Gear Acquisition Syndrome

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

GAS, abreviação de Gear Acquisition Syndrome (em inglês: Síndrome de Aquisição de Equipamento) é um termo utilizado para descrever uma urgência em adquirir e acumular uma quantidade de equipamento. Este termo é comumente associado a:

Em geral, qualquer praticante de um hobby ou atividade que envolva equipamentos.

O termo "GAS" foi popularizado por Walter Becker em 1996 num artigo para a revista Guitar Player como "Guitar Acquisition Syndrome" (Síndrome de Aquisição de Guitarra).[1] O termo passou a ser usado freqüentemente por guitarristas e se espalhou a outras profissões com tendências similares. Como deixou de se referir apenas a guitarristas, "GAS" tornou-se sigla para "Gear Aquisition Syndrome" (Síndrome de Aquisição de Equipamento).

GAS não deve ser confundida com colecionismo, estando mais próxima de um transtorno obsessivo-compulsivo moderado.[2]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

GAS não tem recebido nenhum tratamento médico e não é uma condição clínica, mas psicológica. Entretanto, inúmeros artigos apontam a existência de GAS e tentam propor métodos para planejar e organizar desejos, ganhos e gastos de forma mais racional, de modo a não comprometer uma porcentagem muito grande da renda com a compra de equipamentos.

Uma das características de GAS é a falta de uma necessidade real para a aquisição do novo equipamento, seja porque o indivíduo já possui um equipamento similar ou de funcionalidade similar, ou porque o indivíduo fará pouco ou nenhum uso do equipamento adquirido.

Referências

  1. G.A.S. Walter Becker. Guitar Player. 31-5-1996.
  2. «Gear Acquisition Syndrome: Lustily Buying More Tools Than You Need» (em inglês). Psychology Today. 18 de outubro de 2011. Consultado em 1 de agosto de 2017