George Thorndike Angell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
George Thorndike Angell
Nascimento 5 de junho de 1823
Southbridge, Massachusetts
Morte 16 de março de 1909 (85 anos)
Boston
Nacionalidade Estados Unidos americano
Alma mater Faculdade de Dartmouth, Harvard Law School
Ocupação advogado, criminologista, filantropo

George Thorndike Angell (Southbridge, Massachusetts, 5 de junho de 1823 – Boston, 16 de março de 1909) foi um advogado, criminologista, filantropo, e defensor para o tratamento humanitário dos animais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Angell nasceu em Southbridge, Massachusetts, graduou-se no Dartmouth College em 1846, estudou Direito na Harvard Law School, e em 1851 começou a trabalhar como advogado em Boston, onde permaneceu por muitos anos.

Enquanto assistia as corridas de cavalos em 1866, testemunhou dois cavalos sendo exigidos até a morte. Motivado por este incidente e inspirado no trabalho realizado por Henry Bergh em Nova York, passou a defender um tratamento humanitário para os animais, que se tornou sua paixão.[1]

Em 1868, fundou e se tornou presidente da Sociedade de Massachusetts para a Prevenção da Crueldade contra os Animais, no mesmo ano, fundou e se tornou editor do Os nossos animais irracionais, um jornal para a promoção dos esforços organizados para garantir o tratamento humanitário de animais. Por muitos anos esteve à frente da organização de sociedades humanitárias na Inglaterra e América. Em 1882 iniciou o movimento para a criação de Grupos de Misericórdia (para a promoção de tratamento humanitário dos animais), dos quais em 1908 havia mais de 72.000 em atividade. Em 1889, fundou e tornou-se presidente da American Humane Education Society.

Angell se tornou também conhecido como criminologista e como defensor de leis para a salvaguarda da saúde pública e contra a adulteração de alimentos.

Depois de sofrer de problemas de saúde por um longo tempo, morreu em seu apartamento no Hotel Westminster em Boston com a idade de 85 anos.[1] Está sepultado no Cemitério Mount Auburn em Cambridge/Watertown.

Notas

  1. a b "GEORGE T. ANGELL DEAD: Known Here as 'the Friend of the Animals.'", The New York Times, 17 March 1909, p 9. [ProQuest Historical Newspapers, New York Times (1857-Current file), Document ID 101871551]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]