38]

Ainda que não tivesse marcado mais gols nas copas nacionais, Martinelli destacou-se em determinados momentos na Liga Inglesa. Seu primeiro gol aconteceu contra o Manchester City na oitava rodada.[39] Na 21ª, obteve o principal destaque na época já que estufou a redes do Crystal Palace duas vezes no mesmo jogo.[40] Duas partidas depois, marcou de novo contra um time do Big Six, agora diante o Liverpool.[41]

Os Gunners retornaram à Liga dos Campeões fazendo uma campanha sólida. Gabriel marcou dos gols na competição, todos na Fase de Grupos,[42][43] e viu o time eliminar o Porto nas oitavas de final nas penalidades,[44] ele não esteve em campo por conta de uma lesão.[45] No entanto, na partida seguinte, o Bayern de Munique, do "carrasco" atacante Harry Kane,[46] não perdeu nenhum jogo e eliminou os ingleses nas quartas de final com um placar agregado de 3 a 2.[47]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-18[editar | editar código-fonte]

O bom desempenho nas categorias de base fez com que Martinelli ganhasse uma oportunidade na Seleção Brasileira. Em abril de 2019, ele foi convocado pelo técnico André Jardine para compor o elenco de 27 jogadores da Seleção Sub-18, em um novo projeto da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em que categorias terão convocações segmentadas por idade, com o objetivo de dar experiência com a camisa da Seleção para um número maior de atletas.[48]

Essa, porém, não foi a única experiência do jovem atacante com a Amarelinha. Em maio de 2019, a CBF decidiu encorpar os treinos da Seleção Principal durante o período pré-Copa América e chamou 10 jovens. Entre eles, o destaque era Martinelli, que teve a oportunidade de trabalhar ao lado de Neymar, Gabriel Jesus, Casemiro, Richarlison e companhia.[49]

Sub-23[editar | editar código-fonte]

Após início arrasador pelo Arsenal, no dia 25 de outubro de 2019, Martinelli foi convocado pelo técnico André Jardine para a Seleção Sub-23, para a disputa do Torneio de Tenerife, na Espanha. Caçula com folga na lista de Jardine, o atacante de 18 anos tem dupla nacionalidade e recentemente foi procurado pela Itália para disputar a Euro Sub-19.[50]

No dia 16 de dezembro de 2019, foi convocado para o Pré-Olímpico, na Colômbia, que acontecera em janeiro de 2020.[51] Porém, a pedido do Arsenal, no qual Martinelli vem sendo grande destaque, acabou sendo cortado do torneio Olímpico.

Foi convocado para os Olimpíadas de 2020 onde sagrou-se campeão, conquistando a medalha de ouro.[52]

Principal[editar | editar código-fonte]

Gabriel na Seleção Brasileira.

No dia 11 de março de 2022, aos 20 anos, Martinelli foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal para as partidas contra Chile e Bolívia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022.[53]

Copa do Mundo de 2022[editar | editar código-fonte]

Em 7 de novembro de 2022, Tite anunciou a convocação da Seleção para Copa do Mundo 2022. Entre muitos nomes certos no Catar o de Martinelli foi chamado para disputar o torneio após uma lesão de Philippe Coutinho nas vésperas da convocação.[54][55]

Martinelli fez sua estreia na Copa do Mundo na vitória de 2 a 0 da Seleção Brasileira sobre a Sérvia, em 24 de novembro, entrando na vaga de Raphinha aos 43 minutos do segundo tempo, no Estádio Nacional de Lusail, no Catar. A partida é válida pela primeira rodada do Grupo G.[56]

Martinelli fez seu segundo jogo na Copa do Mundo na partida entre Camarões 1 a 0 Brasil, jogo válido pela fase de grupos, no Estádio Nacional de Lusail, em Lusail, foi um dos melhores em campo, mas não conseguiu evitar a derrota.[57]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista por clubes.[58]

Clube Temporada Campeonato

nacional

Copa

nacional[a]

Competições

continentais[b]

Outros

torneios[c]

Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
Ituano 2018 20 4 0 20 4 0
2019 14 6 3 14 6 3
Total 34 10 3 34 10 3
Arsenal 2019–20 14 3 0 5 4 1 7 3 2 26 10 3
2020–21 14 2 1 2 0 1 6 0 0 1 0 0 22 2 2
2021–22 29 6 6 7 0 0 36 6 6
2022–23 36 14 5 3 0 1 7 0 0 46 14 6
2023–24 10 1 2 1 0 0 2 1 1 1 0 0 14 2 3
Total 103 27 14 18 4 3 22 4 3 2 0 0 144 35 20
Total na carreira 103 28 14 18 4 3 22 4 3 36 10 3 178 45 23

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Abaixo estão listados todos os jogos, gols e assistências do futebolista pela Seleção Brasileira, desde as categorias de base.[59]

Seleção Principal

Ano Copa do Mundo Qualificação Mundial Amistosos Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
2022 3 0 0 2 0 0 1 0 0 6 0 0
2023 2 1 0 0 0 0 2 1 0
Total na carreira 3 0 0 4 1 0 1 0 0 8 1 0

Seleção Sub–23

Ano Jogos Olímpicos Amistosos Total
Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist. Jogos Gols Assist.
2019 2 0 0 2 0 0
2021 3 0 0 2 1 0 5 1 0
Total na carreira 3 0 0 4 1 0 7 1 0

Expanda a caixa de informações para conferir todos os jogos deste jogador, pela sua seleção nacional.

Sub-23

Títulos[editar | editar código-fonte]

Arsenal
Seleção Brasileira

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Gabriel Martinelli». zerozero.pt. Consultado em 2 de julho de 2019 
  2. «Gabriel Martinelli recorda saída do Corinthians ainda na base». Torcedores.com. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  3. a b c «Ele fez mais de 200 gols na base do Corinthians, foi para o Ituano e agora é testado no United». ESPN. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  4. Lobo, Felipe. «Gabriel Martinelli lembra base no Corinthians, treinos no United e cogita defender a Itália». Trivela. Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  5. «Ele fez mais de 200 gols na base do Corinthians, foi para o Ituano e agora é testado no United». ESPN. Consultado em 28 de janeiro de 2020 
  6. Periscópio, Jornal (4 de novembro de 2017). «Promessa do Galo, Gabriel Martinelli assina até 2022». Consultado em 19 de outubro de 2020 
  7. «Gabriel Martinelli é o atleta mais jovem a estrear no Ituano | Ituano Futebol Clube». www.ituanofc.com. Consultado em 19 de outubro de 2020 
  8. «Ele fez mais de 200 gols na base do Corinthians, foi para o Ituano e agora é testado no United». ESPN.com.br. 28 de julho de 2017. Consultado em 2 de junho de 2019 
  9. «Arsenal acerta a contratação de jovem atacante do Ituano». Lance.com.br. 2 de julho de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  10. «Gabriel Martinelli to join club» (em inglês). Arsenal Media. 2 de julho de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  11. «Revelação do Paulistão, Gabriel Martinelli é anunciado como reforço do Arsenal». Jovem Pan. 2 de julho de 2019. Consultado em 2 de junho de 2019 
  12. «Arsenal goleia Nottingham Forest com dois gols de Gabriel Martinelli e se classifica na Copa da Liga Inglesa». ESPN.com.br. 24 de setembro de 2019 
  13. «Gabigoal! Martinelli marca duas vezes e comanda a goleada do Arsenal na Liga Europa». GloboEsporte.com. 3 de outubro de 2019 
  14. «'Talento do século', diz técnico do Liverpool sobre brasileiro Gabriel Martinelli, do Arsenal». Extra Online. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  15. «Ele está voando! Gabriel Martinelli é eleito o jogador do mês no Arsenal». Torcedores.com. 10 de novembro de 2019. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  16. «Gabriel Martinelli faz gol contra o Chelsea e repete marca histórica de Nicolas Anelka». Torcedores.com. 21 de janeiro de 2020. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  17. reuters. «Gabriel Martinelli desfalca Arsenal até final de 2020 por lesão no joelho». Terra. Consultado em 16 de junho de 2024 
  18. «Arsenal vence Liverpool nos pênaltis e conquista Supercopa da Inglaterra». www.uol.com.br. Consultado em 16 de junho de 2024 
  19. a b «Gabriel Martinelli celebra retorno ao Arsenal após quase 10 meses: "Melhor sensação"». ge. 21 de dezembro de 2020. Consultado em 16 de junho de 2024 
  20. «Sheffield United 0-3 Arsenal: Gabriel Martinelli scores in deserved Gunners win». BBC Sport (em inglês). 11 de abril de 2021. Consultado em 16 de junho de 2024 
  21. «Crystal Palace 1-3 Arsenal: Gabriel Martinelli and Nicolas Pepe score late on». BBC Sport (em inglês). 18 de maio de 2021. Consultado em 16 de junho de 2024 
  22. «De Gea perde pênalti, Villarreal derruba gigante Manchester United e é campeão da Europa League em final histórica». ESPN.com. 26 de maio de 2021. Consultado em 16 de junho de 2024 
  23. «Viva o Villarreal: que tem dono ricaço, mas dá um tapa na cara dos times bilionários ao eliminar o Arsenal | Blogs». ESPN. Consultado em 16 de junho de 2024 
  24. «Campeonato Inglês: Estatísticas de gols, 2021-22 - ESPN (BR)». ESPN. Consultado em 16 de junho de 2024 
  25. «Com dois gols de Martinelli, Arsenal goleia o Leeds e emplaca terceira vitória seguida». ge. 18 de dezembro de 2021. Consultado em 16 de junho de 2024 
  26. Lance! (20 de janeiro de 2022). «Com dois gols de Diogo Jota, Liverpool vence o Arsenal e vai à final da Copa da Liga Inglesa - Lance!». Com dois gols de Diogo Jota, Liverpool vence o Arsenal e vai à final da Copa da Liga Inglesa - Lance!. Consultado em 16 de junho de 2024 
  27. Deniran-Alleyne, Tashan (20 de maio de 2022). «Gabriel Martinelli not permitted to wear Arsenal number 11 shirt against Everton». Football.London (em inglês). Consultado em 21 de agosto de 2023 
  28. «Martinelli makes history with opening goal» (em inglês). Premier League. Consultado em 23 de fevereiro de 2023 
  29. «Gabriel Martinelli signs new long-term contract» (em inglês). Arsenal. Consultado em 23 de fevereiro de 2023 
  30. «Martinelli muda a história do jogo, deixa sua marca em vitória do Arsenal: 'Lutamos até o fim'». Terra. Consultado em 23 de fevereiro de 2023 
  31. «Martinelli faz 2, Arsenal ganha jogo adiado de setembro e abre 5 no Inglês». O Tempo. Consultado em 2 de março de 2023 
  32. «Neymar brilharia na Premier? Compare seus números aos de estrelas da liga». Placar. Consultado em 19 de junho de 2023 
  33. «Arsenal vence City nos pênaltis e conquista Supercopa da Inglaterra». UOL. 6 de agosto de 2023. Consultado em 16 de junho de 2024 
  34. «Arsenal supera "invencíveis" e atinge marca histórica na Premier League». ge. 13 de maio de 2024. Consultado em 16 de junho de 2024 
  35. «Arsenal vê aproveitamento despencar no segundo turno da Premier League». ge. 24 de abril de 2023. Consultado em 16 de junho de 2024 
  36. esportenewsmundo. «Arsenal vira sobre o Everton, mas fica com o vice da Premier League». Terra. Consultado em 16 de junho de 2024 
  37. Lance! (19 de maio de 2024). «É CAMPEÃO! Manchester City quebra recorde histórico e conquista a Premier League pela quarta vez seguida - Lance!». É CAMPEÃO! Manchester City quebra recorde histórico e conquista a Premier League pela quarta vez seguida - Lance!. Consultado em 16 de junho de 2024 
  38. «Premier League First Team Club Statistics, Team & Player Stats». www.premierleague.com (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2024 
  39. «Herói do Arsenal contra o City, Gabriel Martinelli comemora quebra de jejum contra rival». ge. 9 de outubro de 2023. Consultado em 16 de junho de 2024 
  40. Gomes, Murilo Alves (20 de janeiro de 2024). «Autor de dois gols na goleada, Martinelli celebra resultado: "Nos dará mais confiança"». Gazeta Esportiva. Consultado em 16 de junho de 2024 
  41. «Arsenal 3-1 Liverpool: Gunners move within two points of Premier League leaders». BBC Sport (em inglês). 2 de fevereiro de 2024. Consultado em 16 de junho de 2024 
  42. Cirino, Thais Bueno (24 de outubro de 2023). «Com gols de Martinelli e Jesus, Arsenal bate Sevilla na Champions e assume liderança do Grupo B». Gazeta Esportiva. Consultado em 16 de junho de 2024 
  43. Lance! (29 de novembro de 2023). «Martinelli avalia atuação do Arsenal em goleada que sela a classificação às oitavas da Champions League - Lance!». Martinelli avalia atuação do Arsenal em goleada que sela a classificação às oitavas da Champions League - Lance!. Consultado em 16 de junho de 2024 
  44. «Convocados por Dorival perdem pênaltis, Arsenal vence Porto, quebra tabu e avança às quartas da Champions League». ESPN.com. 12 de março de 2024. Consultado em 16 de junho de 2024 
  45. «Gabriel Martinelli deve desfalcar o Arsenal contra o Porto na Champions». ge. 11 de março de 2024. Consultado em 16 de junho de 2024 
  46. Jogada10 (9 de abril de 2024). «Harry Kane confirma a sua fama de carrasco do Arsenal». Esportes. Consultado em 16 de junho de 2024 
  47. jogada10. «Bayern de Munique vence o Arsenal e está na semifinal da Champions». Terra. Consultado em 16 de junho de 2024 
  48. «André Jardine convoca a Seleção Brasileira Sub-18». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 16 de julho de 2019 
  49. «Martinelli, do Ituano, é chamado por Tite para treinos da Seleção na Copa América». Globoesporte. Consultado em 16 de julho de 2019 
  50. Bruno Cassucci e Raphael Zarko (26 de outubro de 2019). «CBF marca território em convocação de Gabriel Martinelli, de 18 anos, caçula da seleção brasileira sub-23». GloboEsporte.com. Consultado em 2 de novembro de 2019 
  51. «Seleção Olímpica convocada para o Torneio Pré-Olímpico 2020». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 20 de janeiro de 2020 
  52. «Brasil bate Espanha e conquista bicampeonato olímpico no futebol masculino». CNN Brasil. Consultado em 23 de maio de 2022 
  53. «Martinelli é o 47º estreante na Seleção desde a Copa: "Sempre sonhei com esse momento"». ge. Consultado em 9 de setembro de 2022 
  54. «Weverton entra para história ao ser o primeiro acreano convocado para uma Copa do Mundo». ac24horas. Consultado em 7 de novembro de 2022 
  55. «Coutinho sofre lesão muscular e deve perder Copa do Mundo pelo Brasil - Placar - O futebol sem barreiras para você». 6 de novembro de 2022. Consultado em 2 de julho de 2024 
  56. «Brasil X Sérvia: tempo real da partida e últimas notícias da estreia da Seleção Brasileira na Copa do Mundo do Catar». Itatiaia. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  57. «Brasil busca 100% na fase de grupos da Copa contra Camarões; ouça ao vivo». Band. Consultado em 2 de dezembro de 2022 
  58. «Gabriel Martinelli Arsenal vídeos, histórico de transferências e estatísticas - Sofascore». www.sofascore.com. Consultado em 11 de novembro de 2022 
  59. «Gabriel Martinelli - Estatísticas». ESPN (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2022 
  60. a b c «Corinthians, Jean Mota e Martinelli dominam premiação do campeonato». Federação Paulista de Futebol. 22 de abril de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.