Galáxia do Girino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Galáxia do Girino
Galáxia do Girino registrada pelo Telescópio espacial Hubble
Dados observacionais (J2000)
Constelação Draco
Tipo espiral barrada (SBc)
Asc. reta 16h 06m 03,9s
Declinação +55° 25′ 32″
Distância 420 milhões de anos-luz
Redshift 9401 ± 15km/s
Magnit. apar. 14.4
Dimensões 3′.6 × 0′.8
Características físicas
Raio 600 mil anos-luz
Outras denominações
Arp 188, UGC 10214, PGC 57129
Mapa
Galáxia do Girino
Draco constellation map.svg

A Galáxia do Girino é uma galáxia espiral barrada interrompida localizada a 420 milhões de anos-luz da Terra, na constelação de Draco.[1] Sua característica mais marcante é uma trilha de estrelas com cerca de 280.000 anos-luz de comprimento. Seu tamanho foi atribuído a uma fusão com uma galáxia menor que se acredita ter ocorrido há cerca de 100 milhões de anos atrás.[2]

Estudos teóricos[editar | editar código-fonte]

A hipótese é que uma galáxia intrusa mais compacta cruzou na frente da Galáxia do Girino – da esquerda para a direita da perspectiva da Terra – e foi movida para trás da galáxia principal por conta da atração gravitacional mútua. Durante esse encontro próximo, as forças das marés puxaram as estrelas, gases e poeira da galáxia espiral, formando sua cauda notável. Seguindo seu homônimo animal, a Galáxia do Girino provavelmente perderá sua cauda à medida que envelhece; os aglomerados de estrelas da cauda formarão novas galáxias satélites.[3]

Referências

  1. «The Tadpole Galaxy from Hubble | Science Mission Directorate». science.nasa.gov. Consultado em 12 de outubro de 2021 
  2. «Imagem Mostra Detalhes Surpreendentes da Galáxia do Girino». Consultado em 1 de agosto de 2021 
  3. «Uma galáxia com cauda de girino». HypeScience. 13 de novembro de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Coordenadas: Sky map 16h 06m 03.9s, +55° 25′ 32″