Galináceos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Galináceo)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde setembro de 2013). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Wikcionário
O Wikcionário tem o verbete galináceos.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaGalliformes
Flickr - Rainbirder - Ceylon Junglefowl (Gallus lafayetii) Male.jpg
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Galliformes
Famílias
Cracidae

Megapodiidae
Numididae
Odontophoridae
Phasianidae

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Galináceos

Os galináceos (Galliformes) constituem uma ordem de aves muito diversa que integra cerca de 70 gêneros e e mais de 250 espécies,[1] que inclui animais domésticos como a galinha ou o peru e espécies cinegéticas como as perdizes e faisões. As aves galiformes têm distribuição cosmopolita e ocupam uma enorme variedade de ambiente.

Os galináceos estão diretamente ligados à sobrevivência das aves quando todos os outros dinossauros foram extintos. Foram aves terrestres muito parecidas com as perdizes modernas que sobreviveram aos incêndios florestais causado pelo evento K-T que levou a extinção de todos os pássaros primitivos que viviam nas árvores com o resto dos dinossauros.[2]

Características[editar | editar código-fonte]

Os galináceos são aves de pequeno a médio porte, pesando entre cerca de 250 g até 10kg, robustas e com asas pequenas e arredondadas. A sua plumagem é bastante variada, podendo ser baça ou muito colorida. Muitas espécies apresentam ornamentação na cabeça, que pode incluir papos e cristas coloridas. O tamanho e tipo de cauda é também bastante diverso no grupo, variando entre a quase inexistência a cerca de um metro de comprimento no caso do pavão.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

As estratégias de reprodução dos galiformes são bastante variadas e adaptadas aos ecossistemas ocupados por cada espécie. Os galináceos podem ser tanto migratórios como sedentários, solitários ou gregários. Em espécies que vivem socialmente ,junto aos grupos que mostram uma estrutura social hierarquizada.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Os galináceos são aves onívoras, que se alimentam de pequenos invertebrados e material vegetal. O nível ecológico, têm importância como dispersores de sementes e fonte de alimento. Para o Homem, as espécies domesticada de galináceos são de enorme importância econômica, como fonte de carne e ovos para consumo humano.

Taxonomia[editar | editar código-fonte]

O IUCN lista 107 espécies de galináceos como ameaçadas, principalmente devido a perda de habitat natural e caça ilegal.

De acordo com a classificação seguida pelo Congresso Ornitológico Internacional, a ordem Galliformes divide-se em 5 famílias - Cracidae, Megapodiidae, Phasianidae, Numididae e Odontophoridae.[3]

A remodelação taxonómica proposta Sibley-Ahlquist afectaria a ordem Galiformes de várias formas. As famílias Cracidae e Megapodiidae seriam separadas e classificadas numa ordem à parte (Craciformes). As restantes famílias de Galliformes seriam condensadas em apenas 3: Phasianidae, Numididae e Odontophoridae.

Referências

  1. Animal Diversity Web (ed.). «Galliformes, chicken-like birds». Consultado em 17 de março de 2017 
  2. «Quaillike creatures were the only birds to survive the dinosaur-killing asteroid impact». 24 de maio de 2018. Consultado em 2 de abril de 2019. Cópia arquivada em 2 de abril de 2019 
  3. «Pheasants & allies». IOC World Bird List (em inglês). Consultado em 20 de abril de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]