Gayniggers from Outer Space

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gayniggers from Outer Space é um filme curto de 1992 dirigido pelo cineasta dinamarquês Morten Lindberg. O filme é uma sátira dos gêneros blaxploitation e ficção científica.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O filme segue um grupo de homens negros homossexuais intergaláticos do planeta Ânus, que descobrem a presença de criaturas fêmeas no planeta Terra. Usando armas de raios, eles procedem na eliminação das fêmeas da Terra uma-a-uma, gerando gratidão da população masculina previamente oprimida.[1] Antes de deixarem o planeta, eles deixam para trás um "Embaixador Gay", para educar os terráqueos sobre sua nova forma de ser.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

O filme começa em preto-e-branco e posteriormente torna-se colorido, em uma maneira simular aO Mágico de Oz. De acordo com o diretor Morten Lindberg, este foi um "dramático efeito especial" para ilustrar "o mundo sendo libertado das mulheres viciosas".[2]

O filme é uma ironia com o grupo troll Gay Nigger Association of America.[3]

Referências

  1. a b «Gayniggers from Outer Space». Elitisti (em Finnish). Consultado em 29 de dezembro de 2006 
  2. «Master Fatman ja Homoneekerit ulkoavaruudesta». Elitisti (em Finnish). Consultado em 29 de dezembro de 2006 
  3. Dean, Jodi (2010). Blog Theory: Feedback and Capture in the Circuits of Drive. Cambridge, UK: Polity Press. p. 6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]