Gennaro Ruotolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Gennaro Ruotolo
Informações pessoais
Nome completo Gennaro Ruotolo
Data de nasc. 20 de março de 1967 (51 anos)
Local de nasc. Santa Maria a Vico, Itália
Nacionalidade Italiano
Altura 1,76 m
Informações profissionais
Equipa atual Sem clube
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1983–1984 Itália Santa Maria a Vico
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1984–1986
1986–1988
1988–2002
2002–2003
2003
2003–2006
2006–2007
2008
Itália Sorrento
Itália Arezzo
Itália Genoa
Itália Livorno
Arábia Saudita Al-Ittihad
Itália Livorno
Itália Sorrento
Itália Massa Lubrense
42 (0)
70 (2)
403 (35)
31 (1)
10 (0)
83 (4)
18 (0)
Seleção nacional
1991 Flag of Italy.svg Itália 1 (0)
Times/Equipas que treinou
2009
2010
2010
2011–2012
2012–2013
2015–2016
Itália Livorno (interino)
Itália Livorno (interino)
Itália Savona
Itália Sorrento
Itália Treviso
Itália Sangiovannese





Gennaro Ruotolo (Santa Maria a Vico, 20 de março de 1967) é um técnico de futebol e ex-futebolista italiano que atuava como meio-campista. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em sua carreira, iniciada em 1984 no Sorrento, Ruotolo destacou-se ao jogar 14 temporadas consecutivas pelo Genoa, onde chegou em 1988 vindo do Arezzo. Pelos Grifoni, disputou 444 partidas e marcou 35 gols. Foi campeão da Série B italiana em 1989 e do Torneio Anglo-Italiano em 1996. Deixou o Genoa em 2002 para defender o Livorno, que disputava a antiga Série C1 (atual Lega Pro).

Sua única experiência no exterior foi no Al-Ittihad, jogando 10 partidas e conquistando o Campeonato Saudita de 2002-03. Mesmo com idade avançada, foi peça importante no acesso do Livorno à Série A em 2004, participando em 41 jogos na campanha do acesso. Após 83 partidas e 4 gols marcados pelos Amarantos, voltou ao Sorrento em 2006, atuando em 25 partidas. Em 2007, aos 40 anos, rescindiu o contrato[1] e assinou com o Massa Lubrense, equipe da Promozione da Campânia, e onde encerraria a carreira de jogador.

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Fez uma partida pela Seleção Italiana, em 1991, contra a Dinamarca.[2]

Carreira como técnico[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2009, com a saída de Leonardo Acori, de quem era auxiliar-técnico, Ruotolo foi promovido a treinador interino para as últimas rodadas da Série B,[3] vencendo os play-offs de acesso. Porém, foi afastado por falta de resultados em outubro do mesmo ano.[4]

Na temporada 2009-10, voltou a comandar o Livorno, mas o comitê executivo da Federação Italiana de Futebol não autorizou que o ex-meia treinasse o clube por não ter a licença oficial de técnico. Com isso, Vittorio Russo foi escalado como seu "tutor", e a dupla permaneceu até a oitava rodada. Após a demissão de Serse Cosmi, Ruotolo foi novamente escolhido como técnico dos Amarantos, desta vez sem Russo. Após 6 rodadas, perdeu o emprego ao não evitar o rebaixamento da equipe, dando lugar a Giuseppe Pillon.

Passou também por Savona, Sorrento, Treviso e Sangiovannese, último clube que treinou, na temporada 2015-16.

Referências

  1. «Ruotolo: Ex Genoa e Livorno rescinde con il Sorrento» (em italiano). Yahoo! Eurosport Italia. 8 de dezembro de 2007. Consultado em 21 de outubro de 2008. 
  2. «RUOTOLO GENNARO – Convocazioni e presenze in campo» (em italiano). FIGC.it. Consultado em 21 de outubro de 2008.. Arquivado do original em 27 de setembro de 2007 
  3. «Cambia la guida tecnica del Livorno Calcio» (em italiano). AS Livorno Calcio. 23 de maio de 2009. Consultado em 23 de maio de 2009.. Arquivado do original em 27 de julho de 2011 
  4. «Após oito rodadas, Livorno demite técnico Gennaro Ruotolo». ESPN.com.br. 20 de outubro de 2009. Consultado em 20 de outubro de 2009.