Gemini VII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gemini VII
Gemini VII patch.png
Informações da missão
Operadora NASA
Foguete Titan II GLV 62-12562
Espaçonave Gemini SC7
Astronautas Frank Borman
Jim Lovell
Base de lançamento Complexo 19,
Estação da Força Aérea
de Cabo Kennedy
Lançamento 4 de dezembro de 1965
19h30min03s UTC
Cabo Kennedy, Flórida,
 Estados Unidos
Amerrissagem 18 de dezembro de 1965
14h05min04s UTC
Oceano Atlântico
Órbitas 206
Duração 13 dias, 18 horas,
15 minutos, 1 segundo
Altitude orbital 302 quilômetros
Inclinação orbital 28,87 graus
Distância percorrida 9,03 milhões de
quilômetros
Imagem da tripulação
Lovell e Borman
Lovell e Borman
Navegação
Gemini V
Gemini VI-A

Gemini VII foi a quarta missão tripulada do Projeto Gemini realizada entre 4 de dezembro e 18 de dezembro de 1965, tendo como tripulação os astronautas Frank Borman e James Lovell. A missão tinha como objetivo principal estudar problemas sobre a longa permanência no espaço por seres humanos, sendo o mais longo voo até então, programado para durar quatorze dias. Entretanto, acabou sendo também usada também para o primeiro encontro em órbita entre duas espaçonaves norte-americanas, no caso, com a Gemini VI-A.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Principal[editar | editar código-fonte]

Posição Astronauta
Piloto Comandante Frank F. Borman II
Piloto James A. Lovell Jr.

Reserva[editar | editar código-fonte]

Posição Astronauta
Piloto Comandante Edward H. White II
Piloto Michael Collins

Equipe de suporte[editar | editar código-fonte]

  • Charles Bassett (Houston CAPCOM)
  • Alan Bean (Cabo CAPCOM)
  • Eugene Cernan (Houston CAPCOM)
  • Elliot See (Houston CAPCOM)

Parâmetros da missão[editar | editar código-fonte]

  • Massa de lançamento : 3 663 kg, massa de pouso: 1958,2 kg

Na época de 9 de dezembro , cinco dias após o lançamento:

  • Perigeu: 299 quilômetros
  • Apogeu: 302 quilômetros
  • Inclinação: 28,9°
  • Período: 90,54 min

Manutenção de estação com GT-6A [ editar fonte ][editar | editar código-fonte]

  • Início: 15 de dezembro de 1965 19h33 UTC
  • Fim: 16 de dezembro de 1965 00h52 UTC
  • Duração: 5 horas, 19 minutos

Objetivos da missão[editar | editar código-fonte]

A cápsula Gemini VII em exibição

A Gemini VII estava em princípio programada para voar após a Gemini VI. Porém, um problema no lançamento de um foguete Agena, que serviria de alvo para um encontro em órbita com a VI mas explodiu no ar depois de lançado, fez com que a missão da Gemini VI fosse cancelada. Mas o teste do encontro em órbita era considerado tão prioritário para a NASA, que resolveu-se mandar ao espaço a VII pouco antes da missão substituta da cancelada VI, a Gemini VI-A, de maneira que ele fosse realizado.

Além disso, a principal missão inicial da Gemini VII era realizar um voo de longa duração, para testar os efeitos da permanência em gravidade zero nos astronautas por quatorze dias, o que fez desta missão a mais longa do programa espacial norte-americano até ao inicio do programa Skylab, na década de 1970.

Localização da nave espacial[editar | editar código-fonte]

A espaçonave está em exibição no Steven F. Udvar-Hazy Center , Chantilly, Virginia.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Gemini VII Capsule». National Air and Space Museum (em inglês). Consultado em 4 de dezembro de 2020