George Hotz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde dezembro de 2013).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas.
George Hotz em 2008.

George Francis Hotz, apelidado geohot, million75 ou simplesmente mil, é famoso por ter trabalhado com outras pessoas para desbloquear o iPhone, permitindo que o aparelho seja usado com outras operadoras, diferente da intenção da Apple em disponibilizar para seus clientes apenas o uso com a AT&T.[1] Hotz também criou um Jailbreak para o iOS e desenvolveu um método de crackear o PlayStation 3.[2] O hacker estadunidense disponibilizou ferramentas capazes de assinar digitalmente softwares (homebrews) para rodar no Playstation 3. Hotz disponibiliza também um software capaz de desbloquear PS3s com o firmware 3.55, no qual podem rodar os softwares assinados com suas ferramentas. A presença da assinatura faz o console pensar que o programa foi autorizado pela Sony, da mesma forma que uma assinatura manuscrita autentica um cheque ou contrato.

O caso da Sony:

Atualmente Hotz e outros membros do grupo hacker conhecido como "fail0verflow" estão enfrentando um processo da empresa Sony por terem distribuído publicamente uma ferramenta que permite alterar a chave de criptografia do Playstation 3 possibilitando a execução de "HomeBrews", que são softwares com assinatura não-original. Dentre as aplicações desta ferramenta que desbloqueia o PlayStation 3. Para impossibilitar esta vulnerabilidade, a empresa decidiu remover a funcionabilidade "OtherOS", que era a porta de entrada para o desbloqueio.

Referências

  1. Info (13 de Outubro de 2009). «iPhone OS 3.1.2 já pode ser destravado» 
  2. Info (1 de Abril de 2010). «Geohot diz que Linux no PS3 não morre» 
3.↑ Info. Geohot leva poucas horas para fazer root no Galaxy S4 Active
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.