Gaivina-de-dorso-preto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaGaivina-de-dorso-escuro
Onychoprion fuscatus.
Onychoprion fuscatus.
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Charadriiformes
Família: Laridae
Sternidae
Género: Onychoprion
Espécie: O. fuscatus
Nome binomial
Onychoprion fuscatus
Linnaeus, 1766
Sinónimos
Sterna fuscata
Onychoprion fuscatus - MHNT

Gaivina-de-dorso-escuro,[1] andorinha-do-mar-escura, garajau-escuro ou trinta-réis-das-rocas (nome científico: Onychoprion fuscatus) é uma espécie de ave da família Sternidae.[2] Distingue-se da maioria das outras espécies da sua família pela plumagem bastante escura: asas, dorso e coroa quase pretos, contrastando com as partes inferiores brancas.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Esta andorinha-do-mar distribui-se pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico mas é muito rara em águas portuguesas. Já foi registada a sua nidificação nos Açores (ilha de Santa Maria e ilha Graciosa) e na Madeira (ilhas Selvagens).

Subespécies[editar | editar código-fonte]

São reconhecidas sete subespécies:[3]

  • Onychoprion fuscatus fuscatus (Linnaeus, 1766) - ocorre no Golfo do México, no Leste do México e nas ilhas do Caribe; e no Atlantico Sul; também ocorre nas Ilhas do Golfo da Guiné;
  • Onychoprion fuscatus nubilosus (Sparrman, 1788) - ocorre no Sul do Mar Vermelho e nas Ilhas do Oceano Índico até as Ilhas Ryukyu e nas Filipinas;
  • Onychoprion fuscatus serratus (Wagler, 1830) - ocorre na Nova Guiné, Austrália e Nova Caledônia;
  • Onychoprion fuscatus kermadeci (Mathews, 1916) - ocorre nas Ilhas Kermadec;
  • Onychoprion fuscatus oahuensis (A. Bloxam, 1827) - ocorre das Ilhas Bonin até o Havaí e nas Ilhas do Pacífico Sul;
  • Onychoprion fuscatus crissalis (Lawrence, 1872) - ocorre das Ilhas da Costa Oeste do México e da América Central até o Arquipélago de Galápagos.
  • Onychoprion fuscatus luctuosus (Philippi & Landbeck, 1866) - ocorre no Arquipélago de Juan Fernández no Chile.

Referências

  1. Paixão, Paulo (Verão de 2021). «Os Nomes Portugueses das Aves de Todo o Mundo» (PDF) 2.ª ed. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias. p. 140. ISSN 1830-7809. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
  2. «Shorebirds & allies». IOC World Bird List (em inglês). Consultado em 16 de Setembro de 2011 
  3. «trinta-réis-das-rocas (Onychoprion fuscatus) | WikiAves - A Enciclopédia das Aves do Brasil». www.wikiaves.com.br. Consultado em 16 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]