Geferson Cerqueira Teles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Geferson
Geferson
Informações pessoais
Nome completo Geferson Cerqueira Teles
Data de nasc. 13 de maio de 1994 (25 anos)
Local de nasc. Lauro de Freitas (BA), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1,81 m
Canhoto
Apelido Canelada
Informações profissionais
Clube atual CSKA Sófia
Número 3
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
2011–2014 Internacional
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2014–2017
2017
2018–
Internacional
Vitória (emp.)
CSKA Sófia
0049 0000(0)
0039 0000(1)
0031 0000(0)
Seleção nacional
2015– Brasil 0000 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 4 de maio de 2019.

Geferson Cerqueira Teles, (Lauro de Freitas, 13 de maio de 1994) é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente joga no CSKA Sófia.

Internacional[editar | editar código-fonte]

Geferson começou sua carreira nas categorias de base do Internacional, onde permaneceu até 2014, quando foi promovido ao profissional. Em 2015 com o treinador Diego Aguirre, Geferson foi inscrito na Copa Libertadores.[1] Assumiu a titularidade após o então titular Fabrício deixar o clube.[1]

Após alguma sequência de jogos, acompanhada de uma convocação inesperada pra Seleção Brasileira, a produção de Geferson acabou caindo bastante no Inter. Foi inclusive um dos responsáveis pela eliminação do time da Copa Libertadores na semifinal contra o Tigres, tendo marcado um gol contra no jogo de volta. O jogador quase chegou a ser negociado com a Sampdoria, da Itália, mas as negociações emperraram.[2] Eventualmente, perdeu a vaga de titular do time pra outro lateral vindo da base colorada, Artur e, depois, para Alex (este atuando improvisado na posição).

Vitória[editar | editar código-fonte]

A pedido de Argel Fucks, que o treinou no Inter, Geferson foi contratado pelo Vitória por empréstimo de um ano.[3]

CSKA Sófia[editar | editar código-fonte]

Em 7 de janeiro de 2018, Geferson foi apresentado pelo CSKA Sófia, da Bulgária. O lateral tinha mais seis meses de contrato com o Inter, sendo liberado em definitivo em troca de 25% dos direitos econômicos a serem efetivados na próxima transferência da carreira do atleta.[4]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Geferson foi convocado a Seleção Brasileira pela primeira vez e para disputar a Copa América de 2015 devido ao corte de Marcelo.[1] Esta convocação causou surpresa na mídia e ao próprio jogador,[5] em vista contar com menos de seis meses como profissional em seu clube.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Internacional
Vitória

Referências

  1. a b c «Da base à Seleção: vida de imprevistos ajuda Geferson a superar etapas». Globo Esporte. 30 de maio de 2015 
  2. «Negócio com Sampdoria emperra e Geferson permanece no Inter». Globo Esporte. 31 de agosto de 2015. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  3. «Alan Costa e Geferson são esperados no Barradão nesta segunda-feira». Globo Esporte. 9 de janeiro de 2017. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  4. «Lateral esquerdo Geferson deixa o Inter e é apresentado em time da Bulgária». UOL Esporte. 7 de janeiro de 2018. Consultado em 8 de janeiro de 2018 
  5. «Geferson revela surpresa com convocação: "Achei que era uma pegadinha"». Clicrbs. 29 de maio de 2015 
  6. «Cinco convocações surpreendentes para a Copa América». Placar. 4 de junho de 2015. Arquivado do original em 11 de julho de 2015 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]