Galípoli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Gallipoli (desambiguação).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde julho de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Imagem de satélite da península de Galípoli
Mapa da península de Galípoli

A península de Galípoli (em turco: Gelibolu Yarımadası; em grego: Καλλίπολη; transl.: Kallípolē; em latim: Chersonesus Thracica) é uma península situada na Trácia Oriental, noroeste da Turquia. O nome deriva do topónimo grego, que significa "cidade bonita". É banhada e limitada pelo mar Egeu a oeste e pelo estreito de Dardanelos e mar de Mármara a leste. O nome é também usado por uma localidade existente na península.

Na Antiguidade era conhecida como Quersoneso da Trácia ou Quersoneso Trácio (em grego: Θρακική Χερσόνησος; transl.: Thrakikḗ Chersónēsos), um nome partilhado com uma cidade existente na península. χερσόνησος (Chersónēsos) significa península em grego.

Ali teve lugar em 1915 a célebre campanha de Galípoli, um episódio da Primeira Guerra Mundial que deixou profundas marcas na memória coletiva dos australianos, neozelandeses e turcos devido à violência dos combates e às pesadas baixas (18 000 do lado aliado e 220 000 do lado otomano) e que granjeou notoriedade a Mustafa Kemal, o jovem comandante otomano que conseguiu repelir a ofensiva aliada.

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Turquia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.