Geny Prado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Geny Prado
Nome completo Genny Almeida Prado
Nascimento 12 de julho de 1919
São Manuel,  São Paulo
Nacionalidade brasileira
Morte 17 de abril de 1998 (78 anos)
São Paulo,  São Paulo
Ocupação atriz
IMDb: (inglês)

Genny Almeida Prado (São Manuel, 12 de julho de 1919São Paulo, 17 de abril de 1998) foi uma atriz brasileira, célebre por seus papéis em filmes de Mazzaropi.

Geny Prado começou sua carreira no rádio, como atriz, na década de 40. Nesse veículo, conhece Amácio Mazzaropi, e os dois iniciam então uma parceria de sucesso também na televisão e no cinema. Com seu personagem Jeca, e com Geny Prado como sua esposa, a mulher do Jeca, faz uma dobradinha inesquecível no cinema nacional. Sua estreia no cinema se dá em 1959, em Chofer de Praça.

Com Mazzaropi, Geny participa de dezoito filmes, apos sua morte Geny continuou trabalhando na televisão. Em 1985, recebe uma homenagem do cineasta André Klotzel em A Marvada Carne, um dos melhores filmes brasileiros, e que marcou a despedida da atriz das nossas telas, seu ultimo trabalho como atriz foi na novela Uma esperança no ar. Geny Prado morreu em 1998, aos 78 anos de câncer , bastante esquecida pela mídia e pelo público.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1959 Chofer de Praça Augusta
1960 Jeca Tatu Jerônima
As Aventuras de Pedro Malazartes Maria[1]
Zé do Periquito Pelanca
1961 Tristeza do Jeca Filó
1962 O Vendedor de Linguiças Carmela [2]
1963 Casinha Pequenina Fifica
1964 O Lamparina Dona Marcolina Jabá
1965 Meu Japão Brasileiro Magnólia
1968 O Jeca e a Freira Floriana
1969 No Paraíso das Solteironas Manuela
Golias contra o Homem das Bolinhas Mãe de Laura
1970 Betão Ronca Ferro Mulher de Betão[3]
1973 Um Caipira em Bariloche Duvige
1976 Jeca contra o Capeta Poluição
1977 Jecão, um Fofoqueiro no Céu Cesariana
1978 O Jeca e seu Filho Preto Maria Bomba
1979 A Banda das Velhas Virgens Dona Generosa
1980 O Jeca e a Égua Milagrosa Mulher de Raimundo
1985 A Marvada Carne Nhá Policena

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel
1985 Uma Esperança no Ar
1984 Jerônimo Tia Batatinha
1982 Ninho da Serpente Gabi
1981 Os Adolescentes
1980 Meu Pé de Laranja Lima Donana
1979 O Todo Poderoso Eulália
1978 O Direito de Nascer Irmã Socorro
1977 Éramos Seis Tia Candoca
1976 Tchan, a Grande Sacada Dona Carminha
Papai Coração
1975 O Velho, o Menino e o Burro Santa
Um Dia, o Amor Eulália
1974 Ídolo de Pano Lurdes
A Barba-Azul
1973 Rosa dos Ventos
Camomila e Bem-me-quer Duvige[4]
As Divinas... e Maravilhosas Nina
1972 Signo da Esperança Carolina
1971 Nossa Filha Gabriela Rosária
1970 O Meu Pé de Laranja Lima Miloca
Mais Forte que o Ódio Ismênia
1969 Acorrentados Helena
Sangue do Meu Sangue Leocádia[5]
1968 O Direito dos Filhos
1967 O Morro dos Ventos Uivantes Mrs. Linton
1965 O Caminho das Estrelas Ivone
Ainda Resta uma Esperança Lídia
1960 Antonio Pacheco Mirtes
1959 Adeus, Mr. Chips
Fim de Semana no Campo
1958-

1960

TV de Comédia Alzira/Maria
1958 TV Teatro vários episódios
1957 Os Três Mosqueteiros
Pequeno Mundo de D. Camilo Scartazini
1956 O Palhaço Tia Marta
1955 Miguel Strogof
1953 Os Anjos não tem Cor
1953-

1959

TV de Vanguarda vários episódios
1950 Rancho Alegre

Referências

  1. «As Aventuras de Pedro Malazartes». Cinemateca Brasileira. Consultado em 14 de março de 2017 
  2. «O Vendedor de Linguiças». História do Cinema Brasileiro. Consultado em 26 de maio de 2017 
  3. Cinemateca Brasileira Betão Ronca Ferro [em linha]
  4. «Camomila e Bem-me-quer». Teledramaturgia. Consultado em 14 de março de 2017 
  5. «Sangue do Meu Sangue». Teledramaturgia. Consultado em 14 de março de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.