Gdansk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gedano)
Gdansk
Gdańsk
Gdansk flag.svg Gdansk COA.svg
Lema: Nec temere, nec timide
(nem precipitadamente, nem timidamente)
Collage of views of Gdansk.jpg
Vista dos edifícios principais da cidade em Długi Targ, ponte em homenagem ao Papa João Paulo II
Voivodia Pomerânia
Condado Gdańsk
Governo municipal Rada miasta Gdańska
Administrador municipal Aleksandra Dulkiewicz
Área 261,96 km²
População (2018) 466 631[1][2] habitantes
Densidade 1772 hab/km²
Altitude 180,1 metros
Fundação 997
Código telefônico (+48) 58
Matrículas de automóveis GD
Website www.gdansk.pl
Localização
Localização de Gdansk na Polónia 54° 20' 51" N 18° 38' 43" E
Cidade da Polónia Flag of Poland.svg

Gdansk[3][4][5] (em polonês/polaco: Gdańsk; em alemão: Danzig; cassubiano: Gduńsk) é uma cidade da província de Pomerânia, na Polónia.[6] Localizada na foz do rio Vístula,[5] é a maior cidade portuária da Polónia, a maior cidade do norte da Polónia e a sexta maior cidade do país. Atualmente, tem cerca de 460 mil habitantes.[3]

Até 1945, a cidade esteve integrada na Alemanha, sendo designada por Danzig ou, na forma aportuguesada, Danzigue.[7][8]

Gdansk está hoje inserida no núcleo de Tricidade (Três Cidades), área urbana de mais de um milhão de habitantes que também abrange Gdynia e Sopot.[3]

As igrejas góticas, o Grande Moinho do século XIV, a câmara municipal renascentista e os museus de História de Gdansk, Nacional, Arqueológico, Etnográfico e de Arte Moderna são as principais referências históricas e culturais da cidade, assim como a sua planta medieval e o seu centro histórico.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Danzigue no século XVI
Períodos históricos

Ducado da Polónia (antes de 966-1025)
Reino da Polônia (1025-1226)
Estado da Ordem Teutónica (1226-1525)
Reino da Polônia (1525-1772)
Prússia Ocidental (1772–1824)
Província da Prússia (1824–1878)
Prússia Ocidental (1878–1918)
Cidade Livre de Danzig (1919–1939)
Alemanha Nazista (1939–1945)
Polónia (1945–)

Fundada no século X como uma fortaleza polaca, Gdansk foi uma importante fortificação, um porto de pesca e um centro comercial de âmbar e artesanato. Em 13 de novembro de 1308, foi ocupada pelos cavaleiros da Ordem Teutónica que massacraram os seus habitantes. Após a rebelião contra os Cavaleiros Teutónicos, em 1454, a cidade foi integrada na Polónia, situação confirmada pelos termos da paz de Toruń, de 1466.

Gdansk foi uma cidade real do Reino da Polónia, o principal porto e a maior cidade do país antes do século XVIII. Como tal, tinha direito a participar nas eleições do rei da Polónia (eleição introduzida em 1569).[9] Os reis da Polónia visitaram a cidade muitas vezes. Administrativamente, fazia parte da voivodia da Pomerânia. Em 1627, perto de Oliwa (atual distrito de Gdansk), foi travada uma das batalhas marítimas mais importantes da história da Polónia, na qual os polacos derrotaram os suecos. A cidade doi capturada pela Prússia na segunda partilha da Polónia em 1793. Entre 1807 e 1814, tornou-se uma cidade livre dentro da Alemanha.

Em 10 de janeiro de 1920, por conta de previsão do Tratado de Versalhes, ganhou o estatuto de "cidade livre", sendo criado o "corredor de Danzig", através do qual a Polónia tinha livre acesso ao mar Báltico, entre outros direitos especiais, sendo protegida pela Liga das Nações. Tal imposição do pós-guerra foi motivo de permanente descontentamento do governo alemão até que, em 1 de setembro de 1939, Danzigue foi ocupada pela Alemanha nazista, dando origem à Segunda Guerra Mundial. O domínio alemão manteve-se até 1945, quando, após a derrota da Alemanha na Segunda Guerra Mundial, a cidade foi novamente incorporada na Polónia, alterando a sua designação de Danzig para Gdańsk.

Foi em Gdansk, no Estaleiro Naval de Lenine, que nasceu, em 1980, o único sindicato independente do antigo Leste Europeu socialista, o Solidariedade.

Desporto[editar | editar código-fonte]

Os quatro maiores clubes desportivos da cidade são o:

Há também clubes de futebol menores, Gedania (o clube mais antigo da cidade) e Polonia Gdańsk.

Gdansk foi uma das cidades-sede do Campeonato Europeu de Basquetebol de 2009, do Campeonato Europeu de Futebol de 2012, do Campeonato Europeu de Voleibol Masculino de 2013, do Campeonato Europeu de Andebol Masculino de 2016 e do Campeonato Europeu de Voleibol Masculino de 2017.

Personalidades[editar | editar código-fonte]

Monumento ao astrónomo polaco Jan Heweliusz no centro histórico
Estátua do Rei João III Sobieski da Polônia que visitou Gdansk muitas vezes
Edifício principal da Universidade de Tecnologia de Gdańsk - a universidade de tecnologia mais antiga do país

Imagens[editar | editar código-fonte]

Cidades gêmeas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Gdańsk (Pomerânia) mapas, imobiliário, GUS, acomodações, escolas, região, atrações, códigos postais, desemprego, salário, ganhos, educação, tabelas, demografia, jardins de infância». Polska w liczbach (em polonês). Consultado em 24 de dezembro de 2019 
  2. GUS. «Área e população no perfil territorial em 2016». stat.gov.pl (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2020 
  3. a b c d «Gdansk». Infopédia. Consultado em 2 de setembro de 2021. Cidade da Polónia. Situada junto ao golfo de Gdansk no mar Báltico 
  4. «Gdansk». Lello Universal: dicionário enciclopédico em 2 volumes. Porto: Lello Editores. 1981. p. 1108. Gdansk, porto da Polónia, na baía de Gdansk 
  5. a b Jayme de Séguier e José Lello (1979). «Gdansk». Dicionário prático ilustrado: novo dicionário enciclopédico luso-brasileiro publicado sob a direcção de Jaime de Séguier. Porto: Lello & Irmão. p. 1633. Gdansk, porto da Polónia, na baía de Gdansk, perto da foz do Vístula 
  6. «Gdańsk» (em inglês). Enciclopédia Britânica. Consultado em 2 de setembro de 2021 
  7. Fernandes, Ivo Xavier (1941). Topónimos e Gentílicos. I. Porto: Editora Educação Nacional, Lda. 
  8. Gonçalves, F. Rebelo (1966). Vocabulário da Língua Portuguesa. Coimbra: Coimbra Editora. p. 311 
  9. Polska Encyklopedia Szlachecka, t. I, Warszawa 1935, p. 42
  10. a b c d e f g h i j k l m n o p q r «Partner Cities» (em polaco e inglês). City of Gdańsk. 27 de maio de 2008. Consultado em 4 de janeiro de 2015 
  11. «Barcelona internacional - Ciutats agermanades» (em espanhol). © 2006-2009 Ajuntament de Barcelona. Consultado em 13 de julho de 2009 
  12. «Saint Petersburg in figures - International and Interregional Ties». Saint Petersburg City Government. Consultado em 23 de março de 2008 
  13. «Bytów official web site». www.bytow.com.pl 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]