Gabriela Prioli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gabriela Prioli
Nome completo Gabriela Prioli Della Vedova
Nascimento 21 de janeiro de 1986 (35 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Alma mater Universidade Presbiteriana Mackenzie
Ocupação advogada, professora e comentarista política[1]
Página oficial
www.gabrielaprioli.com.br

Gabriela Prioli Della Vedova (São Paulo, 21 de janeiro de 1986) é uma advogada criminalista, professora universitária, comentarista política[1] e apresentadora de TV brasileira que ficou conhecida nacionalmente por ter integrado o quadro "O Grande Debate", do telejornal CNN Novo Dia, da rede CNN Brasil,[2][3] atuando como comentarista política.[4] Atualmente, integra o time de apresentadores do programa CNN Tonight.[5]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Direito[editar | editar código-fonte]

Gabriela Prioli obteve o grau de bacharel em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com passagem pela Universidade do Porto (2010).[6] Conquistou o título de Mestra em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (2014), foi sócia de um escritório de advocacia (2012–2017) e atua desde 2016 como Professora Convidada no curso de Pós-Graduação em Direito e Processo Penal da Universidade Presbiteriana Mackenzie.[7]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Gabriela começou a carreira televisiva em 2017, graças ao então diretor de gestão de jornalismo da RecordTV Leandro Cipoloni; ele a conheceu após ler a dissertação “A influência da repressão penal sobre o usuário de crack na busca por tratamento”, que ela defendeu no mestrado em direito penal na USP, e então a convidou para participar de diversos debates em programas da Record.[8] Ela chegou a fazer um teste para suceder o comentarista Renato Lombardi no programa Balanço Geral SP, porém a Record acabou não a contratando.[9] Em março de 2020, Prioli passou a atuar como comentarista política, primeiramente ao lado de Caio Coppolla e, em seguida, de Tomé Abduch com intervenções de Reinaldo Gottino no quadro "O Grande Debate", do telejornal CNN Novo Dia da CNN Brasil.[4]

Anúncio de saída do CNN Novo Dia[editar | editar código-fonte]

Em 29 de março, após cerca de 15 dias no CNN Novo Dia, Prioli anunciou que passaria a compartilhar suas análises apenas em suas redes sociais, indicando sua saída do programa. Na declaração, Prioli falou sobre se sentir constrangida em determinadas situações: "Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras". No dia 24 de fevereiro, durante um debate sobre a decisão de Jair Bolsonaro de voltar atrás e suspender o trecho da medida provisória que previa a suspensão dos contratos trabalhistas por até quatro meses, Tomé Abduch interrompeu a companheira de emissora seguidas vezes. No dia 27, Prioli foi interrompida por Reinaldo Gottino, responsável por mediar o debate. O tema em questão era sobre a Justiça autorizar a prisão domiciliar de Eduardo Cunha.[10][11]

Em nota, a CNN Brasil disse que Gottino "excedeu a postura de mediador" e que decidiria o futuro de Prioli na emissora nos dias seguintes.[12] No primeiro dia sem Prioli, a CNN Brasil registrou o seu recorde negativo no Ibope. No dia 30 de março de 2020, o canal de notícias teve o pior desempenho na média diária e fechou apenas em 23º lugar no ranking da TV paga nacional, que considera também o ibope das emissoras de TV aberta entre os assinantes.[13] Após a suposta saída da CNN, Prioli teria recebido sondagens de GloboNews, Band e Jovem Pan.[14]

Em uma demonstração de solidariedade, mais de 300 advogadas e advogados assinaram um manifesto em apoio a Prioli. Liderado pela advogada criminalista Claudia Bernasconi, o grupo divulgou uma nota repudiando a atitude dos colegas de bancada e da CNN Brasil que causaram a saída dela do programa:

Gabriela sempre manteve sua postura comprometida argumentando com base em dados. Infelizmente, os dois debatedores escolhidos para o quadro não apresentaram os mesmos predicados. Nem sequer o intermediador cumpriu esse papel: não só não evitou que o outro debatedor interrompesse sua fala como, ainda, passou a ser protagonista das interrupcões

(..)

Me impressionou a emissora, a CNN, não cobrar do debatedor [Tomé Abduch] que tivesse conhecimento técnico ou aprofundado. Ele chegava com as frases feitas, como se tivesse tirado de grupo de WhatsApp da família. Não havia uma pessoa que jogava no mesmo nível que ela (...) Quanto mais ela foi fazendo sucesso, mais eles foram querendo tirar o espaço dela, que estava aparecendo mais do que todo mundo. É como se estivessem dizendo: 'Ah, você não vai fazer mais sucesso do que eu.'"[15]

Após a repercussão do anúncio de sua saída do programa, a CNN Brasil anunciou que Prioli passaria a ser comentarista na programação no horário nobre do canal.[16] Enquanto isso, o quadro O Grande Debate dentro do CNN Novo Dia passou a ter novos debatedores, os advogados Gisele Soares e Thiago Anastácio. Em 18 de abril de 2020, estreou no especial O Mundo Pós-Pandemia, alcançando a liderança entre os canais de notícias da TV paga e derrotando a GloboNews.[17] Além disso, Gabriela Prioli já fez participações em telejornais para discutir questões relacionadas ao crack.[18][19]

Em 23 de junho, a CNN Brasil anunciou a criação do talk-show CNN Tonight com a apresentação de Prioli juntamente da jornalista Mari Palma (também da CNN) e do historiador Leandro Karnal.[5][20]

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Gabriela é produtora e roteirista de video, tendo escrito os roteiros dos videoclipes "FLY" e "Brisa", da dupla de DJs JetLag.[21] Além disso, ela também atua como YouTuber; sendo que, a partir de abril de 2020, seus trabalhos na plataforma do Youtube passaram a ser administrados pela Play9, empresa de Felipe Neto.[22] Em outubro de 2020 Gabriela Prioli coloca espaço para colunistas em seu canal do YouTube, a primeira entrar foi Maytê Carvalho, onde fala sobre discurso.[23]

Em 20 de junho de 2020, a Folha de S.Paulo anunciou a estreia de Gabriela Prioli como colunista do jornal.[24]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Gabriela é filha da fonoaudióloga Marta Prioli e do contador Francisco Della Vedova, que faleceu em um acidente de carro quando Gabriela tinha seis anos de idade. Tem um irmão mais novo, Rafael.[8] É prima de Andressa Guaraná, garota do tempo e chefe de redação do jornalismo da Rede Bandeirantes.[25]

Namora com o DJ Thiago Mansur, integrante da dupla de música eletrônica JetLag.[8] Seu namorado ficou conhecido na mídia por conciliar sua vida de DJ em casas noturnas com a de membro evangélico da Igreja Cristã Maranata; Thiago se autointitula "cristão liberal".[26][27] Ele e Gabriela se conheceram numa academia esportiva, pretendem gerar ou adotar filhos e, apesar de não terem contraído matrimônio, vivem juntos desde 2016.[6]

Quando criança, Gabriela estudou no Colégio Campos Salles, uma instituição de ensino particular de alto padrão, graças a uma bolsa de estudos integral. Prestou vestibular para os cursos de Jornalismo e Direito, tendo optado por este último.[6] Apesar de ser especialista em política de drogas e ativista pela descriminalização do uso e porte de drogas, Gabriela relata nunca ter experimentado drogas ilícitas.[8] É ativista feminista[6] e defende a causa LGBT.[28]

Antes de atingir a fama através da TV, Gabriela Prioli que soma milhares de seguidores em suas redes sociais, já atuava na internet como formadora de opinião sobre assuntos relacionados a política e a sociedade. Amiga de vários famosos, dentre as quais a cantora Anitta.[29]

Em entrevista à revista TPM, quando perguntado se a advogada tinha posicionamento político de direita ou de esquerda, ela afirmou ser "complicado definir se eu sou de direita, de esquerda, de centro-direita, centro-esquerda ou centro". Concluiu a resposta dizendo que prefere o diálogo.[30]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Resultado Ref.
2020 MTV Millennial Awards Falou Tudo Indicada [31]
Prêmio Influenciadores Digitais Economia, Política e Atualidades (Voto técnico) Venceu [32]
Economia, Política e Atualidades (Voto popular) Venceu
Prêmio iBest Política e Cidadania (Júri da Academia iBest) Top 3 [33]
Política e Cidadania (Júri popular) Top 3

Referências

  1. a b Leo Dias (25 de março de 2020). «Quem é Gabriela Prioli, comentarista da CNN Brasil que tem bombado na web». TV E Famosos. UOL. Consultado em 8 de dezembro de 2020 
  2. João Batista Jr (27 de março de 2020). «Quem é Gabriela Prioli, estrela em ascensão na novata CNN Brasil». Veja (blog). Editoria Abril. Consultado em 1 de abril de 2020. Cópia arquivada em 1 de abril de 2020 
  3. Camila Brandalise (18 de novembro de 2019). «Nova comentarista da CNN tem personalidade combativa e é amiga de Anitta». Universa. UOL. Consultado em 1 de abril de 2020. Cópia arquivada em 1 de abril de 2020 
  4. a b «Comentarista Gabriela Prioli deixa debates ao vivo, e CNN Brasil anuncia substitutos». 29 de março de 2020 
  5. a b «Gabriela Prioli comenta estreia de novo programa da CNN Brasil: Ainda fico muito nervosa». CARAS. Consultado em 21 de Julho de 2020 
  6. a b c d Nelize Dezzen (15 de abril de 2020). «Quem é essa garota?». Garotas Estúpidas. Consultado em 3 de maio de 2020 
  7. Coelho, Gabriela (5 de novembro de 2019). «Criminalista Gabriela Della Vedova protagonizará programa de debates na CNN». Consultor Jurídico. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2019 
  8. a b c d Ana Carolina Soares (3 de abril de 2020). «Nasce uma estrela na CNN: Gabriela Prioli causa reviravolta na emissora». Veja São Paulo. Consultado em 3 de abril de 2020 
  9. Fábia Oliveira (6 de abril de 2020). «Gabriela Prioli fez teste para trabalhar com Gottino na Record». O Dia. Consultado em 6 de abril de 2020 
  10. Marie Claire (ed.). «Após atrito com apresentador, Gabriela Prioli se afasta da CNN». Consultado em 1 de abril de 2020 
  11. IstoÉ (ed.). «Gabriela Prioli desabafa e sinaliza que deixará CNN Brasil». Consultado em 1 de abril de 2020 
  12. UOL (ed.). «CNN confirma saída de Gabriela Prioli de quadro, mas negocia permanência». Consultado em 1 de abril de 2020 
  13. UOL, ed. (1 de abril de 2020). «Sem Gabriela Prioli, CNN bate recorde negativo e sai do top 20 da TV paga» 
  14. «Gabriela Prioli recebe sondagens de GloboNews, Band e Jovem Pan» 
  15. Camila Brandalise (31 de março de 2020). «Advogadas saem em defesa de Prioli: "Lidaram mal porque ela fez sucesso"». Universa. UOL. Consultado em 1 de abril de 2020. Cópia arquivada em 1 de abril de 2020 
  16. «Gabriela Prioli terá quadro no horário nobre da CNN Brasil». CNN. 3 de abril de 2020. Consultado em 3 de abril de 2020 
  17. «No retorno de Gabriela Prioli à TV, CNN Brasil vence a rival GloboNews.». Notícias da TV. Consultado em 21 de Abril de 2020 
  18. «Advogadas debatem ações da Prefeitura de São Paulo na Cracolândia». YouTube. Consultado em 24 de março de 2020 
  19. «Repressão penal e tratamento do usuário de crack». YouTube. Consultado em 24 de março de 2020 
  20. TV, Notícias da (23 de junho de 2020). «Saiba como será o programa que a CNN criou para não perder Gabriela Prioli». Notícias da TV. Consultado em 23 de junho de 2020 
  21. «Especial Namorados com Gabriela Prioli e Thiago Mansur». inVoga. Consultado em 14 de Dezembro de 2020 
  22. «Gabriela Prioli terá um canal no YouTube». Folha de S.Paulo. Consultado em 8 de Abril de 2020 
  23. LULA, DORIA OU BOLSONARO. QUEM É O PADRINHO MAIS PODEROSO? (vídeo). Brasil: Gabriela Prioli (YouTube). 10 de outubro de 2020. Consultado em 8 de dezembro de 2020 
  24. «Catarina Rochamonte e Gabriela Prioli estreiam como colunistas da Folha». Folha de S.Paulo. 20 de junho de 2020. Consultado em 23 de junho de 2020 
  25. «Parentesco com chefona do Jornalismo barra ida de Gabriela Prioli para a Band». Notícias da TV. 3 de Abril de 2020. Consultado em 3 de Abril de 2020 
  26. «Evangélico e abstêmio, Thiago Mansur faz sucesso nas pistas». Veja São Paulo. Consultado em 3 de Abril de 2020 
  27. «Thiago Mansur: um DJ evangélico na folia». UOL. Consultado em 3 de Abril de 2020 
  28. «Gabriela Prioli discute com pessoa que a criticou por 'dar espaço a gays'.». Universa. 18 de maio de 2020. Consultado em 21 de Maio de 2020 
  29. «Anitta sai em defesa de Gabriela Prioli: 'Inteligente e generosa'». Uol TV e Famosos. Consultado em 24 de março de 2020 
  30. «Gabriela Prioli, a nova estrela da CNN» 
  31. «Conheça as novas categorias e os indicados ao Prêmio MTV Miaw 2020». Metrópoles. 20 de agosto de 2020. Consultado em 21 de agosto de 2020 
  32. «Conheça os vencedores da edição 2020». Centro de Estudos da Comunicação. Consultado em 20 de dezembro de 2020 
  33. «Política e Cidadania». Prêmio iBest. Consultado em 20 de dezembro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]