Galinhas (Guiné-Bissau)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ilha das Galinhas
Map of the sectors of the Bolama Region, Guinea-Bissau.png
Mapa da Região de Bolama com a Ilha das Galinhas no Sector de Bolama
12° 28′ 00″ N, 15° 41′ 00″ O
Geografia física
País Guiné-Bissau
Localização Oceano Atlântico
Arquipélago Bijagós
Área 50  km²
Geografia humana
População 1500 (2001)
Densidade 30 hab./km²
Capital Ametite
Arquipélago dos Bijagós, frente à foz do rio Geba, na Guiné-Bissau, visto de satélite.

Galinhas é a ilha mais a nordeste do Arquipélago dos Bijagós, Guiné-Bissau, com cinquenta km² de área e uma população estimada de 1 500 habitantes. Está situada a sudoeste da Ilha de Bolama, da qual está separada por um canal com 4,5 km de largura,[1][2] e a cerca de 60 km a sudoeste de Bissau, a capital da Guiné-Bissau. Os principais povoados da ilha são Ambancana, Ametite, Acampamento, Ancano e Anchorupe.

Durante o período colonial funcionou na ilha uma prisão,[3] designada por "Colónia Penal e Agrícola da Ilha das Galinhas",[4] entretanto abandonada. Entre os presos políticos, defensores da independência, ali encarcerados estão José Carlos Schwarz, intelectual e referência musical guineense[5].

Notas

  1. Mapa da ilha das Galinhas.
  2. Localização da ilha na Guiné-Bissau.
  3. Antiga prisão de alta segurança entregue ao abandono.
  4. Iguais e diferentes.
  5. Benzinho, Joana; Rosa, Marta (2018). Guia Turístico - À Descoberta da Guiné-Bissau. Coimbra: Afectos com Letras, UE. 16 páginas

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.