Gareth Bale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gareth Bale
Gareth Bale
Gareth Bale pelo Real Madrid em 2015
Informações pessoais
Nome completo Gareth Frank Bale
Data de nasc. 16 de julho de 1989 (28 anos)
Local de nasc. Cardiff, Reino Unido
Nacionalidade galês
Altura 1,83 m[1]
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Real Madrid
Número 11
Posição Ponta-direita
Clubes de juventude
2005–2006 Southampton
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2006–2007
2007–2013
2013–
Southampton
Tottenham
Real Madrid
0045 0000(5)
0206 000(58)
0162 000(71)
Seleção nacional3
2005–2006
2006
2006–2008
2006–
País de Gales Sub-17
País de Gales Sub-19
País de Gales Sub-21
País de Gales
0007 0000(1)
0001 0000(1)
0004 0000(2)
0068 000(26)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 16 de dezembro de 2017.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 5 de setembro de 2017.

Gareth Frank Bale (Cardiff, 16 de julho de 1989) é um futebolista galês que atua como ponta-direita. Atualmente defende o Real Madrid.

É considerado o jogador mais rápido do mundo,podendo chegar a velocidades incríveis,como atingir uma marca de 75 metros em 9,2 segundos,correndo à 40 Km/h,na partida do Real Madrid contra o Villarreal, em 2013, e também atingindo uma marca de 60 metros em 6 segundos, correndo à 36 Km/h,na partida do Real Madrid contra o Almería, em 2014.

Clubes

Southampton

Gareth Bale começou a sua carreira no Southampton da Inglaterra. Com a idade de dezesseis anos, estreou na equipe principal em 17 de abril de 2006 na partida em que o Southampton derrotou o Millwall por 2–0, tornando-se no segundo jogador mais jovem da história do clube a debutar (atrás de Theo Walcott).[2]

Em 6 de agosto de 2006, Bale marcou seu primeiro gol em jogo válido pela liga, batendo uma falta para empatar em 1–1 a partida contra o Derby County. O placar final em Pride Park foi 2–2.[3] Ele marcou um gol de novo, desta vez no Estádio de St. Mary, contra o Coventry City[4] no seu segundo jogo da temporada 2006-07, novamente por meio de uma cobrança de falta.

Finalizando a sua primeira temporada como jogador profissional, Bale foi indicado como Jovem Jogador do Ano da Liga, em 4 de março.[5]

A sua última partida pelo Southampton ocorreu no jogo de ida das Eliminatórias da Segunda Divisão Inglesa, contra o Derby County, em 12 de maio de 2007. Bale sofreu uma lesão no segundo tempo, o que o impediu de atuar no jogo de volta.[6] No total, ele fez 45 jogos pelo Southampton, marcando 5 gols.

Tottenham Hotspur

Gareth Bale em uma partida do Tottenham.

Bale transferiu-se para o Tottenham Hotspur em 25 de maio e um contrato de quatro anos de duração. O Tottenham pagou 5 milhões de libras no negócio, que, com as cláusulas adicionais poderia ser elevado para 10 milhões de libras.[7]

Bale fez sua estreia pelos Spurs em um jogo amistoso contra o St. Patrick's Athletic, em 12 de julho de 2007. Sua primeira partida oficial ocorreu em 26 de agosto do mesmo ano, contra o Manchester United.[8]

Na segunda partida pelo Tottenham Bale marcou seu primeiro gol com a camisa do time. Isso ocorreu no empate 3–3 com o Fulham, em 1 de setembro.[9]

Por causa de uma lesão nos ligamentos do joelho direito, ficou afastado dos gramados até o final da temporada 2007–08.[10]

Em agosto de 2008 Bale assinou um novo contrato com os Spurs.[11]

Spurs

Na temporada 2010-11 Bale foi o principal jogador da equipe do Tottenham, principalmente nos jogos de ida e volta contra a Internazionale na Champions League, Bale marcou três gols na Itália, que terminou 4-3, e no jogo de volta, ele não marcou, mas fez duas assistências para os gols de Roman Pavlyuchenko e Peter Crouch, e o jogo terminou 3-1 para os Spurs. O sonho da Champions League, porém, acabou nas quartas-de-final, contra o Real Madrid, no placar agregado, os Spurs perderam por 0–5. Porém, em 17 de abril ele recebeu o prêmio de melhor jogador da Premier League 2010-11 pela PFA.[12]

Entretanto, finalizou a temporada de forma frustrante, após sofrer uma lesão no tornozelo durante a partida contra o Blackpool que o tirou do restante da temporada.[13]

Real Madrid

Gareth Bale e Arda Turan durante o Dérbi de Madrid em 28 de setembro de 2013

Depois de um longo tempo de negociações, em 1 de setembro de 2013, Bale foi anunciado oficialmente como jogador do Real Madrid com um contrato de seis temporadas. Os valores da transferência, na época, não foram divulgados. Porém, estima-se que o acordo foi firmado em 101 milhões de euros (aproximadamente 314 milhões de reais)[14], sacramentando a transferência mais cara da história do futebol na época. [15] Foi apresentado no dia seguinte no Estádio Santiago Bernabéu com o uniforme número 11. Em espanhol declarou: “Es un sueño para mí jugar en el Real Madrid, gracias por esta gran acogida. ¡Hala Madrid!”.[16] Estreou pela equipe merengue em 14 de setembro no empate em 2-2 contra o Villarreal pela liga espanhola, marcando inclusive, aos 38 minutos, seu primeiro gol.[17]

Na final da Liga dos Campeões de 2013-14, Bale não foi um dos destaques do Real Madrid, mas conseguiu marcar o gol da virada na prorrogação. O jogo terminou 4–1 para o time merengue e assim seu time conquistou pela décima vez a Liga dos Campeões.[18]

Seleção Galesa

Estreou pela Seleção Galesa principal em 27 de maio de 2006 ante a Trinidad e Tobago, tornando-se o mais jovem a atuar por ela, com dezesseis anos e 315 dias.[19][20]

Tornou-se também no jogador mais jovem a marcar um gol pela sua seleção na vitória por 1–0 na partida contra a Eslováquia, em 7 de outubro de 2006, válida pelas Eliminatórias da UEFA Euro 2008.[21]

Brian Flynn, seu treinador da Seleção Galesa sub-21, comentou que notou em Bale algo especial, com talento natural como o compatriota Ryan Giggs. Indicou seu nome para o então treinador da seleção principal, John Toshack. [22]

Bale anunciou seu interesse em participar dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, que marcariam a formação da Seleção Britânica, uma vez que o Reino Unido é representado por um único selecionado para as competições olímpicas e, como sede, deveria estar presente em todos os esportes coletivos. A Associação de Futebol do País de Gales (assim como as da Escócia e Irlanda do Norte) foi contrária ao uso de seus atletas, o que fez Bale ameaçar processá-la caso o proibisse. Ele era um nome dado como certo, e, inclusive, vestiu o uniforme britânico em fotos de divulgação.[23] Porém, não pode participar em razão de uma lesão sofrida poucas semanas antes do evento.[24]

Estatísticas

Atualizado até 16 de dezembro de 2017.

Clubes

Equipe Temporada Campeonato
nacional
Competições
nacionais
Competições
continentais
Total
Jogos Golos Assist. Jogos Golos Assist. Jogos Golos Assist. Jogos Golos Assist.
Southampton 2005–06 2 0 0 2 0 0
2006–07 38 5 15 5 0 0 0 0 0 43 5 12
Total 40 5 12 5 0 0 0 0 0 45 5 12
Tottenham Hotspur 2007–08 8 2 1 1 1 1 3 0 0 12 3 1
2008–09 16 0 0 7 0 1 7 0 2 30 0 3
2009–10 23 3 5 11 0 6 34 3 11
2010–11 30 7 2 11 4 9 41 11 11
2011–12 36 10 14 4 2 3 2 1 0 42 13 17
2012–13 33 21 9 3 2 3 8 3 3 44 26 15
Total 146 43 31 26 5 13 31 8 14 203 56 58
Real Madrid 2013–14 27 15 13 5 1 2 12 6 4 44 22 19
2014–15 31 13 9 4 0 1 13 4 2 48 17 12
2015–16 23 19 11 8 0 4 31 19 15
2016–17 19 7 2 0 0 0 8 2 2 27 9 4
2017–18 5 2 1 2 0 1 5 2 3 12 4 5
Total 105 56 36 11 1 4 46 14 15 162 71 55
Total na carreira 289 104 79 42 6 17 77 22 29 410 132 125

Seleção

Títulos

Tottenham Hotspur
Real Madrid

Prêmios individuais

Artilharias

Referências

  1. «Perfil de Gareth Bale». Site do Real Madrid. Consultado em 3 de outubro de 2017 
  2. «How good is Gareth Bale?» (em inglês). BBC. 26 de maio de 2007 
  3. Derby 2 Southampton 2 [ligação inativa]
  4. Southampton 2 Coventry 0 [ligação inativa]
  5. Prestige award for Bale [ligação inativa]
  6. «Southampton 1-2 Derby» (em inglês). BBC. 12 de maio de 2007 
  7. «Tottenham complete Bale transfer» (em inglês). BBC. 25 de maio de 2007 
  8. «Man Utd 1-0 Tottenham» (em inglês). BBC. 26 de agosto de 2007 
  9. «Fulham 3-3 Tottenham» (em inglês). BBC. 1 de setembro de 2007 
  10. «Injury rules out Bale for season» (em inglês). BBC. 4 de fevereiro de 2008 
  11. «Gareth Bale to be offered new Tottenham contract» (em inglês). The telegraph. 26 de abril de 2010 
  12. a b c «Sensação, Bale surpreende e supera Tevez em eleição de 'melhor do ano'». Globo Esporte. 17 de abril de 2011 
  13. «Lesão tira Gareth Bale do resto da temporada». Trivela. 9 de maio de 2011 
  14. «Gareth Bale - Histórico de transferências» 
  15. «Comunicado oficial» (em espanhol). Sítio oficial Real Madrid. 1 de setembro de 2013. Consultado em 1 de setembro de 2013 
  16. «Bale: "Es un sueño para mí jugar en el Real Madrid, gracias por esta gran acogida y ¡hala Madrid!"» (em espanhol). Sítio oficial Real Madrid. 2 de setembro de 2013. Consultado em 2 de setembro de 2013 
  17. «2-2: Empate con goles de Bale y Ronaldo» (em espanhol). Sítio oficial Real Madrid. 14 de setembro de 2013. Consultado em 20 de setembro de 2013 
  18. «La Décima": de virada, Real goleia Atlético na prorrogação e leva taça». GloboEsporte.com. 24 de maio de 2014. Consultado em 24 de maio de 2014 
  19. «Bale savours record Wales debut» (em inglês). BBC. 28 de maio de 2006 
  20. «Bale delighted to become youngest Wales player» (em inglês). ESPN. 28 de maio de 2006 
  21. «Wales 1-5 Slovakia» (em inglês). BBC. 7 de outubro de 2006 
  22. «Bale was as good as Giggs... I told Toshack to pick him for Wales at 16, says Flynn» (em inglês). Dailymail. 2 de setembro de 2013 
  23. «Bale contraria FA Galesa e veste camisa da seleção britânica». Trivela.com. Consultado em 15 de julho de 2012 
  24. «Bale se machuca e desfalca Reino Unido na Olimpíada». Trivela.com. Consultado em 3 de julho de 2012 
  25. http://pt.uefa.com/uefasupercup/season=2016/clubs/club=50051/index.html
  26. «The 100 best footballers in the world - interactive» (em inglês). The Guardian 
  27. «The 100 best footballers in the world 2016 – interactive» (em inglês). The Guardian 
  28. «Gareth Bale» (em espanhol). Marca 

Ligações externas