Garfo medieval

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Garfo medieval
Garfo medieval no Museu de tortura em Lubuskie Zielona Gora

O garfo medieval também conhecido como garfo dos Hereges era um instrumento de tortura usado na Idade Média, principalmente durante a inquisição espanhola. Consistia num aparelho de metal com duas extremidades opostas, "bi-garfo" bem como um alça como anexo.[1] Este garfo com duas extremidades era colocado entre o esterno (osso humano) e a garganta. Assim, com uma cinta de couro em volta do pescoço, penetrava no queixo do torturado e a outra no tórax do mesmo.[2] A vítima estava então impedida de adormecer uma vez amarrada por forma a permanecer em pé. Com o cansaço, o torturado acabava por sofre perfurações sob a tortura do garfo.[3][1]

Tradicionalmente, o garfo era gravado com a palavra latina abiuro (que significa "por juramento"), e foi usado por diversas inquisições.[4]

Referências

  1. a b «Instruments Gallery». Historical Torture Museum. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  2. Golub, L. (1985). «About This Artwork - The Heretic's Fork, c. 1985». The Art Institute of Chicago - The Collection. The Art Institute of Chicago. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  3. Di Perna, A. (setembro de 2008). «Hurts so good». Tune-Ups - Profiles. Consultado em 13 de janeiro de 2010 [ligação inativa] 
  4. Stocker, T. (2009). The Paleolithic Paradigm. [S.l.]: AuthorHouse. p. 64. ISBN 1-4490-2292-8. Consultado em 5 de dezembro de 2012