Gene letal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Gene letal é quando dois indivíduos geram descendentes que possuem uma combinação alélica homozigótica que se mostre letal em algum momento do desenvolvimento embrionário ou pouco tempo após o nascimento. Quando o alelo letal não se expressa em um fenótipo específico, pode-se concluir seu efeito por dedução quando houver a morte de 25% da prole em algum estágio do desenvolvimento. [1]

Referências

  1. Griffiths "Introdução à genética" 9ª edição; capítulo 6.